InícioNotíciasEconomiaQuem tem direito ao Auxílio Primeira Infância? Como funciona?

Quem tem direito ao Auxílio Primeira Infância? Como funciona?

3.9
(33)

Você já ouviu falar no Auxílio Primeira Infância? Este é mais um benefício que está incluso no novo programa social Auxílio Brasil. Mas será que você pode ser contemplado? Descubra neste artigo!

De forma bem rápida e sem enrolação, o Auxílio Primeira Infância é destinado à famílias com recém-nascidos ou crianças com poucos meses de vida.

É obrigatório que as crianças tenham idade entre zero e 36 meses incompletos. O benefício é pago por pessoa. Ou seja, se a família contar com mais de uma criança nesta condição, receberá por cada uma.

Qual será o valor do Auxílio Primeira Infância?

Recentemente, o Governo Federal divulgou os valores do Auxílio Brasil e o calendário com as datas de pagamento do benefício (confira abaixo).

Para o Auxílio Primeira Infância, ficou definido o valor de R$130, sendo este o valor mensal por pessoa, ou melhor, por criança ou recém-nascido. 

Veja os valores dos três principais benefícios:

  1. Primeira Infância – R$130
  2. Composição Familiar – R$65
  3. Superação da Extrema Pobreza – valor variável

De acordo com a regulamentação, os dois primeiros, considerados em conjunto, deverão ser pagos até o limite de cinco benefícios por família. O terceiro funciona como um complemento para que a família alcance renda mínima de R$100, por isso varia de acordo com a situação.

Auxílio Brasil tem outros 6 benefícios complementares

Para complementar estes valores, o Auxílio Brasil conta com outros seis benefícios que podem somar à renda da sua família. Eles são:

  • Benefício Compensatório de Transição (para quem já recebia o Bolsa Família)
  • Auxílio Esporte Escolar (para estudantes de 12 a 17 anos)
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior (para estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas)
  • Auxílio Criança Cidadã (para crianças de até 4 anos)
  • Inclusão Produtiva Rural (para agricultores)
  • Inclusão Produtiva Urbana (para trabalhadores formais)

Veja aqui sobre todos os 9 benefícios e se sua família se encaixa nos requisitos.

Gestantes têm direito ao benefício?

Uma pergunta muito comum é se as gestantes podem ou não receber o Auxílio Primeiro Infância, a resposta é não. Essa regra não vale para quem está grávida. Mas esse público tem um benefício próprio para elas. 

Para as gestantes, o Governo Federal criou o Composição Familiar, que tem o valor de R$65 por mês.

Vale ressaltar que esse auxílio também acumula e o que isso significa? Que caso tenha mais de uma gestante morando na mesma casa, todas irão receber o benefício. Porém, o valor pago será somente para uma única pessoa.

Homem conta notas de 50 reais na mão
O Auxílio Primeira Infância é voltado para crianças de zero a 36 meses incompletos

Como se inscrever no Auxílio Primeira Infância?

Como você já viu acima, o Auxílio Primeiro Infância está ligado ao Auxílio Brasil e, por isso, é preciso se inscrever na segunda opção para ter direito à primeira. E se você acha que tem direito ao benefício é importante saber como se inscrever para receber o valor.

A primeira coisa que você precisa saber é se tem cadastro ou não no CadÚnico. Caso não, é necessário realizar o cadastro. Mas é muito importante se atentar que o processo não pode ser realizado pela internet.

+ Auxílio Brasil: inscritos no CadÚnico serão selecionados aos poucos

Ele é feito de forma presencial em um dos setores responsáveis pelo Cadastro Único em sua cidade para se inscrever.

Outra informação importante é que ao se cadastrar não significa que você receberá o benefício automaticamente. Isso porque é preciso estar dentro de outros requisitos, mas ainda assim tem pessoas que cumprem todas as qualificações e ainda não são selecionadas.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com quem precise deste benefício mas ainda não conhece.

O que achou disso?

