Brasil é um dos países menos competitivos do mundo | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,785
Euro R$ 4,411
Bitcoin R$ 24.200,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 5,020
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Brasil é um dos países menos competitivos do mundo

No ranking dos países menos competitivos, o Brasil está na 60ª posição. O desempenho pífio do país está registrado no Anuário de Competitividade Mundial (WCY, na sigla em inglês). A avaliação é produzida pelo IMD (International Institute for Management Development), em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC).

Mas você pode estar pensando que estamos bem, já que no mundo existem 193 países, de acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU). Nada disso! A pesquisa avaliou apenas 63 nações para o ano de 2018.

Resultado: estamos na frente de apenas três países. São eles: Croácia, Mongólia e Venezuela. Vale destacar que o país sul-americano passa por uma grave crise política e econômica.

A metodologia de avaliação da competitividade dos países analisa quatro fatores:

– performance econômica

– eficiência do governo

– eficiência empresarial

– infraestrutura

Junto, eles agrupam 340 variáveis qualitativas e quantitativas. No Brasil, as pesquisas de opinião são realizadas pela FDC com mais de 5 mil executivos e empreendedores entre os meses de janeiro e abril de cada ano.

países menos competitivos

Os 10 países mais competitivos

O ranking é liderado pelos Estados Unidos, que conseguiu avançar três posições em relação a 2017. Na sequência, aparece Hong Kong.

Cingapura está na terceira colocação e Holanda, na quarta. A Suíça aparece em quinto lugar.

Dos países da América Latina, o melhor colocado é o Chile, que está na 35ª colocação.

1º – EUA (100.000 pontos)

2º – Hong Kong (99.162 pontos)

3º – Cingapura (98.553 pontos)

4º – Holanda (97.534 pontos)

5º – Suíça (97.143 pontos)

6º – Dinamarca (96.385 pontos)

7º – Emirados Árabes Unidos (95.659 pontos)

8º – Noruega (95.424 pontos)

9º – Suécia (95.046 pontos)

10º – Canadá (94.337 pontos)

Os 10 países menos competitivos

63º – Venezuela (27.509 pontos)

62º – Mongólia (52.616 pontos)

61º – Croácia (52.616 pontos)

60º – Brasil (55.344 pontos)

59º – Ucrania (55.797 pontos)

58º – Colômbia (57.357 pontos)

57º – Grécia (57.375 pontos)

56º – Argentina (57.986 pontos)

55º – Eslováquia (60.037 pontos)

54º – Peru (60.236 pontos)

53º – África do Sul (60.775 pontos)

Por que o Brasil está entre os países menos competitivos do mundo?

países menos competitivosApesar do ganho de apenas uma posição em relação ao ano passado, essa é a primeira vez que o Brasil apresenta uma melhora desde 2010. Naquele ano, o país estava na 38ª colocação.

O estudo diz que o pequeno pulo no ranking deve-se à pequena melhora dos índices econômicos brasileiros. Outros destaques no ano foram:

Reforma trabalhista, que ainda não resultou em impactos positivos.

– Confiança da comunidade empresarial, motivada pelas decisões de corte de juros tomadas pelo Banco Central.

No entanto, a pesquisa mostra que o ambiente político turbulento e as denúncias sobre corrupção do governo atrapalham nossa melhora na listagem.

A baixa eficiência do governo é outro ponto que impede a melhora da competitividade do Brasil, diz o estudo.

Como o Brasil pode melhorar, segundo o estudo

A pesquisa diz que existem diferentes estratégias para que um país consiga melhorar a sua competitividade. No entanto, ela pondera que é necessário construir as bases para que os resultados sejam alcançados.

Uma delas é a educação. E nesse ponto não estamos nada bem. O WCY aponta que o sistema educacional brasileiro se apresenta como um dos menos eficientes do mundo.

Neste quesito, o Brasil ocupa apenas a 60ª posição. Destacando negativamente o baixo investimento em habilidades digitais e tecnológicas e o ensino de ciência nas escolas.

Na avaliação do IMD, não há uma estratégia em comum entre os “top 5”. No entanto, todos trabalham a competitividade em uma visão de longo prazo.

Segundo a instituição, não há uma estratégia específica, mas eles se concentraram em desenvolver instituições, estrutura educacional e tecnológica. Para o IMD, um mix de atitudes que não apresentam resultados em apenas cinco anos.







Mais lidos

11 eventos de empreendedorismo em 2018 para você ficar ligado
Empreender é a sua meta para 2018, mas você não sabe por onde começar? E o que todo empreendedor...
Fuja desses 5 erros ao administrar suas finanças pessoais
Você sabe como administrar suas finanças pessoais? A sua resposta pode até ser sim, se você est...
Franquia home office: como lucrar trabalhando em casa
Abrir uma franquia home office é mais fácil e barato do que você imagina. E a notícia boa é: o ...
Cuidados ao contratar um seguro de celular
Ter um seguro é essencial para garantir a segurança e a comodidade caso algo dê errado ou não sa...
Investir em Portugal vale a pena? Descubra!
Vale investir em Portugal. Não é só a facilidade da língua que pode atrair investidores brasilei...
Conheça os 31 planos de saúde suspensos pela ANS
Muitas pessoas têm planos de saúde para evitar que em momentos de necessidade tenham que recorrer ...





Notice: Undefined variable: hidden in /var/www/finance-one/wp-content/themes/financeone_estrategia/single.php on line 46

Publicidade