Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasMercado CambialO que faz o Dólar subir ou descer em relação ao Real?

    O que faz o Dólar subir ou descer em relação ao Real?

    4.4
    (43)

    É muito comum ver pessoas que acompanham fielmente a alta ou a queda do Dólar.

    Publicidade

    Isso porque, essas variações acontecem todos os dias e até mesmo mais de uma vez. Em 2020, a moeda americana atingiu níveis históricos e, um dos motivos, foi a pandemia da Covid-19.

    Mas, você sabe o que pode fazer o dólar oscilar tanto? Para entender sobre essa variação é necessário falar sobre a taxa de câmbio.

    Essa é a relação entre duas moedas de dois países, que acaba resultando no preço de uma delas medido em relação à outra.

    Existem diversos fatores que podem fazer o dólar valorizar ou desvalorizar a moeda em relação ao real. Quer saber quais são? Continue lendo o artigo e descubra!

    Entenda como funciona a cotação do dólar

    Antes de você saber quais são os fatores que influenciam na alta e na queda da moeda americana, é importante entender como funciona a cotação do dólar. E a cotação do dólar funciona de acordo com a taxa do câmbio.

    Publicidade

    É o câmbio que vai definir quantos reais são necessários para a compra de um dólar. Lembre-se que essa taxa é bastante flexível, assim como a moeda estrangeira.

    Por isso, fatores políticos e econômicos costumam influenciar bastante as transações entre os países.

    Mas, como a cotação do dólar influencia o mercado brasileiro? A resposta é bem simples, sabe a lei da oferta e procura?

    É exatamente assim que funciona. E, como em qualquer produto, quando a oferta é maior que a procura o preço tende a cair.

    Mas quando a demanda é maior que a oferta, o valor do produto sobe. O mesmo acontece com a moeda americana.

    Publicidade

    E por que a oscilação acontece? Por diversos motivos, mas os principais são as taxas de juros, o turismo internacional, o superávit ou déficit comercial, entre outros fatores.

    Notas de dólar enroladas em um papel com gráficos
    O Dólar é apenas uma das muitas moedas que sofrem influência da Lei da Oferta e da Procura.

    4 fatores que podem influenciar a alta e a queda do dólar

    1) Câmbio flutuante

    O sobe e desce tanto do dólar quanto de outras moedas estrangeiras podem acontecer por conta da entrada e saída dos fluxos de moedas internacionais na economia.

    No Brasil, você já sabe que a taxa de câmbio costuma variar de acordo com o mercado.

    Vale ressaltar, ainda, que essa taxa não é definida pelo Governo Federal. Mas, sim, que varia de acordo com o movimento do mercado.

    Além disso, às vezes é necessário que o Banco Central intervenha quando a moeda atinge um valor muito alto ou muito baixo.

    Publicidade

    2) Reservas cambiais

    Também tem outro fator que pode influenciar e ele se chama reserva cambial – que nada mais é do que o montante de moeda estrangeira e ouro acumulado por um país.

    Vale destacar que elas são essenciais para negociações internacionais realizadas com a moeda americana.

    Também se torna importante no pagamento de fornecedores. A sua queda pode, inclusive, provocar uma valorização na moeda.

    3) Crises financeiras

    É indiscutível como impactos externos podem interferir na queda ou ascensão do dólar, inclusive crises financeiras. E isso é independentemente, se são internas ou externas.

    Mas, elas causam, sim, influência neste gráfico da moeda americana.

    A explicação é que investidores não vão querer investir em uma economia que possa estar em risco. Com isso, eles acabam por: vender suas ações, convertê-las em dólar, retirá-las e, até mesmo, realocar em produtos menos voláteis.

    4) Economia dos EUA e mundo

    Dono de uma das economias mais fortes e importantes, os Estados Unidos acaba sendo um referencial.

    Logo, tudo o que acontece no país impacta diretamente na cotação do dólar.

    É muito importante estar atento às questões político-econômicas. Mas não só nos Estados Unidos, no mundo todo.

    Por exemplo, embates comerciais e de territórios, como entre o país americano e os demais asiáticos.

    Por isso, diretamente paira uma discussão e preocupação em cima dos efeitos e incertezas em cima de expectativas negativas com esses eventos que impactam a economia mundial.

    Como converter o valor do seu dólar?

    Quer converter o valor de uma moeda, mas não sabe como? Aqui no FinanceOne isso é possível de forma fácil, rápida e prática.

    Com o novo conversor de moedas você consegue converter qualquer valor. Basta colocar o país de origem e de destino. Quer testar?

    Esse conteúdo te ajudou? Então fique por dentro de todos os detalhes do mercado cambial.

    O que achou disso?

    Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 43

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Redação
    Redação
    O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    3 COMENTÁRIOS

      • Olá, Luiz! Tudo bem?
        Não é uma pessoa que aumenta ou diminui o preço do dólar. Essas oscilações ocorrem conforme o movimento de diversos fatores econômicos, conforme descrito no artigo. Por isso não há uma resposta que possa ser dada em uma linha. O máximo que acontece, aqui no Brasil, é que o Banco Central às vezes pode interferir.

