Conta corrente ou poupança: vantagens e desvantagens | FinanceOne

Conta corrente ou poupança: vantagens e desvantagens

Escrito por: Rafael Massadar em 4 de fevereiro de 2019

Conta corrente ou poupança, qual modalidade escolher? Diferenciá-las pode parecer simples à primeira vista.

No entanto, é essencial estar atento a alguns pontos para fazer um melhor planejamento financeiro e cuidar melhor das suas finanças.

conta corrente ou poupança

Afinal, nenhuma das duas modalidades é melhor ou pior que a outra. Cada uma delas é mais adequada a determinados perfis e objetivos.

A praticidade caminha junto à conta corrente. Ela facilita muitos procedimentos financeiros como saque, pagamento, transferências e depósitos.

Já a conta poupança, como o próprio nome diz, é indicada para aqueles que desejam poupar. Ela funciona pelo depósito das quantias e rendimento dos valores guardados na conta.

Conta Corrente

A dúvida entre conta corrente ou poupança acaba quando você percebe que será necessária uma movimentação quase diária do seu dinheiro. Afinal, a conta corrente é feita especialmente para transações monetárias e de caráter comercial.

No entanto, cada banco oferece planos diferentes, com números de transações e tipos de serviços diversos. Existem, porém, pacotes determinados pelo Banco Central, com atendimento padronizado e disponíveis em todos os bancos.

Por exemplo, o pacote gratuito que oferece, por mês, 4 saques, 2 extratos, 10 folhas de cheques e outros serviços.

Este modelo de conta pode ser aberta por pessoas físicas maiores de 18 anos. Menores com idade entre 16 anos completos e 18 anos incompletos podem abrir também, desde que acompanhado do responsável legal.

Porém, para abrir uma conta corrente é preciso estar com o nome limpo. Normalmente, pessoas inadimplentes possuem abertura de conta corrente negada em instituições financeiras.

Conta poupança

A conta poupança é conhecida como um investimento seguro e popular. A modalidade pode ser aberta independentemente de o cliente já ter uma conta corrente ou não.

Ela é indicada para quem vai depositar o dinheiro e não movimentá-lo. Os saques são limitados e taxados quando feitos com muita frequência.

Outra diferença é que quem possui dívidas e contas atrasadas não precisa se preocupar. A abertura de uma conta poupança não necessita da consulta ao SPC.

Apesar de muitos ainda terem dúvidas para abrir uma conta corrente ou poupança, segundo dados da Anbima, 85% dos investidores brasileiros ainda utilizam a poupança. Isso representa mais de 62,5 milhões de pessoas.

Afinal, o que escolho: conta corrente ou poupança?

A dica é abrir as duas. No entanto, procure uma conta corrente digital.

Este é o meio mais moderno de ter uma conta corrente hoje em dia. E o melhor de tudo, você conseguirá isenção total de tarifas bancárias.

Vale destacar que com ela é possível fazer tudo que uma conta corrente convencional faz. A diferença é que as movimentações devem ser priorizadas por canais eletrônicos.

Caso use um atendimento presencial na agência, poderá ser tarifado individualmente por serviço. Isso porque a gratuidade é apenas para os canais digitais.

Para se ter uma ideia, cinco instituições financeiras somam 2,88 milhões de contas 100% digitais no Brasil. Os dados são da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

carros que mais desvalorizaram
cartão de crédito
falar de dinheiro em casa
Homem mexendo no celular para consultar as plataformas de afiliados