“Praia Bitcoin” aceita pagamento com criptomoeda em todos os estabelecimentos

0
403
Símbolo do Bitcoin em metal sobre um fundo azul
0
(0)

Está pensando em viajar para Jericoacoara? Então, saiba que a região conta com a Praia Bitcoin. A novidade é considerada um dos experimentos mais inovadores e empolgantes no Nordeste. 

Anúncios

Dessa forma, os turistas e moradores da região poderão começar a pagar os estabelecimentos da Praia Bitcoin com criptomoedas. Seja por curiosidade ou por interesse em realizar transações com os criptoativos, o fato é que a notícia está dando o que falar.

Para quem não sabe a ideia foi inspirada no Bitcoin Beach, que está localizado na Playa El Zonte, em El Salvador. Vale ressaltar que no país já existe um forte movimento de adoção no uso do Bitcoin como forma de pagamento.

Anúncios

Mas como funciona e qual o objetivo da Praia Bitcoin em Jericoacoara? Será que todo o comércio já aceita esta criptomoeda como forma de pagamento? É o que iremos te contar ao longo deste artigo!

Qual é o objetivo da Praia Bitcoin brasileira? 

Como já foi dito acima, a Praia Bitcoin foi inspirada na de El Salvador e vem sendo implementada, aqui no Brasil, pelo empresário Fernando Motolese. Uma curiosidade é que o projeto inicial chamava-se Bitcoin Beach Brasil.

Porém, acabou que o nome foi alterado para Praia Bitcoin. Mas neste momento, você deve estar se perguntando qual é o objetivo dessa novidade, certo? Calma que a gente te conta!

Anúncios

O principal objetivo é dar a possibilidade tanto para turistas quanto os microempresários da região uma alternativa universal e descentralizada de pagamento pelos serviços prestados e oferecidos.

Mulher de óculos segura uma moeda dourada com o símbolo do Bitcoin em frente ao rosto
Agora é possível fazer compras nos estabelecimentos de Jericoacoara com Bitocoin

Para quem nunca foi à Jericoacoara, a região não possui caixa eletrônico para saques de dinheiro. Isso acaba dificultando o comércio local na hora de realizar vendas, já que o uso de dinheiro em espécie vem diminuindo.

Por isso, muitos turistas acabam fazendo uso de cartões de débito e/ou crédito para fazer compras na cidade. Porém, para o comércio a prática não é uma das mais vantajosas já que os microempresários acabam ficando sem dinheiro nas mãos.

Praia Bitcoin: quais estabelecimentos já aceitam?

A novidade vem ganhando adesão máxima e sendo bem recebida pela população e lojistas. Inclusive, mais de 10 estabelecimentos já estão aceitando este meio de pagamento e fazendo parte do projeto.

Para se ter uma ideia, no próprio site do projeto já consta um documento informativo dizendo que comércios, artesãos e outros artistas já estão aceitando a criptomoeda para ser uma opção de pagamento.

São, atualmente, 10 comércios variados (agência de turismo, padarias e pousadas), além de 3 projetos sociais e oito trabalhadores autônomos que já aceitam o Praia Bitcoin.

De acordo com a organização do projeto, a expectativa é de que essa lista aumente de forma gradativa.

+ CVM dá parecer sobre regulamentação de criptomoedas. Entenda

Outro ponto relatado é que mais de 120 pessoas já usam o Praia Bitcoin como forma de pagamento por meio da carteira virtual. Também foi publicado que cerca de R$3.411,31, o equivalente a 0,033 Bitcoins, circulam na economia do Praia Bitcoin.

Como surgiu o Praia Bitcoin?

Embora já saiba que a Praia Bitcoin foi inspirada na de El Salvador, você tem ideia como este projeto surgiu ou saiu do papel?

Bom, ele teve o seu start na quarentena, durante a pandemia da Covid-19. Foi identificado que a ausência de bancos na região seria um problema e que já tinha passado da hora de uma solução.

O empresário Fernando Motolese criou uma boa conexão com a comunidade local e começou a pensar em uma forma de solucionar este ponto, já que a região era destaque no turismo, mas não tinha nenhuma agência bancária à disposição.

Inclusive, os moradores tinham que se deslocar para ir a uma agência bancária e realizar transações. Por isso, Motolese resolveu escolher o Bitcoin para dar mais liberdade financeira e trazer um projeto inovador para a população.

Leia mais sobre Bitcoin e criptomoedas:

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui