Início Notícias Finanças Pessoais Quais as principais modalidades de crédito?

Quais as principais modalidades de crédito?

0
(0)

Vira e mexe algum brasileiro necessita de um dinheiro a mais e, nessas horas, é comum que solicitem uma ajuda ao banco. Mas quais são as principais modalidades de crédito existentes para os brasileiros?

Existem desde os empréstimos até mesmo os refinanciamentos de imóveis. No mercado são várias as regras que definem as condições de uso de crédito dos brasileiros.

É importante lembrar que cada tipo de crédito conta com a sua própria característica. Com isso, alguns se tornam mais rentáveis enquanto outros mais caros.

investimentos sem imposto
Conheça as características das modalidades de crédito antes de contratar uma

Se você está pensando em solicitar alguma das modalidades de crédito existentes é preciso analisar bastante para não acabar pagando mais juros do que deveria. É necessário evitar que a dívida a ser feita fique maior do que ela já é.

Conheça as principais modalidades de crédito 

Empréstimo Pessoal

O empréstimo pessoal, também conhecido como crédito pessoal, normalmente é uma modalidade de crédito prática e rápida. Ele é cedido pelas instituições financeiras, como bancos e fintechs.

No empréstimo pessoal é possível solicitar um valor, estabelecido nas políticas do credor, sem a necessidade de oferecer uma garantia para isso. Porém, o crédito estará sujeito a um prazo de quitação e as taxas de juros.

Além disso, ao solicitar esse tipo de empréstimo você também estará sujeito a uma análise de crédito. Caso esteja com restrições no seu nome, a sua solicitação poderá ser negada. 

Na maioria dos casos, a contratação pode ser realizada por meio do aplicativo ou site do seu próprio banco. Por esses meios também é possível realizar uma simulação, no qual você deve escolher o valor do empréstimo e a quantidade de parcelas que pretende quitar o empréstimo.

Saiba como solicitar um empréstimo pessoal

Crédito Consignado

Esse tipo de crédito é destinado somente aos aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos e pensionistas dos órgãos federais, estaduais e municipais. Além dos militares e pensionistas das Forças Armadas.

Vale destacar que o valor das parcelas é descontado diretamente do benefício ou do salário de quem solicita o empréstimo. Sendo assim, o valor de cada parcela não pode representar mais que 30% do seu salário.

Caso isso ocorra, o seu planejamento mensal poderá ser prejudicado. Já que o desconto ocorre antes que você receba o seu dinheiro.

Essa é uma das modalidades de crédito mais em conta que existe no mercado atualmente, por conta das pequenas taxas de juros. Há também a facilidade e o tempo maior para quitar o valor.

Confira outras 3 modalidades disponíveis

Financiamento estudantil ou universitário

O financiamento estudantil serve para facilitar o acesso de estudantes à universidades. Ele é uma excelente opção para quem busca por ajuda para custear as mensalidades do curso que sonha fazer como graduação.

Esse crédito para o universitário se encarregará de pagar as parcelas do curso, podendo o estudante ter um prazo ainda maior para quitar – diminuindo de forma gradual o valor das parcelas.

O estudante pode conseguir esse crédito por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), como também de uma forma privada, através de bancos ou instituições. As modalidades se diferenciam muito mais pelas taxas de juros e aos seus modelos de contratação.

Além disso, o estudante ainda precisa buscar saber se a universidade ou faculdade em que deseja se candidatar é conveniada com esse tipo de crédito – seja ele privado ou do governo. O financiamento ainda pode ser integral ou parcial.

Crédito consolidado

O crédito consolidado faz jus ao nome e consiste na junção de todos os créditos que você possui em um único crédito, de uma forma bem mais competitiva. Nesse caso, todos são abatidos e cria-se um único com mensalidade bem menor.

A primeira vista, pode ser avaliada como uma solução bem eficaz para combater de forma rápida o endividamento. Ainda mais para quem está com altas contas e precisa de um alívio financeiro. 

Quando você junta todos os créditos, pode conseguir também a redução das prestações. Vale destacar que qualquer pessoa pode pedir esse tipo de crédito, desde que se encontre em uma situação de:

-> Endividamento;
-> Risco de endividamento;
-> Pessoas que querem poupar dinheiro;
-> Profissionais liberais que não conseguem responder a crédito;
-> Pessoas que precisam ajustar dívidas.

Entre as suas principais vantagens estão a poupança mensal, o conforto por não ter vários débitos, maiores opções de financiamentos, taxas de juros menor e aprovação rápida.

A principal desvantagem pode ser o total de juros se você não ficar atento às prestações.

Refinanciamento imobiliário

O refinanciamento imobiliário consiste em quando uma empresa concede um determinado empréstimo com uma garantia. Neste caso, não é necessariamente o pagamento de um imóvel financiado.

O que acontece é uma garantia por meio de uma propriedade para que fique assegurado o empréstimo, por meio de uma proposta.

A operação que rege todo o processo de refinanciamento é simples. E você precisa ter uma organização, pois em caso do não pagamento da dívida o seu imóvel pode ser usado como garantia para pagar o que se deve.

Além desses, existem outros tipos de modalidades de créditos disponíveis. Antes de contratar uma, você deve sempre analisar as outras opções para perceber a que mais se enquadra no que deseja.

As opções acimas são as mais comuns, práticas e acessíveis. Mas, você também pode escolher entre:

-> Cheque especial;
-> Cartão de crédito;
-> Empréstimo com garantia;
-> Crédito automotivo;
-> Empréstimo por antecipação do Imposto de Renda e do 13º salário;
-> Crédito de consumo.

Você sabia que existia ou já conhecia todas essas modalidades de créditos? Já utilizou alguma delas? Conta como foi a sua experiência, pois pode ajudar outras pessoas!

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Mateus Carvalho
Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui