Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Contabilidade para não contadores: 5 conceitos do dia a dia

Escrito por: Mateus Carvalho em 17 de abril de 2019

É comum as pessoas terem dúvidas sobre alguns termos de contabilidade, e não há nada de errado nisso. Porém, não saber esses conceitos pode acabar levando pessoas e empresas à falência.

É importante saber os termos de contabilidade para não contadores.

Além disso, é necessário que as empresas invistam em um controle financeiro efetivo para garantir a saúde e a continuidade do negócio.

Você sabe quais são os principais conceitos de contabilidade para não contadores?

contabilidade-para-não-contadores

Antes de conhecer os cinco principais termos, você precisa entender que saber esses conceitos básicos e suas aplicações pode te ajudar muito.

Isso permite uma maior eficiência na solução das demandas diárias e ajuda a melhorar a qualidade do trabalho. 

Conceitos de contabilidade para não contadores

1) Balanço Patrimonial

Você provavelmente já escutou falar de balanço patrimonial, mas sabe o que significa?

Esse termo é uma demonstração contábil, financeira e econômica que apresenta uma situação da empresa em um determinado período.

O balanço patrimonial é considerado o documento mais importante para a declaração da real situação financeira de uma instituição.

Isso porque ele tem como finalidade fornecer as informações contábeis precisas.

Além de ser um documento fundamental para a gestão e manutenção da saúde financeira da empresa.

2) Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC)

É um documento usado para mostrar detalhadamente o resultado entre as entradas e saídas do caixa da empresa por um determinado período.

O DFC é parecido com a Demonstração de Resultado do Exercício (DRE), mas a diferença é que no primeiro é levado em conta o dinheiro que entrou de fato, e não apenas o registro da transação.

Vale ressaltar que o DFC não é obrigatório para todas as empresas, somente para aqueles que têm patrimônio líquido superior a R$2 mil.

Porém, para pequenas empresas é uma ferramenta que ajuda no controle interno, avaliando o ciclo financeiro.

Pode ser usado para ajudar a renegociar contratos com fornecedores e clientes, visando a equilibrar as datas de recebimento e pagamento.

Dessa forma, é possível ter sempre capital de giro sem recorrer a empréstimos.

3) Demonstração de Resultado do Exercício (DRE)

Esse é mais um termo de contabilidade para não contadores que você precisa conhecer.

A DRE é um resumo das operações financeiras da empresa em determinado período. O documento auxilia na análise de lucros ou prejuízos da organização.

Ele ainda detalha os resultados, especificando a receita de vendas, os impostos, custos de produção e despesas, entre outros pontos.

4) Patrimônio

É o nome dado ao conjunto de bens, direitos e obrigações de uma empresa. Ele é importante porque serve como base para o cálculo do balanço patrimonial.

Os exemplos de patrimônio são máquinas, ativos em dinheiro e produtos em estoque.

Usa-se o termo “patrimônio líquido” para o saldo positivo resultante da diferença entre os ativos (bens que podem gerar recursos econômicos no presente ou futuro) e passivos (obrigações financeiras a serem pagas a terceiros).

5) Plano de Contas

Esse é outro termo importante de contabilidade para não contadores. Ele é uma estratégia de categorização e organização das contas da empresa.

No plano de contas, você registra as operações em categorias, que podem estar divididas por conta bancária ou por centro de custo.

As informações são utilizadas como base para a elaboração das demonstrações contábeis citadas acima.

6 dicas para escolher um bom contador para sua empresa

Toda empresa precisa ter um bom contador. É esse profissional que será responsável por cuidar de todas as questões burocráticas do seu empreendimento.

Além disso, ele também ajuda na elaboração dos contratos e cálculos trabalhistas e na melhoria dos sistemas de gestão da empresa.

O contador é o profissional que atua tanto na área financeira e econômica quanto patrimonial. É esse profissional que permite que o seu empreendimento continue funcionando de acordo com a legislação.

Uma das vantagens de ter um bom profissional é a melhor compreensão dos custos e das despesas da empresa. Confira 6 dicas para escolher um bom contador.

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

sucesso
Como sacar FGTS e outras dúvidas
aplicativos de carona
hábitos dos investidores inteligentes
aposentadoria compulsória