Início Notícias Investimentos Fundos de pensão x previdência privada: qual a diferença?

Fundos de pensão x previdência privada: qual a diferença?

0
(0)

Quem começa a investir com foco no longo prazo é porque quer se planejar para a aposentadoria. A partir desse objetivo, os brasileiros costumam aplicar o dinheiro em fundo de pensão ou previdência privada.

E você deve estar se perguntando qual é a diferença entre eles, como funciona e as vantagens. Isso é comum. 

O que você precisa saber agora é que os dois planos são complementares e que podem servir como uma renda adicional à da previdência pública/social (INSS).

É justamente por isso que eles vêm ganhando destaque entre os investidores e também entre as empresas que desejam oferecer um benefício extra aos seus colaboradores.

Para te ajudar a saber qual é a diferença entre fundos de pensão e previdência privada o FinanceOne preparou um conteúdo com as principais informações sobre esses investimentos.

Conheça o fundo de pensão

Os fundos de pensão são planos fechados de Previdência Privada. São destinados a profissionais que trabalham em empresas, entidades de classe ou associações. A instituição é quem oferece a modalidade de investimento com foco na aposentadoria.

Esses fundos podem ter o patrimônio alocado em ativos de renda fixa, renda variável ou no setor imobiliário.

Além disso, uma pequena parcela do capital pode estar investida em produtos estruturados, como Fundos Multimercados e Certificados de Operações Estruturadas (COEs).

E quando o profissional se aposenta, passa a receber o benefício em parcelas mensais. Se ele sair da empresa, tem o direito de resgatar parte do dinheiro que contribuiu enquanto trabalhava.

Mas como o fundo de pensão funciona?

O servidor público ou o trabalhador de uma empresa contribui mensalmente com uma determinada quantia, enquanto a companhia contribui com outra parte. A soma das duas contribuições se transforma em um complemento para a aposentadoria do profissional.

A relação estabelecida entre o valor pago pelo colaborador e pela empresa é de 1 para 1. No entanto, para saber exatamente qual será a proporção, é importante ter atenção ao formato do contrato utilizado pela empresa.

Conheça a previdência privada

Essa é outra modalidade de investimento para quem tem o foco em médio ou longo prazo. A previdência privada tem o objetivo de garantir que o seu titular ou beneficiário consiga uma renda futura, voltada para aposentadoria ou sucessão.

Idoso bem vestido com mala
A previdência privada é para quem tem o foco em médio ou longo prazo

Você sabe como a previdência privada funciona?

A partir de seus planos, qualquer pessoa consegue planejar a sua aposentadoria de forma autônoma e personalizada. Assim, o beneficiário consegue complementar a aposentadoria pública e garantir um futuro financeiro mais equilibrado e adequado às suas necessidades.

O investidor ainda consegue, se tiver a certeza, escolher um plano com grau de risco maior. Esses planos geralmente têm maior rentabilidade para investimentos em previdência privada. Logo, a escolha do melhor fundo vai depender muito do perfil do investidor.

Quais são as características em comum?

Os fundos de pensão e previdência privada, além de se diferenciarem em alguns pontos, ainda possuem algumas características bem comuns para os seus beneficiários e optantes. Entre elas, podemos citar:

-> As taxas

Os Fundos de Pensão costumam cobrar taxas de administração usadas para a manutenção do fundo. A Previdência Privada também cobra essa mesma taxa, que é descontada da rentabilidade do fundo.

O objetivo é cobrir os custos que a instituição tem ao administrar o plano de previdência.  

-> Segurança

Outro ponto em comum é que ambos são seguros e garantem a segurança dos investimentos. Mas, é válido, em todas as hipóteses, procurar conhecer a estratégia adotada pelo referido gestor, já que têm aplicações que podem apresentar riscos maiores.

-> Imposto de Renda

Outra semelhança é o Imposto de Renda (IR). Na Previdência Privada, o IR é cobrado  de acordo com o tipo de plano.

No Fundo de Pensão, a forma de recolhimento é muito semelhante, podendo incidir sobre os fundos de acordo com a tabela regressiva ou progressiva.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe com mais pessoas para que todos possam entender as diferenças e pontos em comum entre os dois investimentos.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Mateus Carvalho
Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui