O que é e como funciona o cashback? Veja exemplos!

Escrito por: Rafael Massadar em 5 de fevereiro de 2020

Muito se tem falado sobre cashback. Mas, você sabe o que isso significa? Qual sua função na prática?

Em resumo, cashback representa ‘dinheiro de volta’, em inglês. Ou seja, quando o consumidor faz uma compra, parte do investimento retorna para o seu bolso.

O sistema é popular nos Estados Unidos desde 1998. No entanto, só agora ganhou força no Brasil.

Cashback
O cashback, popular em diversos países, é considerado uma nova tendência do mercado

O cashback pode ser feito através de maquininhas de cartão específicas, mas é mais comum no e-commerce.

Contudo, apesar do sistema ser muito vantajoso, você deve ter cautela. Não faça compras pensando que irá receber tudo de volta.

Também não trate o cashback como “passe livre” para gastar. Se você tiver esse pensamento, pode perder o controle e acabar extrapolando nos gastos.

+ Clientes da C&A poderão ter cashback em suas compras

Como funciona na prática o cashback?

Para o consumidor, o cashback funciona de maneira bem simples. A princípio, ele se inscreve em um programa, que normalmente tem parceria com outras empresas.

A seguir, ele entra em um site de compras e coloca os itens desejados no carrinho. Entretanto, é preciso ativar o dinheiro de volta.

Isso é feito por meio de soluções como aplicativos, navegadores ou extensões.

A loja tem um prazo para avisar ao intermediário sobre a compra e, após um período, ele fica disponível para recolhimento.

Alguns programas oferecem dinheiro, outros incluem um crédito para reutilização.

No primeiro caso, o valor pode ser resgatado diretamente para a conta corrente do banco à escolha do usuário e pode ter um valor mínimo para saque.

No segundo, o saldo disponível funciona como uma criptomoeda, que pode ser reaplicada em situações específicas. Em outras palavras, as regras para cashback são variáveis.

Por isso, é recomendada a leitura dos termos de cada programa para garantir que não haverá nenhuma surpresa. Outro elemento que varia é a presença do intermediário. Afinal, alguns bancos realizam a ação sem a existência do facilitador.

Assim, basta fazer compras nos estabelecimentos parceiros da instituição financeira para conseguir o retorno. No entanto, na maioria dos casos, há um canal interposto na negociação. E isso nos leva ao ponto de vista das empresas no processo.

+ Cartão de crédito com cashback: como funciona?

Esse método visa alcançar um maior número de clientes, já que o intermediário possui uma base de consumidores fidelizados e seus próprios meios de divulgação. Ou seja, ganha visibilidade.

O que, naturalmente, é um eficiente meio para aumentar as vendas. Já o agente recebe uma comissão a cada transação realizada.

Como o dinheiro fica retido por um tempo indeterminado, pode ser reutilizado em outros investimentos, o que garante uma boa margem de lucro.

5 sites e apps que trazem o seu dinheiro de volta

Confira algumas empresas que trabalham com o serviço de cashback!

1 – Méliuz

A Méliuz foi criada em 2011 e já é uma das maiores empresas de cashback do Brasil. Ela possui parceria com mais de 1.600 lojas, nas quais o cliente pode utilizar cupons de descontos, além de oferecer cashback.

Ela devolve parte do dinheiro gasto em alguma das lojas parceiras, e o retorno do seu dinheiro vai depender da compra. O valor mínimo de resgate é de R$20 e o dinheiro, quando resgatado, vai direto para a sua conta bancária.

2 – Beblue

A Beblue é outra forma de você recuperar o seu dinheiro. Para começar, basta se cadastrar pelo aplicativo.

Diferente da Méliuz, o app não disponibiliza o saque do dinheiro reembolsado. Nesse caso, os valores que você adquiriu ficam na plataforma como crédito para serem usados em uma compra futura.

3 – PicPay

O PicPay é um aplicativo que funciona como uma carteira digital, no qual você pode realizar compras pelo cartão de crédito e/ou transferências. Além de pagar estabelecimentos, você também pode pagar a um amigo.

Para cada pagamento realizado você ganha uma porcentagem mínima do valor que foi gasto. Para utilizar basta ir até o perfil de quem deseja pagar e efetuar a transferência.

Esse é mais um jeito simples que faz você economizar sem sair de casa. Para começar, só é preciso baixar o aplicativo e prosseguir com o seu cadastro.

4 – Mooba

Conhece o “Reclame Aqui”? O Mooba é uma startup que pertence ao mesmo grupo. E, como os outros apps e sites, também oferece o sistema de cashback.

Assim como a Méliuz e o PicPay, o Mooba faz a transferência do dinheiro resgatado para sua conta bancária. O valor mínimo que você deve possuir para poder efetuar o resgate é de R$30.

5 – PagBank

O PagBank é um produto da PagSeguro que oferece até 3% de dinheiro de volta, utilizando o saldo da conta, em pagamentos com QR Code. O valor fica disponível para ser utilizado em futuras compras.

Para você recarregar a sua conta pode realizar pagamento por boleto, transferência de outros usuários ou pelo TED de qualquer banco nacional (tudo gratuitamente).

Vantagens de usar plataformas com cashback

Para o cliente final, esse sistema oferece várias vantagens. Ao realizar compras que ele já faria normalmente, o consumidor tem ainda a oportunidade de receber uma porcentagem do que gastou de volta.

Assim como para acumular ou usar em uma nova compra, aumentando o seu poder de consumo. Dessa maneira, o cliente tem sempre uma boa razão para retornar e continuar a consumir no mesmo estabelecimento.

Consequentemente, uma loja consegue aumentar seu mercado, fidelizar e trazer novos clientes, melhorar o seu ticket médio e gerar vendas incrementais.

Além de ajudar na ocupação do estabelecimento em dias ociosos, a vender mais e melhor.

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Como usar a conta digital e fugir do banco tradicional
Saque do PIS/Pasep
fgts
render seu dinheiro
Como sacar o FGTS