Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisFarmácia Popular: veja como pegar remédios de graça e saiba quem tem...

    Farmácia Popular: veja como pegar remédios de graça e saiba quem tem direito

    0
    (0)

    Você sabia que é possível ter descontos e até gratuidade na compra de alguns remédios considerados essenciais no Brasil? Isso graças ao programa governamental Farmácia Popular. Apesar de ter sido criado em 2004, o auxílio ainda gera dúvidas em muitos brasileiros, por isso é importante se atentar às regras de utilização.

    O programa atua em farmácias e drogarias de todo o país, e pode ser utilizado por qualquer cidadão. Quer garantir um desconto a mais na hora de comprar seus medicamentos? Confira todos os detalhes sobre o Farmácia Popular.

    Criado pelo Ministério da Saúde em 2004, o Farmácia Popular é um programa assistencial que tem como objetivo disponibilizar medicamentos essenciais para a população brasileira. O regramento do benefício tem como base as diretrizes da Política Nacional de Assistência Farmacêutica.

    O programa visa a ampliar o acesso da população a remédios considerados essenciais para o tratamento de doenças crônicas e outras comorbidades. A lei garante ainda que haja unidades próprias da Farmácia Popular, voltadas para a distribuição de medicamentos e itens médicos. 

    O programa Farmácia Popular é disponibilizado para toda a população brasileira, independentemente de classe social. Você pode utilizar os descontos mesmo sendo paciente da rede privada de saúde, não sendo necessário estar atrelado ao SUS.

    Atualmente, cerca de 30.922 farmácias nacionais estão cadastradas para oferecer descontos via Farmácia Popular, em 4.398 municípios brasileiros. O governo federal pretende ampliar o escopo e atualizar as diretrizes para 2022.

    atendimento em farmácia
    Medicamentos para diabetes e hipertensão estão entre os beneficiados pelo programa. (Fonte: Divulgação)

    Como funciona o benefício

    A Farmácia Popular atua por meio de um sistema de co-pagamento chamado de “Aqui Tem Farmácia Popular”. Nesse modelo, o cidadão conta com descontos na compra de remédios e itens de saúde essenciais. 

    Os descontos em remédios são possíveis graças a um subsídio dado às farmácias e drogarias conveniadas. Dessa forma, o governo assume até 90% do valor do medicamento, enquanto o cidadão paga o valor restante. 

    Remédios gratuitos

    Além de desconto em remédios para rinite, mal de Parkinson, osteoporose, glaucoma, diabetes, asmas, hipertensão, entre outros, o Farmácia Popular disponibiliza medicamentos gratuitos pelo SUS. Entram nessa lista antibióticos, ansiolíticos, antifúngicos e anti-inflamatórios com descontos exclusivos.

    Os remédios ligados à doenças crônicas – como o câncer –, são disponibilizados de forma gratuita pelo SUS. Para se beneficiar, o cidadão deve emitir um requerimento médico e fazer o pedido formal para a farmácia conveniada.

    Ficou interessado em adquirir descontos ou mesmo gratuitidade na compra de remédios essenciais? Então, atente-se para o regramento da modalidade.

    Para usufruir da comodidade, é necessário realizar um cadastro em uma rede conveniada ou por uma unidade de saúde. Vale lembrar que, para retirar o medicamento, é preciso que o paciente direto esteja presente na farmácia, ou mesmo um representante legal.

    A receita médica deve ter validade de até 180 dias nos casos de fraldas geriátricas ou remédio, e um ano para anticoncepcionais. Por ser um programa governamental aberto à toda a população, pode haver falta de medicamento ou fila de espera em alguns casos. Por isso, lembre-se de consultar a farmácia conveniada sobre a disponibilidade dos itens. 

    Gostou do conteúdo? Aproveite para conferir outras notícias sobre o setor de Finanças Pessoais e fique por dentro das principais informações sobre a temática. 

