Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Latam - Ofertas Imperdíveis

Problemas com serviços de internet e TV por assinatura: como proceder?

Escrito por: Redação em 29 de agosto de 2018

Contratar um serviço de banda larga e TV a cabo não é fácil, exige muita pesquisa. Depois disso, se você ainda acaba tendo problemas, pode sentir-se meio perdido. Sabe, então, como reclamar problemas com serviços de internet e TV por assinatura?

Primeiro de tudo, você deve saber que o órgão responsável por regulamentar esse tipo de serviço é a Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel. É possível fazer reclamações direto à agência desse serviços que envolvem telefonia, internet e também TV por assinatura.

A Anatel informou que o número de reclamações no primeiro semestre deste ano caiu 15,6%, em relação aos seis primeiros meses de 2017. Os canais de atendimento da agência receberam 1.493.000 reclamações sobre telefonia fixa, telefonia móvel, banda larga e TV por assinatura.

O serviço que mais apresentou queixas foi a telefonia móvel, com 701.500 reclamações e 46,9% do total. Em seguida veio a telefonia fixa, com 337.100 reclamações e 22,5%; a banda larga fixa, com 246.700 reclamações e 16,5%; a TV por assinatura, com 194.800 reclamações e 13%.

Nesses seis meses, as reclamações de todos os serviços individuais tiveram queda. As queixas de TV por assinatura caíram 20,4% em relação ao mesmo período do ano anterior, enquanto a telefonia móvel caiu 17,5%. A telefonia fixa diminuiu 14,6% e a banda larga fixa, 8,7%.

Essas foram reclamações feitas diretamente à agência reguladora. Você sabe quais reclamações pode fazer? E como proceder nesses casos? Confira as orientações a seguir, da própria Anatel.

problemas com serviços de internet e TV por assinatura
O consumidor pode reclamar problemas com serviços de internet e TV por assinatura direto na prestadora do serviço e, caso não seja resolvido, pode registrar na Anatel

Contratando serviços de internet e TV por assinatura

Na hora de contratar um desses serviços é que surge a dúvida: será que é melhor um combo com todos esses serviços ou contratar individualmente? Bem, isso varia de acordo com as necessidades de cada família ou indivíduo.

A Anatel divulgou uma cartilha em que fornece dicas de contratação desses serviços aos consumidores. As primeiras recomendações da agência são: sempre anotar o número de protocolo e solicitar o sumário da contratação, que significa um resumo das principais características do serviço sendo contratado.

Se for necessário, o consumidor poderá solicitar uma cópia da gravação do atendimento. Guardar essas informações é essencial, pois podem ser úteis no futuro, caso você venha precisar.

Entre as perguntas comuns que devem ser feitas (e as respostas anotadas), a Anatel diz:

– Qual o número de protocolo do atendimento?

– Quando a promoção acaba?

– Quais as regras do reajuste?

– Quanto será cobrado por mês?

– Estou aderindo a alguma promoção? Se sim, quanto será por mês após o período acabar?

– Existe alguma multa caso cancele o contrato antes do período de fidelização?

Essas são apenas algumas das orientações que constam na cartilha.

Reclamando serviços de internet e TV por assinatura

As prestadoras de serviços de telefonia, internet e TV por assinatura devem manter um canal aberto com todos os seus clientes. Através desses canais os consumidores devem poder tirar dúvidas, solicitar informações e até mesmo registrar as reclamações.

Passo 1:
A Anatel explica que o consumidor deve registrar sua reclamação na operadora do serviço. Lembrando sempre de solicitar o protocolo desse atendimento. É através desse registro que o consumidor poderá acompanhar o andamento de sua reclamação.

Passo 2:
Sua reclamação à operadora não foi atendida adequadamente ou não foi atendida dentro do prazo estipulado. Agora é partir para uma reclamação na agência reguladora, a Anatel. Para proceder com a queixa à Anatel, os principais canais são:

– Telefone:
Central de Atendimento 1331, em dias úteis, de segunda à sexta, das 8h às 20h.
Para pessoas com deficiência auditiva, o número para ligar é 1332.

– Internet:
Acessando o Fale Conosco no site da Anatel (www.anatel.gov.br)

Passo 3:
Ao registrar sua reclamação na Anatel, o consumidor precisa ter em mãos o número de protocolo registrado na prestadora do serviço; o número do telefone com problema, se for o caso; o nome e o CPF do assinante.

Dicas para consumidores

Aqui no Finance One falamos já algumas vezes sobre direitos dos consumidores e com relação a produtos. É o caso da troca específica de produtos com defeito ou a troca de produtos normais.

O prazo para reclamar é, inclusive, um direito do consumidor. Segundo o artigo 26 do CDC, o direito de reclamar pelos vícios aparentes ou de fácil constatação caduca em 30 dias para serviços e produtos não duráveis. Para fornecimento de serviços e produtos duráveis, o prazo é de 90 dias. A contagem do prazo decadencial começa com a entrega do produto ou o término da execução dos serviços.

Outros direitos do consumidor que você deve conhecer são quanto ao nome sujo; conta corrente gratuita; regras da aposentadoria; no atraso de voos; para citar alguns temas que já apareceram aqui no site.

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Como poupar para a aposentadoria
Ter um seguro para a casa
regras para cancelamento de viagem
C6 Bank é o mais novo banco digital do Brasil