Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Dicas de como usar o cartão de crédito

Escrito por: Redação em 16 de abril de 2018

O cartão de crédito pode ser o grande vilão ou o auxílio de suas finanças. Ele possui benefícios e também pode trazer grandes prejuízos. Para isso, é preciso saber como usar o cartão de crédito. O primeiro de tudo é ter controle. Sim, autocontrole é fundamental para não fazer uma dívida com o seu banco. Aliás, você sabe como negociar uma dívida do cartão?

A boa notícia é que as taxas de juros das operações de crédito foram reduzidas em março deste ano. É o que afirma a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) na Pesquisa de Juros referente a março de 2018. Segundo o relatório da associação, a queda na taxa de juros deve-se a alguns fatores, como:

1 – Redução da Selic;

2 – Expectativa de nova redução dessa taxa básica de juros;

3 – Melhora da economia.

Para pessoas físicas, foram pesquisadas seis linhas de crédito. E justamente a do cartão de crédito foi a única elevada, enquanto juros do comércio, cheque especial, CDC-bancos-financiamento de veículos, empréstimo pessoal-bancos e empréstimo pessoal-financeiras foram reduzidas.

Ainda de acordo com o relatório da Anefac:

“Tendo em vista a melhora do cenário econômico com menor risco de crédito e o fato das atuais taxas de juros das operações de crédito estarem elevadas, a tendência é que as taxas de juros sejam reduzidas nos próximos meses”.

Com boas perspectivas para as operações, saiba como usar o cartão de crédito e aproveitar o serviço em favor de si mesmo.

como usar o cartão de crédito
Saber usar o cartão de crédito é essencial para aproveitar os benefícios e também para evitar as dívidas

Como usar o cartão de crédito a seu favor

Em um pronunciamento na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, no dia 10 de abril, o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, falou sobre as operações de crédito. O BC afirma que tem trabalhado em ações de estímulo à concorrência no Sistema Financeiro Nacional (SFN). Entre essas medidas, está o incentivo à competição nos meios de pagamento.

O que isso quer dizer? Em seu discurso, Goldfajn diz que “foram adotadas medidas que melhoram a concorrência e tornam o uso do cartão de crédito mais eficiente e barato, como a universalização do acesso, a legalização da prática de diferenciação dos preços – a depender do meio de pagamento utilizado –, permitindo descontos para usuários e menos subsídios cruzados”.

Portanto, não que você não deva usar o cartão de crédito. Inclusive, há benefícios, como programa de recompensas e resgate de milhas aéreas. O uso só deve ser controlado e planejado. Afinal, se não houver um planejamento prévio, o crédito rotativo pode acabar virando uma dívida. E fugir das dívidas é justamente o objetivo de todo mundo, certo?

Para entender melhor: O pagamento da fatura do cartão de crédito, com as compras do último mês, pode ser  parcialmente. Ou seja, esse pagamento não é o valor total, mas um mínimo estabelecido. Isso implica em um empréstimo pré-aprovado. Afinal, você fez uma compra para pagar mais a frente, e não fez o pagamento total desse valor.

Isso virará uma dívida com a operadora do cartão de crédito, que costuma ter juros bastante altos. Portanto, é importante saber como negociar essa dívida, fazer um planejamento para quitar esse valor e, principalmente, saber como usar o cartão de crédito de forma inteligente.

Como usar o cartão de crédito de forma inteligente

A Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) publicou exatamente uma cartilha sobre como usar o cartão de crédito. Entre essas dicas está o limite de crédito. É importante que você conheça seu limite de crédito e mantenha suas compras com o cartão dentro desse valor.

Usar o crédito rotativo apenas quando for necessário. Afinal, incidem juros altos sobre o valor. Para isso, é preciso quitar o valor mínimo, que corresponde a pelo menos 15% do total da fatura.

Para usar o cartão de maneira inteligente, é preciso levar em conta as prestações. Esses valores, que serão fixos por pelo menos alguns meses, devem constar no seu orçamento para evitar o endividamento com a operadora do cartão.

Essa, na verdade, é uma medida de segurança. Ao fazer uma compra na internet, certifique-se de que é um site conhecido e seguro. O endereço deve ter o protocolo https e deve haver a exibição de um certificado de segurança.

Conclusão

Entre os usos do cartão de crédito a seu favor, estão aproveitar as oportunidades de ofertas quando você não dispõe do valor naquele momento. É possível também antecipar esse consumo e até mesmo ajudar em momentos de algum imprevisto. Mas, conforme falamos acima, o planejamento vai evitar que, ao chegar a fatura, você só consiga pagar o valor mínimo. Ou nem isso.

Para tirar melhor proveito do uso do cartão de crédito, o Banco Central deu algumas dicas. Entre elas pagar à vista sempre que for possível ou, se parcelar for inevitável, fazer isso somente até a cobrança de vezes que não tenha juros. Procure também por cartões com as menores taxas de juros e sempre quite a fatura em sua totalidade.

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Posts relacionados

Máquina de cartão de crédito
economizar com cartão de crédito
cartão de crédito pré-pago
cartões de crédito com as menores taxas
Governo autoriza corte imediato de limite de cartão