    1. Brincadeira isso! Responde isso, porque o Brasileiro tem que trabalhar 5x mais para ter um dólar? Brincadeira não é, somos escravos da moeda americana? Responde isso, o Brasil é rico, e nossa agricultura é a terceira maior do mundo, agora isso tá errado desde que o Brasil foi criado, não é possível, pow, o Brasileiro trabalhar 5x a mais para comprar um produto, somos escravos?E o dólar valendo isso esses países vem aqui e compra nossa comida 5x a mais que nós que moramos no Brasil! Caramba, não vem falar de impostos aqui dentro que todo mundo sabe disso que é o país dos ladrões políticos, Brasileiro é incrível, agora isso tem que mudar, e turismo mais barato, para esses caras brincadeira, para nós no países deles é 5x mais caro,tem que acabar com isso, não somos escravos desses caras não, no caso aqui dentro devem ser tratados pagando a mesma coisa que a gente, 5x a mais, isso tem que acabar, o trabalhador brasileiro passa até fome com essa p. De salário mínimo, ata aí vai falar também do comercial exterior, organização mundial do comércio né, somos escravos com políticos ladrões, o Brasil, Brasileiros tem que acabar com isso e esses países tem que sofrer do mesmo jeito que nós Brasileiros, tem que pagar caro pelos nossos alimentos e turismo, e não visto não facilitado para esses países, pow, Brasileiro quiser ir para outro país, tem que entrar em uma fila para se aprovado visto, tanto na Europa quanto nos usa, Brincadeira, chega né, demos comida em abundância, e água minerais, chega né, de ser escravo.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasMercado CambialO que faz o Dólar subir ou descer em relação ao Real?

    O que faz o Dólar subir ou descer em relação ao Real?

    4.4
    (43)

    É muito comum ver pessoas que acompanham fielmente a alta ou a queda do Dólar.

    Publicidade

    Isso porque, essas variações acontecem todos os dias e até mesmo mais de uma vez. Em 2020, a moeda americana atingiu níveis históricos e, um dos motivos, foi a pandemia da Covid-19.

    Mas, você sabe o que pode fazer o dólar oscilar tanto? Para entender sobre essa variação é necessário falar sobre a taxa de câmbio.

    Essa é a relação entre duas moedas de dois países, que acaba resultando no preço de uma delas medido em relação à outra.

    Existem diversos fatores que podem fazer o dólar valorizar ou desvalorizar a moeda em relação ao real. Quer saber quais são? Continue lendo o artigo e descubra!

    Entenda como funciona a cotação do dólar

    Antes de você saber quais são os fatores que influenciam na alta e na queda da moeda americana, é importante entender como funciona a cotação do dólar. E a cotação do dólar funciona de acordo com a taxa do câmbio.

    Publicidade

    É o câmbio que vai definir quantos reais são necessários para a compra de um dólar. Lembre-se que essa taxa é bastante flexível, assim como a moeda estrangeira.

    Por isso, fatores políticos e econômicos costumam influenciar bastante as transações entre os países.

    Mas, como a cotação do dólar influencia o mercado brasileiro? A resposta é bem simples, sabe a lei da oferta e procura?

    É exatamente assim que funciona. E, como em qualquer produto, quando a oferta é maior que a procura o preço tende a cair.

    Mas quando a demanda é maior que a oferta, o valor do produto sobe. O mesmo acontece com a moeda americana.

    Publicidade

    E por que a oscilação acontece? Por diversos motivos, mas os principais são as taxas de juros, o turismo internacional, o superávit ou déficit comercial, entre outros fatores.

    Notas de dólar enroladas em um papel com gráficos
    O Dólar é apenas uma das muitas moedas que sofrem influência da Lei da Oferta e da Procura.

    4 fatores que podem influenciar a alta e a queda do dólar

    1) Câmbio flutuante

    O sobe e desce tanto do dólar quanto de outras moedas estrangeiras podem acontecer por conta da entrada e saída dos fluxos de moedas internacionais na economia.

    No Brasil, você já sabe que a taxa de câmbio costuma variar de acordo com o mercado.

    Vale ressaltar, ainda, que essa taxa não é definida pelo Governo Federal. Mas, sim, que varia de acordo com o movimento do mercado.

    Além disso, às vezes é necessário que o Banco Central intervenha quando a moeda atinge um valor muito alto ou muito baixo.

    Publicidade

    2) Reservas cambiais

    Também tem outro fator que pode influenciar e ele se chama reserva cambial – que nada mais é do que o montante de moeda estrangeira e ouro acumulado por um país.

    Vale destacar que elas são essenciais para negociações internacionais realizadas com a moeda americana.

    Também se torna importante no pagamento de fornecedores. A sua queda pode, inclusive, provocar uma valorização na moeda.

    3) Crises financeiras

    É indiscutível como impactos externos podem interferir na queda ou ascensão do dólar, inclusive crises financeiras. E isso é independentemente, se são internas ou externas.

    Mas, elas causam, sim, influência neste gráfico da moeda americana.

    A explicação é que investidores não vão querer investir em uma economia que possa estar em risco. Com isso, eles acabam por: vender suas ações, convertê-las em dólar, retirá-las e, até mesmo, realocar em produtos menos voláteis.

    4) Economia dos EUA e mundo

    Dono de uma das economias mais fortes e importantes, os Estados Unidos acaba sendo um referencial.

    Logo, tudo o que acontece no país impacta diretamente na cotação do dólar.

    É muito importante estar atento às questões político-econômicas. Mas não só nos Estados Unidos, no mundo todo.

    Por exemplo, embates comerciais e de territórios, como entre o país americano e os demais asiáticos.

    Por isso, diretamente paira uma discussão e preocupação em cima dos efeitos e incertezas em cima de expectativas negativas com esses eventos que impactam a economia mundial.

    Como converter o valor do seu dólar?

    Quer converter o valor de uma moeda, mas não sabe como? Aqui no FinanceOne isso é possível de forma fácil, rápida e prática.

    Com o novo conversor de moedas você consegue converter qualquer valor. Basta colocar o país de origem e de destino. Quer testar?

    Esse conteúdo te ajudou? Então fique por dentro de todos os detalhes do mercado cambial.

    O que achou disso?

    Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 43

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?