Dia do consumidor 2020: veja dicas de como economizar

Escrito por: Rafael Massadar em 12 de março de 2020

Anote na sua agenda: o dia do consumidor 2020 será no próximo domingo, 15 de março. A data cresceu tanto nos últimos anos que acabou virando a Semana do Consumidor para muitas marcas.

Comemorado em diversos países, esse dia tem o objetivo de conscientizar a população mundial sobre os direitos dos consumidores.

A data foi originalmente criada para comemorar os direitos do consumidor do varejo nos Estados Unidos pelo ex-presidente John Kennedy, em 1962. Já por aqui, ganhou vida em 2014.

Dia do consumidor
O Dia do Consumidor é uma das principais datas para o varejo mundial

Desde então, ano a ano, vem se destacando no varejo online devido ao seu volume de buscas, vendas e intenções de compra.

Por isso, se tornou tendência e praticamente obrigatória no calendário do e-commerce, sendo chamada de “Black Friday do primeiro semestre”.

Dia do consumidor teve ticket médio de R$475,56 em 2019

O Dia do Consumidor registrou um ticket médio de R$475,56 em 2019, revela uma pesquisa da Social Miner, empresa especializada em dados de comportamento.

O valor representa um aumento significativo de 76,5% de conversão se compararmos com a média de vendas em dias normais.

Apesar de continuar com o maior ticket médio, os artigos eletrônicos e de informática, não foram os que se destacaram. Nesse caso, os setores de saúde e beleza foram os que mais geraram receita.

Já um estudo realizado pela Ebit Nielsen, empresa especializada em mensurar e-commerces, mostra que a intenção de compra para o Dia do Consumidor cresceu.

A expectativa é de um crescimento de 18% em relação ao ano passado. A pesquisa revelou que as buscas pela data no Google, que acontece no dia 15 de março, cresceram 113%.

Como deve ser a compra dos consumidores?

O levantamento do Google aponta o que os consumidores brasileiros procuram no Dia do Consumidor para efetuar a compra.

53% – procuram por frete grátis;
15% – preferem condições especiais de pagamento;
12% – optam por pontos extras em programas de fidelidade;
20% – priorizam ofertas como cashback, seguro/garantia estendida gratuita e descontos em serviços de assinatura.

10 dicas para economizar no dia 15 de março

1 – Não compre por impulso

Aqui, a pergunta a se fazer é: “eu realmente preciso do produto?” Muitas vezes, o desconto agrada à primeira vista e o consumidor acaba comprando por impulso.

No entanto, a mercadoria realmente é necessária para sua vida? Por isso, antes de finalizar a compra, pense na diferença que a aquisição fará para sua vida. Por que você deve comprar?

2 – Pesquise antecipadamente

O Dia do Consumidor causa grande expectativa para comprar aquele produto dos sonhos por um preço camarada.

Contudo, para saber se o desconto é realmente válido, a orientação é verificar o valor do produto antecipadamente.

Para isso, claro, você precisa se planejar e economizar. Comece a pesquisa do valor agora mesmo.

Anote a evolução dos valores e, quando chegar no dia, veja se realmente aquele desconto é verdadeiro.

3 – Estipule um teto de gastos

Se é para economizar no Dia do Consumidor é preciso se organizar. E isso passa por estabelecer metas de compras dentro de um limite de gastos.

Considere um orçamento que seja compatível com sua realidade financeira. Um dos grandes problemas passam por aproveitar tudo que é desconto e comprar além do que você pode.

4 – Cuidado com o parcelamento

Parcelar uma compra sempre parece uma boa ideia, mas nem sempre é assim. O acúmulo das prestações ao longo do tempo pode te comprometer lá na frente.

Por isso, antes de passar em 12 suaves parcelas no cartão de crédito, esteja certo que seu planejamento financeiro está em dia. Se for difícil saber isso, repense.

5 – Tenha atenção com lojas não confiáveis

O Dia do Consumidor é a época perfeita para os aproveitadores aplicarem golpes no consumidor. Eles oferecem descontos absurdos, que podem ser apenas uma cortina para que criminosos tenham acesso a dados importantes, como número do cartão ou dados bancários.

Por isso, se for comprar na internet, verifique se o e-commerce é realmente confiável. Existem sites que podem te ajudar com essa validação, como o Reclame Aqui.

6 – Compare

Para que você consiga, de fato, um bom desconto, é preciso comparar. Na internet, alguns sites podem ser aliados nessa pesquisa: os buscadores.

A partir disso, você consegue comparar quais lojas têm determinado produto e a quanto cada um sai nos fornecedores encontrados.

Essas informações são importantes para você encontrar aquilo que você busca, por um preço camarada. Só não se esqueça de incluir também o valor do frete e o prazo de entrega.

7 – Antecipe as compras de natal

Historicamente, o Dia do Consumidor tem a seguinte finalidade: começar as compras de Dias das Mãe, Namorados e Pais. Por isso, aproveite: programe-se para já adquirir aqueles presentes desejados.

8 – Comece pela madrugada

Tá bom, pode ser de manhã bem cedinho também. Acontece que é uma tendência que os descontos sejam melhores no início do dia.

Portanto, se você ver um belo preço logo cedo, não perca tempo: adquira, tomando todos os cuidados já apontados aqui. Se for esperar, talvez esse desconto não exista mais.

9 – Tire prints das etapas de compra

Essa é uma dica mais para se prevenir do que propriamente economizar. Pode ocorrer, ao longo de sua jornada de compra, algum erro no site. O que pode mudar os valores.

Por isso, a cada etapa, printe a tela e salve as imagens. Se, por acaso, o valor no final for maior, ou o produto não chegar como prometido, os prints serão uma prova para você.

10 – Confira o que outras pessoas estão falando

Hoje, a internet possibilita que as informações circulem com muita agilidade. E, com ela, é possível conferir se as promoções em determinadas lojas estão mesmo valendo a pena.

Por isso, fique atento às redes sociais, aos sites de avaliação de loja, como o Reclame Aqui. Fale com um amigo que já comprou em determinado lugar e analise a opinião dele.

Portais de notícias também são um bom termômetro. Geralmente, quando há irregularidades em algum lugar, eles sempre estão lá para anunciar.

Facebook, Instagram e Twitter podem ser boas opções para saber também onde há um produto por um bom desconto.

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Como usar a conta digital e fugir do banco tradicional
Saque do PIS/Pasep
fgts
render seu dinheiro
Como sacar o FGTS