Início Notícias Finanças Pessoais Como calcular o custo de morar sozinho?

Como calcular o custo de morar sozinho?

4.8
(6)

Quanto custa morar sozinho? Com certeza, você já deve ter feito essa pergunta se deseja sair da casa dos seus pais e iniciar uma nova fase. 

A decisão de morar sozinho é feita com base em diferentes fatores. Há aqueles que querem sair de casa para morar mais próximo da faculdade ou do trabalho. 

Outros, no entanto, decidem morar sozinhos para experimentar a sensação do cantinho próprio. Afinal de contas, é nesse momento que muitas pessoas se veem responsáveis, de fato, pela própria vida e contas.

Planejamento financeiro é essencial para saber quanto custa morar sozinho

Mas se você está pensando em morar sozinho, temos uma notícia: essa decisão é muito importante e precisa ser tomada após muita análise e planejamento financeiro

Se você quer saber quanto custa morar sozinho, continue a leitura deste texto! 

A importância de um planejamento financeiro

Antes de você decidir que quer morar sozinho, é extremamente necessário criar um planejamento financeiro, anotando quais serão as contas mais importantes e se você conseguirá mantê-las em dia. 

O planejamento financeiro será ainda mais essencial caso você opte por financiar um imóvel.

Por se tratar de parcelas altas e fixas, e que normalmente demoram a serem quitadas, é fundamental manter as finanças em ordem. 

O que deve ser calculado para morar sozinho

Nós explicamos a importância de um planejamento financeiro antes de pensar em morar sozinho, não é?

Mas sabia que também é extremamente fundamental você calcular o custo com as despesas iniciais?

Isso porque além de precisar preparar a sua própria comida, você também terá gastos com outros itens essenciais, como acomodação, por exemplo. A seguir, confira sobre as despesas iniciais:

Aluguel e móveis

Se você optar por alugar um imóvel ou até mesmo financiar será necessário colocar o valor em custos fixos. Esse é, na verdade, o custo fixo que mais pesa no orçamento de uma casa. Por isso, planeje-o bem.

Vale lembrar que o valor do aluguel é variável e depende da localização, tamanho, tipo de imóvel e outros fatores.

No Rio de Janeiro, por exemplo, o preço do metro quadrado para venda e aluguel caiu devido a pandemia do coronavírus, de acordo com a Secovi-Rio.

Além do aluguel, você também deve levar em consideração a compra dos móveis, eletrodomésticos e outros produtos que deverão ser obtidos para a sua nova casa.

Lembre-se que é importante colocar, em primeiro lugar, os itens mais necessários nos cômodos. O que for supérfluo, por outro lado, você poderá adquirir aos poucos.

Despesas fixas

Além dos custos que mencionamos, você também precisa inserir no cálculo mensal os custos fixos da casa. Tais como:

  • água;
  • luz;
  • telefone;
  • internet.

Também é possível inserir o condomínio, se houver; e IPTU, além das compras do mercado, por exemplo.

Mesmo que os valores sofram variações em cada mês, lembre-se que todos serão cobrados mensalmente. Portanto, você não poderá deixá-los de fora do planejamento.

Os luxos no dia a dia

Quem é que não gosta de comer uma pizza no final de semana, não é? Ou então assistir um filme que só esteja passando em TV a cabo ou streaming?

Sim, você terá que calcular os luxos que fazem parte do seu cotidiano. Esses luxos nada mais são do que os gastos referentes a produtos ou serviços que você consome.

A contratação de uma TV por assinatura, as refeições via aplicativo e até mesmo um serviço de lavanderia, por exemplo, são considerados elementos supérfluos.

Apesar de trazem comodidade, podem impactar nas despesas mensais de quem decide morar sozinho. Portanto, tenha atenção.

Veja como calcular o custo mensal de morar sozinho

Ter em mente alguns valores médios de possíveis gastos mensais pode ser mais claro para quem deseja morar sozinho.

Vale lembrar que esses valores são suposições e podem variar para mais ou para menos. Mas vamos fazer a seguinte conta:

  • Aluguel: R$800 por mês;
  • Alimentação: tendo como base uma compra mensal de R$300 por mês;
  • Água, luz e gás: gasto médio de R$200, levando em consideração que cada conta seja, respectivamente, de R$50, R$100 e R$50;
  • Internet: em média, um pacote contendo uma boa velocidade costuma sair por R$100;

Com base nesses valores, a despesa mensal será de R$1.600,00. Como já mencionamos, os valores podem sofrer alterações.

Mas a nossa dica é: compare o valor com a sua renda e veja quanto do seu dinheiro será gastado para manter a sua própria casa.

Vale ressaltar também que, além desses gastos, é importante que você se organize e guarde uma quantia todo mês.

Ter uma reserva de emergência é essencial, sobretudo se você for o único responsável por todos os pagamentos da casa. Afinal de contas, nunca se sabe quando haverá um imprevisto, não é?

Gostou do nosso conteúdo? Então aproveite a visita no nosso site e leia o texto que separamos para você: “morar sozinho ou dividir apartamento?“. Temos certeza que será bastante útil para você!

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 6

Seja o primeiro a avaliar este post.

Camila Miranda
Nascida na Zona Oeste do Rio, me divido entre jornalismo e marketing digital. Com três anos de experiência em Comunicação, já trabalhei em redação de jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Hoje, faço gestão de mídias sociais e produção de conteúdo. Amo assuntos sobre as áreas cultural e política. Reclamo do transporte público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Saiba como se planejar para os gastos de fim de ano

Você piscou e já estamos em novembro. E essa época do ano costuma trazer muitas despesas para as famílias. Até porque com...

Calendário auxílio emergencial: veja datas até final do ano

Se você está esperando o pagamento de alguma parcela, fique atento e veja o calendário auxílio emergencial da Caixa.

Como fica o 13º salário de quem teve jornada de trabalho reduzida?

O fim do ano chegou e com ele a época do pagamento do 13º salário também. Porém, durante 2020 ocorreram algumas mudanças...

O que esperar do mercado financeiro em 2021?

Tudo indica que 2021 seja menos turbulento para o mercado financeiro que este ano. Afinal, notícias indicam de que algumas vacinas para...

Como abrir conta digital para crianças? Confira 3 passos

Pensando no futuro das crianças, muitos responsáveis decidem criar uma reserva financeira para elas. Alguns, no entanto, não sabem que é possível...