Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

7 passos para organizar as contas no Excel

Escrito por: Priscila Gomes em 7 de novembro de 2018

Organizar as contas no Excel é uma das melhores maneiras de monitorar as finanças. Óbvio que existem aplicativos, o caderninho e diversas outras formas de controlar os gastos, mas não tem jeito: a planilha nunca sai de moda.

É possível montar sua planilha de gastos por meio dos modelos disponíveis no Excel ou criar sua planilha personalizada. Se você quer aprender a organizar as contas desta forma, acompanhe o passo a passo.

Organizar as contas no Excel

Como organizar as contas no Excel?

Passo 1. Escolha entre o Excel antigo ou o Google Drive

Ambas ferramentas oferecem os mesmos recursos básicos do Excel. A diferença é que com o Google Drive as atualizações são automaticamente salvas na nuvem. Além disso, o acesso pode ser feito de qualquer computador conectado à Internet ou celular.

Passo 2. Coloque os meses em ordem

Para manter a ordem, coloque os meses um ao lado do outro na primeira fileira horizontal da planilha. Pule a primeira fileira vertical para colocar as contas. O ideal é fazer neste estilo, mas lembre-se que você deve criar a sua como se sente mais confortável.

Confira o exemplo:

Organizar as contas no Excel

Passo 3. Organize os gastos

Lembra da fileira vertical em branco? Este é o lugar onde você irá listar todos os gastos mensais. Itens como aluguel, conta de luz, telefone, supermercado, faculdade e outros. Inclusive, despesas com restaurantes e bares (ou festas) devem estar na lista.

Se decidir começar a planilha em novembro, por exemplo, é bom que os gastos dos últimos meses também sejam expostos na planilha. Isso é importante para que você consiga controlar melhor as finanças.

Passo 4. Some as dívidas

A parte da soma pode prejudicar quem não tem experiência em organizar as contas no Excel. Utilize a fórmula do programa (seja o Excel instalado no computador ou o do Google Drive). Lembre-se de deixar um quadro para o total.

Passo 5. Observe os gastos

Você tem utilizado o dinheiro da maneira correta? É importante que seu orçamento esteja organizado e em dia. O ideal é nunca ficar com a “corda no pescoço”. Deixe sempre um dinheiro reserva para emergências e adote um estilo de vida de acordo com o que pode pagar.

Se você ganha, por exemplo, R$2 mil e apresenta gastos de R$2.500, corte o que for possível ou aumente a renda. Evitar ou diminuir as contas supérfluas fazem diferença no orçamento do mês.

Passo 6. Despesas inesperadas

Nem sempre podemos controlar o que gastamos, certo? Por isso, é bom destacar o que foi planejado versus o que realmente foi gasto. Caso o gasto inesperado tenha sido relacionado a médico ou exames, anote.

Também pode ser que um empréstimo não planejado precise ser feito para pagar uma despesa mais alta de saúde, por exemplo. A dica é readaptar o orçamento para os próximos meses segundo a nova realidade.

Nos meses seguintes, poderá perceber o que tem saído da linha para que outras posturas frente às finanças sejam tomadas. Caso as contas do bar estejam saindo do controle, que tal se readaptar e sair apenas dois fins de semana por mês? Reduza os gastos fixos para que quando a emergência chegar, consiga se reorganizar com mais facilidade.

Passo 7.  Adicione metas no orçamento

Organizar as contas no Excel

Criar metas é o que move o ser humano. Sejam metas de viagens, aquisição de algum eletrodoméstico ou eletrônico e até mesmo para investimento.

Com base no planejamento e no quanto recebe, comece a ter comprometimento em reservar parte do dinheiro para algo que queira a longo prazo.

Mas ficar de olho nessas metas é tão importante quanto criá-las. Se conseguir atingir o que planejou tem sido difícil, repense a maneira em que emprega sua verba. Veja os resultados e sempre se reorganize, corte gastos e repense os objetivos.

Dicas rápidas para aprender a economizar dinheiro

Chegou o meio do mês e você já está sem dinheiro no bolso? Se percebeu que mais um mês está passando e não conseguiu nem economizar nem pagar todas as contas, confira a lista de dicas rápidas para o controle das finanças.

1. Guarde todas as notas fiscais e anote os gastos na planilha;

2. Lembre-se de atualizar, no mínimo, uma vez por semana;

3. Reserve: 30% da renda com estilo de vida, 50% com gastos essenciais e 20% para as metas;

4. Evite ter dívidas com datas de vencimento muito distintas;

5. Crie prazos para realizar algo;

6. Veja vídeos ou leia mais sobre finanças;

7. Comece a investir;

8. Não tenha mais de um cartão de crédito (e nem cartão de loja);

9. Prefira o pagamento à vista;

10. Faça pesquisa antes de comprar algo;

11. Não saia às compras quando estiver triste;

12. Escolha um cartão que traga benefícios e com baixa anuidade;

13. Pare de seguir marcas no Instagram (prefira os perfis de finanças);

14. Foque no uso de cupons;

15. Use aplicativos de comparação de preços como o VAH;

16. Caminhe ao invés de pagar academia;

17. Cuidado com as pequenas despesas;

18. Faça comida em casa (e leve para o trabalho);

19. Use o 13º salário para quitar todas as dívidas;

20. Economize energia elétrica.

Agora que você já aprendeu a organizar as contas no Excel, o que está esperando para melhorar as finanças? Conte como você faz isso nos comentários!

Priscila Gomes

Jornalista. Gosto de abraços, aniversários e do Natal. Atualmente produzo conteúdo para internet e faço assessoria sindical.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

dar um jeito nas suas dívidas
Crédito ou débito: o que é melhor?
organizar para os gastos de fim de ano
Erros financeiros que você não pode repetir em 2019
calcular o valor do 13º salário