Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Entenda o que são commodities

Escrito por: Rafael Massadar em 21 de maio de 2019

Você provavelmente já ouviu falar em commodities. A palavra é originada do inglês e significa mercadoria.

Em suma, as commodities podem ser definidas como matérias-primas originais do mercado. Elas são produzidas em grande escala, com pouca intervenção da indústria química para sua existência.

Entre as commodities mais comuns estão as que servem como matéria-prima para a produção de outros bens.

Um exemplo são agrícolas, chamadas de soft commodities, como a soja, o açúcar e o milho.

O ouro, ferro e cobre estão junto às mercadorias mais negociadas e são commodities de extração ou minerais, denominadas hard commodities.

Entre as commodities brasileiras mais comercializadas estão a soja, o minério de ferro, o petróleo e a carne, e o preço mundial delas exerce grande impacto na economia nacional.

O modelo de comercialização é padronizado, com pouca diferenciação de marcas (quando isso é aplicável).

Portanto, seu preço é definido pelo mercado em decorrência da oferta e demanda, e não pela política de preços da empresa que produz.

Já que são produtos de grande importância e consumidos mundialmente, as commodities podem ser uma boa opção de investimento.

Afinal, são itens básicos que atendem às necessidades de pessoas de todos os cantos do mundo.

 commodities

Os 4 tipos de commodities

1 – Agrícolas – soja, suco de laranja congelado, trigo, algodão, borracha, café, etc;

2 – Minerais – minério de ferro, alumínio, petróleo, ouro, níquel, prata, etc;

3 – Financeiras – moedas negociadas em vários mercados, títulos públicos de governos federais, etc;

4 – Ambientais – créditos de carbono.

As 5 commodities mais exportadas pelo Brasil em 2018

1º – Soja – 83,6 milhões de toneladas;

2º – Açúcar bruto e refinado – 21,4 milhões de toneladas;

3º – Frango – 3,9 milhões de toneladas;

4º – Carne bovina – 2,0 milhões de toneladas equivalente carcaça;

5º – Café – 1,8 milhão de toneladas.

De 2010 a 2018, a soja foi a commoditie que teve maior expansão das exportações, com um acréscimo de 165% no volume embarcado.

Em segundo lugar vem as exportações de carne bovina, com um crescimento de 35% do volume exportado no período.

No ano passado, a China foi responsável por 82,3% dos embarques de soja.

Já em relação à carne bovina, Hong Kong foi o principal destino das exportações brasileiras, cerca de 21,1%.

Em segundo lugar vem a China, com 19,6% do total exportado pelo Brasil.

Como você pode investir?

Existem várias commodities em que você pode investir. Petróleo, cobre, minério de ferro, soja, café, entre outras.

Os preços de cada matéria-prima é cotado em dólar, por exemplo.

Além disso, a negociação dos contratos de compra e venda é feita em bolsas internacionais. Portanto, as commodities são importantes para a produção industrial e para o consumo de qualquer economia.

Os contratos são negociados na Bolsa de Valores Mercadorias e Futuros no Brasil, também conhecida como BM&F Bovespa.

Em função da forte influência da oscilação de seus preços nas economias, criou-se um jeito de proteger os produtores e compradores, que não são afetados por tais variações.

É o caso dos contratos futuros de compra e venda, que se baseiam em expectativas de preços futuros, podendo acontecer a liquidação física do produto, em determinadas situações.

1 – Mercado futuro

É possível comprar e vender contratos com diferentes datas de vencimento.

Requer um conhecimento avançado sobre cada produto e regras de contratos, além de permitir alavancagem.

2 – ETFs

O  próprio administrador do ETF faz as operações e tende a seguir aproximadamente o preço de determinada commodity.

Há ETFs especializados em uma única commodity, bem como também aqueles mais diversificados, seja dentro de um mesmo setor, como o agrícola, ou que investem em vários setores de commodities.

3 – Indiretamente

Através do investimento em ações de empresas produtoras de commodities ou relacionadas a ela.

Pode ser uma petrolífera ou empresas que prestam serviços para elas.

Por exemplo, empresas que administram e constroem oleodutos ou empresas de logística e transporte.

AEB aposta em queda nos preços em 2019

Os preços das principais commodities exportadas pelo Brasil deverão cair neste ano. A previsão é da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB).

O diagnóstico da associação deve-se à queda no ritmo de crescimento econômico global e aumento da taxa de juros dos EUA.

Além de questões relacionadas à guerra comercial sino-americana.

Ao todo, as exportações brasileiras para 2019 foram estimadas em cerca de 220 bilhões de dólares.

O que representa uma queda de 7,3 % ante 2018, segundo a AEB, em parte explicada pelo recuo nos preços das commodities.

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe um comentário

Posts relacionados

rede social dos investidores
IPO
Saber seu perfil de investidor
GlobalCoin
resgatar-uma-aplicação-no-Tesouro-Direto