Confira 6 cursos do Sebrae para empreendedores iniciantes

0
134
Homem de fone de ouvido acessando site da FGV em um notebook
0
(0)

Por mais que alguns empreendedores possam parecer já ter um certo dom para negócios, é extremamente importante buscar sempre uma capacitação e novos conhecimentos sobre o mercado, inclusive se for empreendedores iniciantes. Afinal de contas, estamos em plena era digital, no qual o cenário é cada vez mais dinâmico e muda rapidamente.

Anúncios

No Portal Sebrae, por exemplo, tem diversas opções de cursos para os que estão iniciando agora no mundo dos negócios. Pensando nisso, separamos neste texto algumas alternativas de cursos.

+ 12 melhores aplicativos para empreendedores que você deve conhecer

Anúncios

Na lista a seguir é possível encontrar cursos online e de graça, além da curta duração que têm como objetivo ajudar as pessoas a estabelecerem melhores condições para seus negócios. Continue lendo para saber mais sobre os cursos.

6 cursos online e gratuitos do SEBRAE para empreendedores iniciantes

1. Como impulsionar o crescimento da sua empresa

Sem crescimento, uma empresa dificilmente resistira às mudanças do mercado. Por isso, com este curso do Sebrae para empreendedores iniciantes dá para crescer mesmo com poucos recursos e investimentos.

Veja o curso, que também fornece um certificado digital após seu término.

Anúncios

2. Administração de pequenos negócios para empreendedores iniciantes

Aqui, são ensinados lições importantes sobre a gestão financeira e de marketing aplicados em um negócio.

São abordados questões como controle de pagamentos, recebimentos, movimentação financeira, estabelecer metas, formar o preço do produto/serviço e estratégias de atuação.

Diferentemente do primeiro curso, este aqui é presencial em Santa Catarina e tem duração de 14 horas. Mas o Sebrae nacional tem um curso parecido e online: Iniciando um Pequeno Grande Negócio.

+ Nômade digital: o que é e como funciona esse estilo de vida
+ Empreenda Rápido: conheça os cursos gratuitos do Sebrae

3. Como vender mais e melhor

O objetivo deste curso é lidar com aspectos que influenciam as vendas da empresa, além de entender o papel do desenvolvimento e da motivação para a equipe responsável pelo setor. Além disso, o curso também ensina como implementar ações que conquistem os clientes. São seis módulos, online, com oito horas de duração.

notebook e ao lado um caderno para empreendedores iniciantes que farão cursos
Conheça 6 cursos que o Sebrae oferece para empreendedores iniciantes

4. Iniciando um pequeno negócio

Neste curso você vai aprender a montar seu próprio negócio, desenvolver suas habilidades de empreendedor e transformar a sua ideia em um grande negócio.

Além disso, também saberá como identificar as oportunidades e administrar com sucesso o seu empreendimento.

O curso oferece noções básicas essenciais que ajudam na prática de implementação do negócio a partir de estudos de caso e atividades concretas. Ele é totalmente online e tem duração de 30 horas.

5. Gestão financeira empresarial para iniciantes

Este é um curso voltado para a área de gestão financeira. Ele ensina, por exemplo, empreendedores a descomplicar e otimizar a gestão, além de reforçar a importância de um bom planejamento financeiro e dicas para evitar os principais erros. Com duração de 1 hora, ele é realizado totalmente de forma online.

6. Plano de negócio para empreendedores iniciantes

Esta aqui é uma ferramenta online e gratuita que ensina a criar o plano de negócios, ferramenta fundamental para analisar o mercado de atuação da empresa, a viabilidade do negócio, redução de riscos e outros aspectos. 

Dicas de finanças para empreendedores

1) Controle os gastos empresariais

Essa é uma dica básica, mas que ajuda muito nas finanças para empreendedores.

Mas por que é necessário adotar um controle sobre os gastos empresariais? Simplesmente, para não misturar as finanças pessoais com as da empresa.

Você pode anotar as despesas em um caderno ou até mesmo criar uma planilha em um programa do computador.

Pode, ainda, adotar um software específico para registrar todas as movimentações financeiras realizadas.

2) Tenha um capital de giro

É necessário ter um capital de giro para manter as operações da empresa funcionando normalmente.

Essa é a garantia de que os negócios podem fluir em boas condições, em uma economia que não está boa.

Sem uma quantia adequada de capital de giro, a empresa pode enfrentar problemas para manter as atividades básicas de forma plena.

Além disso, o capital de giro ajuda a financiar a compra de estoques, o pagamento dos funcionários, recolhimento de tributos e todas as demais despesas operacionais.

+ Veja aqui mais dicas de finanças para empreendedores

Gostou deste texto? Quer continuar aprendendo sobre empreendedorismo? Então continue nos acompanhando e assine agora mesmo a nossa newsletter. Desta maneira você recebe as novidades diretamente em seu e-mail.

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui