InícioNotíciasFinanças PessoaisSaiba como economizar combustível e gasolina

Saiba como economizar combustível e gasolina

0
(0)

Quem tem carro, moto ou qualquer tipo de automóvel sabe a importância de economizar combustível. Os preços sofrem reajustes constantes e os gastos podem ser enormes, afetando o bolso do consumidor.

A Petrobras anunciou, na última sexta-feira, 19, uma redução do preço médio da gasolina em cerca de 5%, mas ainda não existe uma previsão para uma queda acentuada nos valores da gasolina.

Para ajudar o consumidor a economizar com o combustível, o FinanceOne listou neste texto algumas dicas práticas que podem ajudar a gastar menos gasolina.

A principal delas, por exemplo, é estar atento ao manual do fabricante, que vem junto com o veículo. Nele, consta todas as informações essenciais, tais como: quilometragem para realizar a revisão em uma concessionária autorizada, além dos prazos de troca dos filtros de ar, óleo e combustível, e da substituição das velas.

A seguir, confira as dicas!

Atitudes práticas para economizar combustível

Esteja com a manutenção em dia

Essa dica pode parecer óbvia, mas é muito importante reforçar o quanto a manutenção evita gastos, além de aumentar a vida útil do motor.

Quando for preciso, troque os filtros de ar, de óleo, de combustível e faça a substituição das velas. Pneus murchos também influenciam no gasto, pois geram mais atrito com a via.

+ Carro elétrico: descubra se vale a pena

Faça uso inteligente do ar-condicionado

O uso do ar-condicionado está diretamente ligado ao consumo de combustível, podendo aumentar em até 20%. E carros com menor cilindrada gastam mais com o aparelho ligado, segundo a Azul Seguros.

Porém, alguns especialistas na área defendem que há situações nas quais ligar o ar é melhor do que abrir as janelas. É o caso, por exemplo, se você estiver a uma velocidade mantida acima de 60 km/h.

Agora, se o veículo estiver a menos de 60 km/h, vale mais a pena baixar os vidros. Neste caso, a resistência do ar não compensaria o gasto com o ar-condicionado em uso.

Mantenha uma velocidade constante

Acelerar e frear bruscamente são práticas que, além de perigosas, impactam no gasto de combustível. Por isso, o recomendado é trocar as marchas de forma suave e medir a força do pé ao acelerar.

Não acelere em momentos desnecessários

Duas situações nas quais você não precisa acelerar o carro: quando o veículo está desligado e quando está parado no farol. No primeiro caso, muitos aceleram para aquecer o motor.

Mas isso não é necessário nos dias de hoje. Os veículos possuem propulsores com injeção eletrônica, o que torna possível dar a partida com o carro frio.

No farol não há necessidade de ficar acelerando, espere o sinal. Com o carro engrenado, mas sem acelerar, a injeção eletrônica envia menos combustível ao motor.

Como economizar gasolina na subida

Caso haja necessidade de paradas momentâneas no trânsito e seja uma subida, por exemplo, procure deixar a transmissão em “neutro”. Além disso, utilize o freio de estacionamento, pois assim você evita controlar a parada do veículo nos pedais da embreagem e acelerador.

Carro vermelho sendo abastecido com gasolina
Com alta dos preços da gasolina, práticas para economizar combustível se tornam essenciais

Gasto com transporte está entre os maiores dos brasileiros

Cerca de 14,6% dos gastos mensais das famílias brasileiras incluíram compra de combustíveis ou de veículos em 2019. O percentual também contabiliza o transporte coletivo.

Os gastos dessa categoria superaram os de alimentação, que foram de cerca de 14,2% do orçamento familiar. Os dados são da Pesquisa de Orçamento Familiares (POF), divulgada pelo IBGE.

Esta foi a primeira vez, desde 1970, que essa inversão ocorreu. Na pesquisa anterior, feita em 2009, os percentuais eram de 16% com transportes e 16,1% com alimentação.

Os fatores que podem explicar a inversão são o aumento na compra de veículos e também nos preços de gasolina e álcool. Assim, sobe também a necessidade e a procura por formas de economizar combustível.

Ainda de acordo com o IBGE, dentro das despesas com transporte, cerca de 20% representa somente os gastos com a gasolina. Outros 38% são relacionados à compra de veículos e 8,9% com transporte urbano.

Gostou do nosso texto? Então aproveite a visita em nosso site e leia agora mesmo: “10 carros que mais desvalorizaram na pandemia.”

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui