Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasCarreirasConfira as 15 doenças que dão direito a aposentadoria por invalidez

    Confira as 15 doenças que dão direito a aposentadoria por invalidez

    3.4
    (5)

    Você sabia que existem doenças que dão direito o auxílio-doença e aposentadoria por invalidez pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)?

    Publicidade

    Para ser autorizado na modalidade, o segurado deve cumprir os requisitos de avaliação da perícia médica do INSS, como ter sido acometido por alguma doença grave que o impeça de trabalhar.

    Lembrando que a análise da situação do segurado não é definitiva, devendo ser realizada a cada dois anos.

    Dessa forma, há situações em que a aposentadoria por invalidez pode ser cancelada, como em caso de falecimento, quem volta a trabalhar ou recupera a capacidade de exercer as funções laborais.

    Contudo, vale destacar que o auxílio-doença é um benefício destinado ao trabalhador que se encontra incapacitado temporariamente e seja segurado do INSS.

    Já a aposentadoria por invalidez é direcionado para aqueles que se encontram permanentemente incapazes de exercer qualquer atividade laborativa e também não consigam ser reabilitados em outra profissão.

    Publicidade

    Doenças que dão direito ao auxílio-doença e aposentadoria por invalidez

    Existem 15 doenças que garantem o direito de receber ao auxílio-doença e aposentadoria por invalidez sem a carência que geralmente é necessária para conseguir o benefício. São elas:

    • Doença de Parkinson;
    • Tuberculose ativa;
    • Alienação mental;
    • Cegueira;
    • Nefropatia grave;
    • Síndrome da deficiência imunológica adquirida (AIDS);
    • Esclerose múltipla;
    • Hanseníase;
    • Hepatopatia grave;
    • Espondiloartrose anquilosante;
    • Estado avançado de osteíte deformante (doença de paget);
    • Paralisia incapacitante e irreversível;
    • Neoplastia grave;
    • Cardiopatia grave;
    • Contaminação por radiação, com base em conclusão da medicina especializada.

    Entretanto, é válido ressaltar que, além destas doenças, outras podem garantir o direito à aposentadoria por invalidez. Isso porque, caso a caso, há gravidades diferentes de problemas de saúde.

    Neste cenário, é importante o contribuinte solicitar ajuda de um advogado para facilitar o processo da aposentadoria.

    + Como se aposentar por invalidez sendo MEI?

    Quem tem direito a Aposentadoria por Invalidez? 

    A aposentadoria por invalidez atualmente é conhecida como aposentadoria por incapacidade permanente, ela é um benefício destinado ao segurado do INSS que se encontra total e permanentemente incapaz para atividades laborais. 

    É preciso que a incapacidade impeça o segurado de reabilitação em outro cargo ou emprego. 

    Publicidade

    Requisitos para esta aposentadoria:

    • Ter a incapacidade total e permanente devidamente comprovada através de uma perícia médica feita no INSS;
    • Cumprir uma carência mínima de 12 meses (para os trabalhadores do INSS);
    • Estar trabalhando no serviço público ou contribuindo para a Previdência Social no momento em que ocorreu a incapacidade ou estar no período de qualidade de segurado, no caso dos segurados do INSS.
    carteira de trabalho
    A aposentadoria por invalidez é um benefício INSS direcionado ao trabalhador incapacitado para exercer qualquer atividade

    Situações que não é necessário cumprir a carência do INSS

    Caso você é um segurado do INSS, existem três situações que não exigem a comprovação do período mínimo de carência de 12 meses:

    • No caso de acidente de qualquer natureza;
    • Na situação de acidentes ou doenças no emprego;
    • Quando você é afetado por uma doença grave, irreversível e incapacitante, listada pelo Ministério da Saúde e do Trabalho e da Previdência como doença grave, irreversível e incapacitante.

    Como solicitar?

    É preciso efetuar um requerimento pelo portal Meu INSS. O segurado passará por uma nova avaliação médico-pericial do INSS para avaliação da necessidade de valor adicional.

    O cidadão pode solicitar a presença de um acompanhante durante a realização da perícia.

    Para isso, é necessário preencher um formulário e levá-lo no dia da perícia. O pedido será analisado pelo perito médico e poderá ser negado, com a devida fundamentação.

    Quando o benefício pode ser cancelado?

    Toda pessoa que recebe auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez, precisa sempre estar atento às causas que levam ao cancelamento do seu benefício. Veja em quais situações podem acontecer:

    Publicidade
    • Segurado que volta a trabalhar;
    • No caso de falecimento;
    • Assim que recuperar a capacidade para o trabalho.

    Gostou do artigo? Confira como funciona o cálculo para aposentadoria

    O que achou disso?

