Início Notícias Economia Banco Central reduz juros do cheque especial. Entenda o processo!

Banco Central reduz juros do cheque especial. Entenda o processo!

0
(0)

Os juros do cheque especial caíram. A boa notícia para o consumidor veio após o Banco Central estabelecer limite para a cobrança por parte dos bancos.

Dados do BC mostram que a taxa de juros média caiu de 247,6% ao ano em dezembro de 2019 para 165,6% ao ano em janeiro de 2020. No entanto, ficou acima do limite estabelecido pela instituição.

cheque especial
Banco Central limitou taxa de juros para 8% ao mês

Vale ressaltar que a regra do BC, que entrou em vigor no início de janeiro, obrigou as instituições financeiras a estabelecer o limite máximo de 8% ao mês para o cheque especial.

Com a nova taxa, uma dívida, por exemplo, de R$ 1.000 passa a custar R$ 2.656 ao final de um ano. Em dezembro, a mesma dívida custaria R$ 3.476.

Cheque especial: a nova metodologia

O BC revisou a metodologia de cálculo dos juros do cheque especial. Agora, os bancos devem informar ao BC quanto efetivamente foi cobrado de juros.

Contudo, eles devem considerar que os clientes têm o benefício de um período de isenção ou redução de juros, geralmente por 10 dias no mês.

Para que isso ocorra, a primeira taxa média informada pelos bancos será estimada e no mês seguinte será substituída pela taxa efetiva.

Com a revisão da série histórica de acordo com essa metodologia, a taxa média de juros das concessões do cheque especial a pessoas físicas teve um recuo imediato.

Em dezembro de 2019, passou de 302,5% ao ano (estatística divulgada em janeiro) para 247,6% ao ano (estatística revisada).

Nas concessões a pessoas jurídicas a taxa caiu 331,5% ao ano (estatística divulgada em janeiro) para 310,9% ao no (estatística revisada).

Outros índices também caíram

Consignado

O crédito consignado é considerado uma modalidade mais barata para os brasileiros que precisam de empréstimos. 

Em janeiro, a taxa de juros da modalidade ficou em 21,3% ao ano. Neste caso, uma dívida de R$ 1.000 se transformaria em R$ 1.213 ao final de um ano. 

De acordo com o BC, a taxa média de juros para pessoa física caiu 0,4 ponto percentual em outubro, chegando a 45,6% ao ano. A taxa média das empresas ficou em 17,6% ao ano, aumento de 1,3 ponto percentual.

Parcelamento

Vale lembrar que em abril de 2017, começou a valer a regra que obriga os bancos a transferirem, após um mês, a dívida do rotativo do cartão de crédito para o parcelado.

A intenção do governo com a nova regra era permitir que a taxa de juros para o rotativo do cartão de crédito recuasse. Afinal, o risco de inadimplência, em tese, cai com a migração para o parcelado.

Inadimplência

A inadimplência do crédito, considerando atrasos acima de 90 dias, para pessoas físicas caiu 0,1 ponto percentual chegando a 4,9%.

Entre pessoas jurídicas a inadimplência chegou a 2,3% em janeiro, com aumento de 0,2 ponto percentual.

Esses dados são do crédito livre, em que os bancos têm autonomia para emprestar o dinheiro captado no mercado e definir as taxas de juros cobradas aos clientes.

Cuidado!

Pode parecer que a nova regra do cheque especial facilitou a vida do brasileiro. Contudo, ainda é necessário ficar muito atento aos seus detalhes.

Afinal, ele é uma das formas de crédito com maiores taxas de juros e, por isso, um pequeno descuido pode significar uma grande dívida. Portanto, use apenas em último caso.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Rafael Massadar
Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Nubank x Inter: compare os cartões sem anuidade

Os cartões sem anuidade estão ganhando cada vez mais espaço no mercado e no coração dos brasileiros. Com tantas opções pode ser...

Black Friday 2020: confira os melhores sites e ofertas

Você já se preparou para as ofertas da Black Friday 2020? Está com a lista de compras feita e separada para aproveitar...

5 dicas para saber se uma loja virtual é confiável

A pandemia da Covid-19 impulsionou o e-commerce e a Black Friday deve alavancar ainda mais as vendas online. Cerca de 80% dos...

Salário mínimo na Suíça chega a R$25 mil

Você já se perguntou quanto é o salário mínimo na Suíça, mesmo que seja só por curiosidade? Se a resposta é sim,...

Quer fazer um cartão de crédito Visa? Conheça 10 opções!

Quer fazer um cartão de crédito Visa? O processo é rápido e simples. Com ele, você tem benefícios em compras nacionais e...

Os destinos mais baratos para passar o Réveillon

Ainda não sabe onde vai passar a virada do ano? Está pensando em viajar e quer saber quais os destinos mais baratos para passar...