Início Notícias Quanto custa fazer um intercâmbio nos EUA?

Quanto custa fazer um intercâmbio nos EUA?

0
(0)

Intercâmbio nos EUA continua uma das prioridades para boa parte dos brasileiros que viajam ao exterior para estudar. O país só perde para o vizinho Canadá como destino mais procurado.

É o que aponta a Pesquisa Selo Belta 2020 referente ao mercado de intercâmbio brasileiro de 2019.

O ranking segue com a Irlanda em terceiro, seguido por Reino Unido, Austrália e África do Sul. Completam a lista: Malta e Nova Zelândia.

Entre os tipos de programas mais procurados, os cursos de idioma seguem na frente. Por essa razão a duração de intercâmbio mais popular entre brasileiros é de até um mês ou entre quatro e seis meses.

As graduações cresceram em popularidade em relação à edição anterior, subindo uma posição para o terceiro lugar.

O que os brasileiros procuram com o intercâmbio?

Os cursos mais procurados para intercâmbio nos EUA pelos brasileiros em 2019 foram:

  • Curso de idioma;
  • Curso de idioma com trabalho temporário;
  • Graduação;
  • High School (colegial);
  • Curso profissional, certificado ou diploma.

Quanto custa fazer intercâmbio nos Estados Unidos?

Fazer um intercâmbio nos EUA pode sair bem caro. Portanto, o primeiro passo para definir qual intercâmbio você vai fazer é escolher a cidade.

Seja em uma escola ou em uma universidade, a definição do local e tempo influencia diretamente na noção de valores. Por isso, vale recorrer aos orçamentos de diferentes agências.

Passar um mês em cidades maiores, como Nova York e San Francisco, por exemplo, custa entre US$ 2.000 e US$ 3.000. Esse valor não inclui passagens aéreas, nem despesas para manutenção no país.

Contudo, o cálculo final deve incluir desde gastos com alimentação, até eventuais opções de lazer e transporte local. E, lembre-se, a moeda norte-americana está valorizada frente ao real.

É possível trabalhar e estudar?

Essa é uma opção recorrente e ofertada por muitas agências de intercâmbio. O “Work and Travel” permite que o estudante passe o período no exterior trabalhando, de forma remunerada.

Entretanto, os interessados nesse formato devem já apresentar bom nível de proficiência no idioma, para dar conta das exigências no ambiente profissional. Isso porque há vagas que demandam como requisito, também, a matrícula em curso superior no país de origem.

Outra saída é o programa de Au Pair, bastante conhecido nos Estados Unidos. Nesse caso, o estudante estrangeiro fica, no mínimo, um ano em uma casa de família, servindo como babá em uma família local.

Ou seja, além de receber uma remuneração semanal, é possível aproveitar para estudar ao longo do período. Contudo, o au pair segue uma série de regras.

Por exemplo, a limitação de 45 horas de trabalho semanais, bem como exigência de folgas regulares.

Providencie a documentação necessária

Para fazer intercâmbio nos EUA é necessário ter um passaporte válido e solicitar, juntamente ao Consulado Americano no Brasil, o visto necessário para o programa que você escolheu.

Para realizar um intercâmbio nos EUA é necessário um planejamento financeiro

O tipo do visto varia de acordo com o tempo de duração e o propósito do seu intercâmbio. De toda forma é necessário preencher um formulário online com as suas informações pessoais e comparecer ao consulado para entrevista.

Esse processo pode demorar, por isso é recomendado que você comece a olhar tudo com o máximo de antecedência.

Além disso, é preciso ainda contratar um seguro saúde (caso isso não esteja incluso no pacote) e providenciar a quantia que você deseja levar em dólar.

Faça um planejamento financeiro

É preciso planejar e estabelecer quanto você pode investir para realizar o sonho de intercâmbio nos EUA. Por isso, é fundamental ser realista com as suas possibilidades.

Não adianta escolher uma cidade com alto custo de vida, se você ficará com o orçamento muito comprometido.

No entanto, existem várias opções acessíveis e cidades menores que podem ser adequadas para quem deseja evoluir no nível de idioma. Pesquise o máximo possível!

Confira como se planejar financeiramente para um intercâmbio!

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Rafael Massadar
Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Dicas de planejamento financeiro para quem é autônomo

Ser um profissional autônomo não quer dizer que você pode ter as finanças bagunçadas. Mesmo que você não tenha uma renda fixa por mês,...

Conheça 10 franquias com investimentos de até R$10 mil

A pandemia do novo coronavírus fez com que a procura por microfranquias aumentasse. Em especial, as franquias de até R$10 mil.

Quais são os gastos para manter um carro próprio?

Muitos brasileiros sonham em ter o carro próprio, mas esquecem dos gastos que um veículo pode trazer. E isso acontece porque a...

Como escolher a rede social para seu negócio?

Você sabe como escolher a rede social ideal para o seu negócio? Qual irá fazer a sua empresa crescer e se tornar...

Cartões de crédito sem anuidade: veja os 14 melhores

Procurando por cartões de crédito sem anuidade? Eles conquistaram, definitivamente, espaço na economia brasileira. De acordo com a pesquisa realizada pelo SPC Brasil, cerca de...

Empreendedorismo feminino: o que é e quais os desafios

Falar sobre empreendedorismo faz com que muitas pessoas pensem em empresas grandes ou projetos inovadores. No entanto, empreender vai além disso: é...