Compare os preços nos supermercados do Rio de Janeiro em 2019

Escrito por: Mateus Carvalho em 11 de dezembro de 2019

Se você costumar fazer as compras da sua casa, provavelmente reparou no sobe e desce dos preços nos supermercados. Um dos últimos produtos que sofreu com essa instabilidade foi a carne, que registrou alta.

É na hora que o consumidor vê os preços que surge a dúvida: será que é possível economizar? A resposta é sim, mas para isso é necessário realizar a comparação de valores.

A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) realizou pelo 14º ano consecutivo uma pesquisa que compara os preços nos supermercados em todo o Brasil. Os resultados encontrados este ano foram comparados aos de 2018.

Dicas para economizar no supermercado
Os preços nos supermercados variaram durante todo o ano de 2019

Para realizar o estudo, foram levantados preços de duas cestas de produtos. Estas foram classificadas de acordo com dois perfis de consumo distintos, que são:

-> Cesta 1: esta é composta por 104 produtos com marcas definidas, que são líderes de vendas. E podem ser encontrados nas seguintes categorias: hortifruti, mercearia, higiene e limpeza, perecíveis, entre outros;

-> Cesta 2: é composta por 90 produtos com as marcas mais baratas encontradas nos supermercados. Sendo os mesmos da cesta 1, porém sem carne, frutas, verduras e legumes.

Comparando os resultados, foram encontradas variações consideráveis nos preços médios da cesta 2, que é a de produtos mais baratos. Porém, na cesta 1 não foram identificadas grandes diferenças nos valores. 

Vale ressaltar que a maior variação encontrada na cesta 2 foi de 40%. Enquanto na cesta 1 a variação foi de 14%.

É importante lembrar que as marcas que participaram da pesquisa foram definidas com base nos resultados apresentados pela pesquisa Líderes de Vendas 2018. Que foi realizada em 2018, pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Cariocas podem economizar até R$5 mil ao ano nos supermercados

A pesquisa mostrou que se os cariocas mudarem os hábitos de compra é possível poupar cerca de R$4.881,12.

Isso ao consumir produtos de marcas líderes, se optar por realizar as compras no Mundial da Barra, ao invés do Pão de Açúcar, na Tijuca.

Agora, se você não acha importante comprar os produtos com marca, a economia dos preços nos supermercados é bastante significativa.

O valor pode chegar a R$4.730,88, comprando os produtos mais baratos dos estabelecimentos.

E este é o exemplo mais relevante encontrado na cidade do Rio de Janeiro, para quem deixar de ir ao mercado Zona Sul, em Copacabana, e começar ir ao Nossa Rede, no Maracanã.

A pesquisa também mostrou que as pessoas que não gostam de ir muito longe, também podem economizar.

Um exemplo disso é um morador do Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, que consume os produtos da cesta 1 e consegue uma economia de R$1037,16 ao ano.

Isso é possível se ele trocar o Pão de Açúcar pelo Prezunic, a distância entre os dois supermercados é de somente 7,9km.

E mesmo assim, a distância entre o supermercado mais caro e o mais barato for grande, pode valer a pena dedicar um dia no mês para fazer uma compra mais pesada.

Além disso, o gasto com o combustível não será tão significativo assim, principalmente, quando comparado ao valor economizado nas compras.

É importante frisar que o mesmo produto pode chegar a ser vendido até sete vezes mais caro. Durante a pesquisa, as variações foram de até 700%.

Esse é o caso do quilo da maçã gala: o menor valor encontrado foi de R$1,69 e o maior de R$13,49,

Sendo assim, é possível comprar quase oito quilos de maçã no lugar mais barato, pelo preço de um quilo no local mais caro.

Dicas para economizar ao realizar as compras no supermercado

Além dos preços nos supermercados, existem outras formas de economizar. Quer saber quais são elas? Confira abaixo as dicas:

Vá direto ao que é essencial

Ao ir às compras, procure ir direto ao que é essencial para você, como por exemplo o arroz, feijão, macarrão, hortifruti e carnes.

Isso porque quando você pensar em ir nas sessões das “besteiras”, já vai estar cansado e não vai querer demorar muito nessa sessão.

Aprenda a escolher as frutas, vegetais e verduras

Escolha as frutas, vegetais e verduras sem manchas, feridas, rachaduras ou brotamentos. Já que isso indica que eles vão perder estragar mais rápido e estão mais expostos a contaminações. 

Além disso, as frutas, vegetais e verduras menores foram expostas a menos agrotóxicos. Por isso, opte por essas opções.

Compre menos e economize mais

Comprar itens naturais, como as frutas e verduras, em grandes quantidades pode significar desperdício. Uma vez que esses produtos costumam estragar rápido, então opte por comprar quantidades menores.

Sendo assim, o ideal é escolher frutas, vegetais e verduras todas as semanas. Aproveite as promoções que os supermercados costumam realizar durante os dias da semana.

Não vá ao supermercado com fome

Se você for fazer compras no supermercado com fome não irá alcançar o seu objetivo de economizar. A tendência é que você gaste mais, especialmente com supérfluos e lanches.

Além disso, pode acabar esquecendo de comprar itens que são realmente importantes.

Tenha a lista sempre no celular

É bem comum as pessoas chegarem ao supermercado e não lembrarem do que precisam comprar. Além de esquecer a lista ou até mesmo perdê-la.

Para evitar essa situação tenha a lista no celular. Seja no e-mail ou no bloco de notas.

A lista de compras irá funcionar como um plano a te ajudará a não se desviar do que é realmente necessário comprar.

Lembre-se que os produtos mais caros estão à altura dos olhos

Esta é uma tática utilizada pelos supermercados para que você acabe comprando os produtos mais caros.

Mas se você olhar as prateleiras mais acima e mais abaixo, evitando a linha na altura dos olhos dos adultos e das crianças, irá encontrar produtos mais em conta. E consequentemente, gastar menos.

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

CPF-na-nota-fiscal
saída de Sérgio Moro
FGTS
FGTS pelo celular
FED