    Média da classificação 3.4 / 5. Número de votos: 5

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Rafael Massadar
    Rafael Massadar
    Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    1 COMENTÁRIO

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasCarreirasConfira as 15 doenças que dão direito a aposentadoria por invalidez

    Confira as 15 doenças que dão direito a aposentadoria por invalidez

    3.4
    (5)

    Você sabia que existem doenças que dão direito o auxílio-doença e aposentadoria por invalidez pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)?

    Publicidade

    Para ser autorizado na modalidade, o segurado deve cumprir os requisitos de avaliação da perícia médica do INSS, como ter sido acometido por alguma doença grave que o impeça de trabalhar.

    Lembrando que a análise da situação do segurado não é definitiva, devendo ser realizada a cada dois anos.

    Dessa forma, há situações em que a aposentadoria por invalidez pode ser cancelada, como em caso de falecimento, quem volta a trabalhar ou recupera a capacidade de exercer as funções laborais.

    Contudo, vale destacar que o auxílio-doença é um benefício destinado ao trabalhador que se encontra incapacitado temporariamente e seja segurado do INSS.

    Já a aposentadoria por invalidez é direcionado para aqueles que se encontram permanentemente incapazes de exercer qualquer atividade laborativa e também não consigam ser reabilitados em outra profissão.

    Publicidade

    Doenças que dão direito ao auxílio-doença e aposentadoria por invalidez

    Existem 15 doenças que garantem o direito de receber ao auxílio-doença e aposentadoria por invalidez sem a carência que geralmente é necessária para conseguir o benefício. São elas:

    • Doença de Parkinson;
    • Tuberculose ativa;
    • Alienação mental;
    • Cegueira;
    • Nefropatia grave;
    • Síndrome da deficiência imunológica adquirida (AIDS);
    • Esclerose múltipla;
    • Hanseníase;
    • Hepatopatia grave;
    • Espondiloartrose anquilosante;
    • Estado avançado de osteíte deformante (doença de paget);
    • Paralisia incapacitante e irreversível;
    • Neoplastia grave;
    • Cardiopatia grave;
    • Contaminação por radiação, com base em conclusão da medicina especializada.

    Entretanto, é válido ressaltar que, além destas doenças, outras podem garantir o direito à aposentadoria por invalidez. Isso porque, caso a caso, há gravidades diferentes de problemas de saúde.

    Neste cenário, é importante o contribuinte solicitar ajuda de um advogado para facilitar o processo da aposentadoria.

    + Como se aposentar por invalidez sendo MEI?

    Quem tem direito a Aposentadoria por Invalidez? 

    A aposentadoria por invalidez atualmente é conhecida como aposentadoria por incapacidade permanente, ela é um benefício destinado ao segurado do INSS que se encontra total e permanentemente incapaz para atividades laborais. 

    É preciso que a incapacidade impeça o segurado de reabilitação em outro cargo ou emprego. 

    Publicidade

    Requisitos para esta aposentadoria:

    • Ter a incapacidade total e permanente devidamente comprovada através de uma perícia médica feita no INSS;
    • Cumprir uma carência mínima de 12 meses (para os trabalhadores do INSS);
    • Estar trabalhando no serviço público ou contribuindo para a Previdência Social no momento em que ocorreu a incapacidade ou estar no período de qualidade de segurado, no caso dos segurados do INSS.
    carteira de trabalho
    A aposentadoria por invalidez é um benefício INSS direcionado ao trabalhador incapacitado para exercer qualquer atividade

    Situações que não é necessário cumprir a carência do INSS

    Caso você é um segurado do INSS, existem três situações que não exigem a comprovação do período mínimo de carência de 12 meses:

    • No caso de acidente de qualquer natureza;
    • Na situação de acidentes ou doenças no emprego;
    • Quando você é afetado por uma doença grave, irreversível e incapacitante, listada pelo Ministério da Saúde e do Trabalho e da Previdência como doença grave, irreversível e incapacitante.

    Como solicitar?

    É preciso efetuar um requerimento pelo portal Meu INSS. O segurado passará por uma nova avaliação médico-pericial do INSS para avaliação da necessidade de valor adicional.

    O cidadão pode solicitar a presença de um acompanhante durante a realização da perícia.

    Para isso, é necessário preencher um formulário e levá-lo no dia da perícia. O pedido será analisado pelo perito médico e poderá ser negado, com a devida fundamentação.

    Quando o benefício pode ser cancelado?

    Toda pessoa que recebe auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez, precisa sempre estar atento às causas que levam ao cancelamento do seu benefício. Veja em quais situações podem acontecer:

    Publicidade
    • Segurado que volta a trabalhar;
    • No caso de falecimento;
    • Assim que recuperar a capacidade para o trabalho.

    Gostou do artigo? Confira como funciona o cálculo para aposentadoria

    O que achou disso?

    Média da classificação 3.4 / 5. Número de votos: 5

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?