Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

6 dicas para liquidar a dívida do empréstimo

Escrito por: Mateus Carvalho em 15 de agosto de 2018

Pegou empréstimo com um banco ou uma instituição financeira para realizar um sonho ou abrir um empreendimento? Mas agora não sabe como liquidar a dívida do empréstimo?

Com o planejamento correto e algumas dicas é possível quitar todas as parcelas da dívida, sem comprometer o seu orçamento.

liquidar a dívida do empréstimo
Com algumas dicas é possível liquidar a dívida do empréstimo. Confira!

É importante que antes de solicitar um empréstimo a uma instituição financeira, você pesquise qual delas pode oferecer mais vantagens e menores juros. Lembre-se que o valor que é emprestado não é o mesmo que você paga durante os meses somando as parcelas.

Para quem quer liquidar a dívida do empréstimo, é preciso analisar qual é o tipo da sua dívida. E, também, em quantas vezes o valor emprestado foi dividido, já que os bancos costumam parcelar os empréstimos em até 60 vezes.

6 dicas para liquidar a dívida do empréstimo

Para que as suas despesas não saiam do controle e você consiga liquidar a dívida do empréstimo, confira essas dicas a seguir.

1) Analise a melhor forma de pagamento para você

Você solicitou um empréstimo ao banco, dividiu em várias parcelas, mas está com uma determinada quantia sobrando. Uma opção é antecipar alguns meses, e dessa forma você consegue um desconto nas parcelas ainda a serem pagas.

Além disso, lembre-se sempre de pagar na data do vencimento. Isso evitará que você pague mais juros e multas no valor final do empréstimo.

Outra dica é evitar realizar os pagamentos das parcelas em cartões de crédito, caso contrário no mês seguinte você terá que arcar com o valor de duas prestações.

2) Solicite uma planilha de evolução da dívida

Se você quer liquidar a dívida do empréstimo precisa saber de fato quanto deve ao banco, certo? Por isso, é possível solicitar às instituições financeiras uma planilha do quanto a sua dívida já cresceu.

Os bancos são obrigados a mostrar esse documento para o cliente. Quando estiver com a declaração em mãos, você poderá analisar quais juros foram cobrados. Além disso, fique atento. Confira se não existe alguma cobrança de tarifas ou serviços que não estavam presentes no contrato.

3) Procure os feirões de bancos

As instituições financeiras costumam realizar feirões de negociação. Essa pode ser uma ótima oportunidade para você conseguir um desconto no pagamento referente ao seu empréstimo. Veja dicas para contratar um empréstimo estudantil.

Isso porque, durante os feirões, os bancos estão mais suscetíveis a realizar negociações com maiores descontos para os clientes que têm dívidas. Mas fique atento, os feirões não costumam ser muito divulgados, por isso fique sempre de olho no site da instituição em questão.

4) Utilize o dinheiro da restituição do IR, férias e 13º

A restituição do Imposto de Renda já começou a ser paga, e você pode utilizar esse dinheiro para liquidar a dívida do empréstimo. Se você já tiver pago a parcela do mês, aproveite para adiantar a próxima prestação. Saiba como usar bem a restituição do Imposto de Renda.

Além disso, você também pode usar o dinheiro das férias ou até mesmo do seu 13º salário. Como é uma quantia que é considerada um extra, utilize para pagar as parcelas do empréstimo e, consequentemente, conseguir descontos com isso.

5) Separe o dinheiro para liquidar a dívida

Assim que você receber o seu salário, guarde a quantia exata para poder liquidar a dívida do empréstimo. Dessa forma, você não gastará o valor da parcela com outra conta ou realizando alguma compra.

Outra possibilidade é quando estiver com o dinheiro em mãos, realizar logo o pagamento da parcela. Assim, mesmo que você queira não poderá mais gastar a quantia com outra coisa.

6) Faça uma proposta ao banco

Algumas pessoas têm dificuldades para liquidar a dívida do empréstimo, devido ao valor das parcelas. Se esse também é o seu caso, você pode levar uma proposta para a instituição financeira e tentar um acordo.

Tente baixar o valor dos juros e, consequentemente, das prestações. Mostre para o gerente o valor que você pode pagar de acordo com a sua condição financeira. Lembre-se que a quantia a ser paga não pode ser maior que 30% do seu orçamento familiar, para não comprometer a sua renda.

Entenda quem pode fazer o empréstimo consignado

Você sabe o que é um empréstimo consignado? Ele é uma modalidade que é oferecida somente para algumas pessoas. As parcelas são descontadas diretamente do salário de quem solicitou o empréstimo, antes que o mesmo receba o dinheiro.

Quer entender por que somente algumas pessoas podem realizar esse tipo de empréstimo? Saiba como funciona, as vantagens e desvantagens, os documentos necessários e o limite do crédito consignado. Confira aqui!

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Consórcio-Yamaha
planos-de-saúde
Cobrar dinheiro emprestado
comprar-um-imóvel-sem-entrada
Montar uma reserva de emergência