Início Notícias Finanças Pessoais Portabilidade de empréstimo: o que é e como funciona

Portabilidade de empréstimo: o que é e como funciona

0
(0)

Já pensou na possibilidade de pagar menos juros no seu contrato de empréstimo? Isso é possível com a portabilidade de empréstimo. Explicamos mais a seguir, sobre o conceito e funcionalidades dessa opção.

Portabilidade de empréstimo

O que é portabilidade de empréstimo?

Portabilidade de crédito é a chance dada aos clientes de fazerem transferência de suas operações de um banco para outro. Pode ser realizada por qualquer cliente, seja pessoa física ou jurídica.

As regras para a portabilidade foram criadas em 2013 pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) com o objetivo de estimular a diminuição de juros.

Como funciona na prática

Na prática, funciona como uma transferência de dívidas para um banco ou instituição financeira que cobra menores juros.

Veja o exemplo. O cliente de determinado banco solicita o saldo da dívida para quitação antecipada. As informações necessárias para a transferência são:

• Número do contrato

• Saldo devedor

• Demonstrativo da evolução do saldo devedor

• Modalidade de empréstimo

• Taxa de juros anual (nominal e efetiva)

• Prazo total

• Sistema de pagamento

• Valor de cada prestação com encargos

• Data do último vencimento da operação

Com este boleto de quitação, ele vai até o segundo banco para que seja feita a compra da dívida e liberação de novo empréstimo.

O segundo banco, portanto, assume todas as dívidas do cliente e emite um novo contrato de empréstimo. Somente os juros podem ser alterados. Dívida e prazo para pagamento são mantidos de acordo com o primeiro contrato.

Desta forma, o consumidor conseguirá pagar o resto da dívida no banco que oferece melhores condições de pagamento. Mas atenção: peça este boleto apenas quando já encontrou o banco para o qual deseja migrar.

Qual banco oferece este tipo de operação?

Você pode fazer a portabilidade para o banco ou instituição financeira que desejar. O critério é que já seja oferecido a opção de empréstimo consignado.

Grandes bancos como Caixa, Bradesco, Itaú e Santander trabalham com esta forma de crédito. Existem outras instituições como a Agiplan, BMG e outras que também oferecem o serviço.

Documentos necessários

Você vai precisar levar os seguintes documentos para fazer a portabilidade de empréstimo:

• RG;

• CPF;

• Comprovante de residência (como uma conta de luz, água ou telefone);

• Extrato do salário ou benefício do INSS;

• Boleto de quitação (caso esteja mudando o empréstimo para outro banco).

Dívidas que podem ser transferidas: cartão de crédito, financiamento, empréstimo, cheque especial e outros.

Portabilidade de empréstimo

Vantagens da portabilidade de empréstimo

Um dos principais motivos para que os clientes optem pela portabilidade é realmente a possibilidade de abatimento das taxas, ou seja, mais vantagens financeiras.

Mas há também os que se encontram insatisfeitos com seus bancos atuais e escolhem fazer a transferência por questões de serviço. Confira alguns dos benefícios:

– Possibilidade de trocar de banco

É comum que haja problemas entre o cliente e o banco. Os motivos vão desde a forma de atendimento até cobranças indevidas.

– Fugir dos juros e taxas altas

Trocar a dívida por uma com juros e condições mais atrativas.

– Operação sem custo

Não existe cobrança de taxas ou multas para a portabilidade de empréstimo. Os bancos também não são permitidos a realizarem as vendas casadas como seguros e outros serviços.

– Chances de conseguir renegociar os juros com seu banco de origem

Certamente o banco irá tentar fazer com que o cliente permaneça, por isso, é comum que haja a contraproposta de renegociação. Nesta, o cliente aceita – ou não – o que será oferecido.

– Qualquer valor pode ser transferido

Não importa o valor, é possível fazer portabilidade de qualquer tipo de empréstimo.

As desvantagens são a perda de relacionamento com o banco e o pagamento de juros maiores ainda (caso não tenha cuidado na escolha e renegociação com o novo banco).

Reduzir o endividamento por meio da portabilidade

Portabilidade de empréstimo

A Aneps/Sindaneps (Associação e Sindicato Nacional das Empresas Promotoras de Crédito e Correspondentes no País) orienta quem deseja recorrer a esta transação.

Segundo a instituição, a porcentagem de pessoas que buscam esta opção segue em expansão. Até maio de 2018, o crescimento já alcançava 59,8% em comparação ao mesmo período de 2017.

Edison Costa, presidente da Associação, conta que a melhor forma de comparar os bancos é pelo Custo Efetivo Total (CET) da dívida original e renegociada. “Assim dá para ver se realmente está havendo uma redução no valor a ser pago”, diz.

Por conta das quedas nos juros, com a portabilidade de empréstimo é possível contratar com taxa de 3% ao mês e, ao transferir para outro banco, conseguir pagar a 1,99%.

Para Costa, a tendência é o crescimento da portabilidade. “Não imaginam que o processo possa ser simples e ainda garantir um alívio para o bolso de quem está endividado”, conclui.

Conte para nós: você já pensou em fazer a portabilidade de empréstimo?

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Priscila Gomes
Jornalista. Gosto de abraços, aniversários e do Natal. Atualmente produzo conteúdo para internet e faço assessoria sindical.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Já é hora de pensar nos melhores investimentos para 2021?

Com a chegada do final do ano, fica a pergunta: quais são os melhores investimentos para 2021? Tudo...

FGTS para empregados domésticos: entenda como funciona

É empregado doméstico ou tem um que trabalha para você? Sabe como funcionam as regras do FGTS para essa categoria? Tem dúvidas...

Como abrir uma conta bancária no exterior?

Você sabe como abrir uma conta bancária no exterior? Ao contrário do que muitos pensam, o processo é fácil e pode ser...

Conta de luz volta a ter cobrança extra. O que muda no seu bolso?

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu, em 30 de novembro, que a conta de luz dos consumidores virá com uma...

Como economizar na ceia de natal

Ah, o natal! A melhor época do ano chegou e, com ela, certos prejuízos financeiros. É quase impossível sair das festas de fim de...

5 profissões em alta para 2021. Salários de até R$70 mil!

O ano está se aproximando do fim e com ele começam as expectativas para saber quais são as profissões em alta para...