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Raísa Boing
    Raísa Boing
    Jornalista especializada em conteúdo SEO. Ampla experiência com redação, edição e revisão para a web. Escrevo principalmente sobre mercado financeiro, investimentos, setor imobiliário, tecnologia e educação.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisFarmácia Popular: veja como pegar remédios de graça e saiba quem tem...

    Farmácia Popular: veja como pegar remédios de graça e saiba quem tem direito

    0
    (0)

    Você sabia que é possível ter descontos e até gratuidade na compra de alguns remédios considerados essenciais no Brasil? Isso graças ao programa governamental Farmácia Popular. Apesar de ter sido criado em 2004, o auxílio ainda gera dúvidas em muitos brasileiros, por isso é importante se atentar às regras de utilização.

    O programa atua em farmácias e drogarias de todo o país, e pode ser utilizado por qualquer cidadão. Quer garantir um desconto a mais na hora de comprar seus medicamentos? Confira todos os detalhes sobre o Farmácia Popular.

    Criado pelo Ministério da Saúde em 2004, o Farmácia Popular é um programa assistencial que tem como objetivo disponibilizar medicamentos essenciais para a população brasileira. O regramento do benefício tem como base as diretrizes da Política Nacional de Assistência Farmacêutica.

    O programa visa a ampliar o acesso da população a remédios considerados essenciais para o tratamento de doenças crônicas e outras comorbidades. A lei garante ainda que haja unidades próprias da Farmácia Popular, voltadas para a distribuição de medicamentos e itens médicos. 

    O programa Farmácia Popular é disponibilizado para toda a população brasileira, independentemente de classe social. Você pode utilizar os descontos mesmo sendo paciente da rede privada de saúde, não sendo necessário estar atrelado ao SUS.

    Atualmente, cerca de 30.922 farmácias nacionais estão cadastradas para oferecer descontos via Farmácia Popular, em 4.398 municípios brasileiros. O governo federal pretende ampliar o escopo e atualizar as diretrizes para 2022.

    atendimento em farmácia
    Medicamentos para diabetes e hipertensão estão entre os beneficiados pelo programa. (Fonte: Divulgação)

    Como funciona o benefício

    A Farmácia Popular atua por meio de um sistema de co-pagamento chamado de “Aqui Tem Farmácia Popular”. Nesse modelo, o cidadão conta com descontos na compra de remédios e itens de saúde essenciais. 

    Os descontos em remédios são possíveis graças a um subsídio dado às farmácias e drogarias conveniadas. Dessa forma, o governo assume até 90% do valor do medicamento, enquanto o cidadão paga o valor restante. 

    Remédios gratuitos

    Além de desconto em remédios para rinite, mal de Parkinson, osteoporose, glaucoma, diabetes, asmas, hipertensão, entre outros, o Farmácia Popular disponibiliza medicamentos gratuitos pelo SUS. Entram nessa lista antibióticos, ansiolíticos, antifúngicos e anti-inflamatórios com descontos exclusivos.

    Os remédios ligados à doenças crônicas – como o câncer –, são disponibilizados de forma gratuita pelo SUS. Para se beneficiar, o cidadão deve emitir um requerimento médico e fazer o pedido formal para a farmácia conveniada.

    Ficou interessado em adquirir descontos ou mesmo gratuitidade na compra de remédios essenciais? Então, atente-se para o regramento da modalidade.

    Para usufruir da comodidade, é necessário realizar um cadastro em uma rede conveniada ou por uma unidade de saúde. Vale lembrar que, para retirar o medicamento, é preciso que o paciente direto esteja presente na farmácia, ou mesmo um representante legal.

    A receita médica deve ter validade de até 180 dias nos casos de fraldas geriátricas ou remédio, e um ano para anticoncepcionais. Por ser um programa governamental aberto à toda a população, pode haver falta de medicamento ou fila de espera em alguns casos. Por isso, lembre-se de consultar a farmácia conveniada sobre a disponibilidade dos itens. 

    Gostou do conteúdo? Aproveite para conferir outras notícias sobre o setor de Finanças Pessoais e fique por dentro das principais informações sobre a temática. 

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?