Média da classificação 3.9 / 5. Número de votos: 33

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Mateus Carvalho
Mateus Carvalho
Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

7 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

InícioNotíciasEconomiaQuem tem direito ao Auxílio Primeira Infância? Como funciona?

Quem tem direito ao Auxílio Primeira Infância? Como funciona?

3.9
(33)

Você já ouviu falar no Auxílio Primeira Infância? Este é mais um benefício que está incluso no novo programa social Auxílio Brasil. Mas será que você pode ser contemplado? Descubra neste artigo!

De forma bem rápida e sem enrolação, o Auxílio Primeira Infância é destinado à famílias com recém-nascidos ou crianças com poucos meses de vida.

É obrigatório que as crianças tenham idade entre zero e 36 meses incompletos. O benefício é pago por pessoa. Ou seja, se a família contar com mais de uma criança nesta condição, receberá por cada uma.

Qual será o valor do Auxílio Primeira Infância?

Recentemente, o Governo Federal divulgou os valores do Auxílio Brasil e o calendário com as datas de pagamento do benefício (confira abaixo).

Para o Auxílio Primeira Infância, ficou definido o valor de R$130, sendo este o valor mensal por pessoa, ou melhor, por criança ou recém-nascido. 

Veja os valores dos três principais benefícios:

  1. Primeira Infância – R$130
  2. Composição Familiar – R$65
  3. Superação da Extrema Pobreza – valor variável

De acordo com a regulamentação, os dois primeiros, considerados em conjunto, deverão ser pagos até o limite de cinco benefícios por família. O terceiro funciona como um complemento para que a família alcance renda mínima de R$100, por isso varia de acordo com a situação.

Auxílio Brasil tem outros 6 benefícios complementares

Para complementar estes valores, o Auxílio Brasil conta com outros seis benefícios que podem somar à renda da sua família. Eles são:

  • Benefício Compensatório de Transição (para quem já recebia o Bolsa Família)
  • Auxílio Esporte Escolar (para estudantes de 12 a 17 anos)
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior (para estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas)
  • Auxílio Criança Cidadã (para crianças de até 4 anos)
  • Inclusão Produtiva Rural (para agricultores)
  • Inclusão Produtiva Urbana (para trabalhadores formais)

Veja aqui sobre todos os 9 benefícios e se sua família se encaixa nos requisitos.

Gestantes têm direito ao benefício?

Uma pergunta muito comum é se as gestantes podem ou não receber o Auxílio Primeiro Infância, a resposta é não. Essa regra não vale para quem está grávida. Mas esse público tem um benefício próprio para elas. 

Para as gestantes, o Governo Federal criou o Composição Familiar, que tem o valor de R$65 por mês.

Vale ressaltar que esse auxílio também acumula e o que isso significa? Que caso tenha mais de uma gestante morando na mesma casa, todas irão receber o benefício. Porém, o valor pago será somente para uma única pessoa.

Homem conta notas de 50 reais na mão
O Auxílio Primeira Infância é voltado para crianças de zero a 36 meses incompletos

Como se inscrever no Auxílio Primeira Infância?

Como você já viu acima, o Auxílio Primeiro Infância está ligado ao Auxílio Brasil e, por isso, é preciso se inscrever na segunda opção para ter direito à primeira. E se você acha que tem direito ao benefício é importante saber como se inscrever para receber o valor.

A primeira coisa que você precisa saber é se tem cadastro ou não no CadÚnico. Caso não, é necessário realizar o cadastro. Mas é muito importante se atentar que o processo não pode ser realizado pela internet.

+ Auxílio Brasil: inscritos no CadÚnico serão selecionados aos poucos

Ele é feito de forma presencial em um dos setores responsáveis pelo Cadastro Único em sua cidade para se inscrever.

Outra informação importante é que ao se cadastrar não significa que você receberá o benefício automaticamente. Isso porque é preciso estar dentro de outros requisitos, mas ainda assim tem pessoas que cumprem todas as qualificações e ainda não são selecionadas.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com quem precise deste benefício mas ainda não conhece.

O que achou disso?

Média da classificação 3.9 / 5. Número de votos: 33

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?