Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Trabalhadores com conta no FGTS terão rendimento extra

Escrito por: Rafael Massadar em 22 de agosto de 2018

Trabalhadores com conta no FGTS receberão rendimento extra. Pode parecer, mas não é uma fake news. O governo anunciou no início deste mês que vai distribuir metade do lucro do fundo de 2017.

Esse é o segundo ano em que metade do lucro é distribuído entre os trabalhadores. Outra boa notícia é que o rendimento total fica acima da inflação.

O governo federal afirmou que a liberação tem um valor total de R$ 6,23 bilhões. Cerca de R$ 90,7 milhões de pessoas serão beneficiadas com o dinheiro.

O dinheiro já começou a ser depositado e todas as contas terão o recurso extra até o dia 31 de agosto. Como a maioria das contas têm saldos baixos, cada uma receberá, em média, R$ 38. O valor a que cada um tem direito, porém, é proporcional ao saldo da conta.

No entanto, esse dinheiro não poderá ser sacado. O rendimento será somado ao saldo da conta. Cotistas poderão consultar o valor recebido a partir de 31 de agosto no site da Caixa Econômica Federal ou através do aplicativo para telefones celulares.

FGTS

Qual o valor extra a receber?

Saldo do FGTS em 31 de dezembro / Valor extra a receber

R$ 500                                                       R$ 8,60

R$ 1.000                                                    R$ 17,20

R$ 3.000                                                   R$ 51,60

R$ 5.000                                                   R$ 86

R$ 7.000                                                   R$ 120,40

R$ 10.000                                                 R$ 172,00

Como consultar o FGTS usando o CPF?

O seu CPF pode te ajudar na consulta ao FGTS. Isso porque ele é o caminho para você consultar o seu PIS, que é necessário para chegar o FGTS.

1º: Consultar o PIS pelo portal Meu INSS
Nessa matéria, explicamos o passo a passo para você consultar o PIS pelo CPF no portal do INSS.

2º: Usar o PIS para acessar o FGTS
Você pode checar o seu FGTS pelo site da Caixa Econômica Federal ou pelo aplicativo do FGTS.

Pelo site

1 – Acesse o site do FGTS.

2 – Informe o número do seu PIS que você consultou usando o CPF.

3 – Clique em “Cadastrar senha”.

4 – Leia o regulamento e clique em “Aceito”.

5 – Preencha o cadastro com os seus dados pessoais. Você vai precisar do número do seu Titulo de Eleitor.

6 – Crie uma senha com até 8 dígitos e confirme.

7 – Você receberá uma notificação de cadastro realizado.

Depois disso, você já pode consultar o seu extrato do FGTS. É só preencher o campo do PIS, incluir a senha que você criou e clicar em OK.

Pelo aplicativo

fgts

1 – Baixe grátis o aplicativo FGTS. Ele está disponível na Google Play, App Store e na Windows Store.

2 – Na tela inicial, clique em “Primeiro Acesso”.

3 – Leia o contrato e clique em “Aceitar”.

4 – Informe o número do seu NIS e clique em “Continuar”.

5 – Preencha o formulário com seus dados pessoais e clique em “Próximo”.

6 – Crie uma senha e aperte em “Cadastrar”.

Pronto! Você já pode consultar o extrato do seu FGTS usando o aplicativo. Assim você consegue acessar seu saldo pelo celular sempre que quiser.

Outras formas de acompanhar o FGTS

A Caixa oferece o serviço gratuito de envio de mensagens do FGTS via SMS. Assim, você recebe todos os meses informações sobre os depósitos e o saldo atualizado do seu Fundo de Garantia. Você também é avisado quando algum valor for liberado para saque.

Se você não for nada tecnológico, pode receber o saldo do fundo em casa por carta. Neste caso, você recebe o extrato do FGTS a cada 2 meses. Você precisa informar o seu endereço residencial em uma agência da Caixa ou se preferir, pelo 0800 726 01 01.

Quem e quando pode sacar o FGTS?

1 – Demissão sem justa causa – Isso significa que todo trabalhador que for demitido sem justa causa poderá sacar o valor do fundo.

2 – Compra da casa própria – O trabalhador que deseja comprar a casa própria pode usar o FGTS para pagar um percentual do valor do imóvel ou quitar a compra.

3 – Término do contrato por prazo determinado – Alguns contratos possuem prazo de validade. Nestas situações, o trabalhador também pode sacar.

4 – Extinção da empresa ou morte do empregador individual – É possível sacar quando o funcionário é demitido devido ao fechamento de empresa ou quando o setor encerra as atividades . Também é possível receber quando o empregador individual morre.

5 – Aposentadoria – O saque do FGTS fica disponível para os trabalhadores que estão se aposentando.

6 – Recebimento por idade – Os trabalhadores com idade igual ou superior 70 anos podem sacar o FGTS.

7 – HIV ou Câncer – O benefício é disponibilizado quando o paciente é o trabalhador ou um dependente.

Proposta muda correção do FGTS

O PLS 229/2018 propõe a modificação a correção monetária dos depósitos do FGTS. O projeto está na a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal.

De autoria do senador Lasier Martins (PSD-RS), a proposta estabelece que os depósitos sejam mensalmente corrigidos com base na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do IBGE. Além de serem capitalizados com juros de 3% ao ano.

Após passar pela CAE, o PLS será analisado em decisão terminativa na Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Quem pode sacar FGTS inativo
FGTS
FGTS
Lucro do FGTS
Lucro do FGTS