Mais
    InícioNotíciasMercado CambialComprar euro no Brasil ou na Europa? Veja qual opção vale mais...

    Comprar euro no Brasil ou na Europa? Veja qual opção vale mais a pena

    0
    (0)

    Vai viajar para a Europa? Neste caso, qual é a melhor opção: comprar euro aqui no Brasil ou por lá? Essa é uma dúvida comum entre os turistas, mas FinanceOne vai esclarecer a questão neste artigo.

    Vale lembrar que o euro é a moeda oficial de 19, dos 27 países que compõem o velho continente.

    Entre eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos e Portugal.

    + Como abrir uma conta bancária na Europa? Confira!

    Mas afinal, é melhor comprar euro no Brasil ou na Europa?

    Logo de início é importante esclarecer que o melhor é comprar Euro aqui no Brasil mesmo e ao longo deste artigo você vai entender o porquê.

    A principal vantagem de comprar euro no Brasil é a maior facilidade em negociar taxas, em sua língua materna. Além disso, nem todos os países da Europa e nem todas as casas de câmbio trocam o real, dificultando o processo em outros países.

    De maneira geral, o mais provável é que a troca de moedas em países da Europa acabe sendo feita, apenas, em casas de câmbio de aeroportos, onde você vai acabar pagando mais caro.

    Já no Brasil, a troca pode ser feita em bancos, casas de câmbio e locais credenciados pelo Banco Central do Brasil para realizar esse tipo de operação. Ainda há a opção de adquirir um cartão pré-pago, ou utilizar o cartão de crédito internacional durante a viagem.

    A melhor forma de garantir um bom preço é pesquisando. Atualmente, há opções de buscadores de câmbio online, como a Câmbio Store ou BeeCâmbio. Outra dica é ficar de olho no ranking do VET, disponibilizado pelo Banco Central.

    Pela plataforma é possível verificar onde o euro está sendo vendido com o melhor preço. Assim, é possível negociar diretamente com as casas de câmbio que oferecem as melhores condições.

    Pessoa fazendo a mala
    O ideal é comprar o euro antes de viajar (Foto: Divulgação)

    Conheça as melhores opções para comprar euros no Brasil

    Transferência para conta na Europa

    A forma mais simples, segura e barata de enviar dinheiro para a Europa é por meio da transferência online. Atualmente, o processo pode ser feito pela internet, de forma prática. Mas, para isso, é preciso ter uma conta na Europa.

    Melhores plataformas para fazer a transferência de dinheiro para Europa online

    Remessa Online

    A Remessa Online garante custo fixo de 1,3% em todas as remessas internacionais em euro feitas pela plataforma. Para outra moedas, a taxa é diferente e progressiva.

    Além disso, o dinheiro cai na conta útil do destinatário em até um dia útil.

    Entre os diferenciais da empresa, está o atendimento em Português, a possibilidade de enviar dinheiro para qualquer lugar do mundo e limite de envio de até R$37,5 mil por dia ou até R$75 mil por ano.

    Wise

    A antiga TransferWise, possui taxas baixas, que podem ser até 8 vezes menores do que as dos bancos. Uma das vantagens dessa plataforma é a transparência. Isso porque você sabe exatamente quanto vai pagar por cada transação.

    A instituição ainda oferece uma conta multimoeda, cartão de débito e outros benefícios aos clientes.

    Western Union

    A Western Union atua em mais de 200 países no mundo. Seu diferencial é a agilidade. O dinheiro enviado pode chegar em poucos minutos ao destino, mas o beneficiário só pode receber em uma loja. As taxas variam de acordo com o país de envio.

    Bancos

    Também é possível comprar euro diretamente em alguns euros, como o Banco do Brasil, Itaú e Bradesco.

    Casas de câmbio

    É verdade que o câmbio do dia é o mesmo para todo o país, mas os valores podem variar de acordo com a casa de câmbio e o montante de troca. Assim, é importante pesquisar e comparar preços antes de comprar seu euro.

    + Saiba como sacar Dólar e Euro no Brasil

    Quando é melhor comprar euro na Europa?

    Geralmente, é melhor comprar as moedas locais diretamente no destino quando se trata das chamadas “moedas fracas”. Por exemplo, as kunas — a moeda croata —, pois podem não ser fáceis de encontrar por aqui.

    Mas, o ideal é levar euro para esses locais e lá fazer a troca. Na América do Sul, pode-se levar reais, por exemplo. Ou seja, sempre levar a moeda mais forte da região.

    Como comprar euro na Europa?

    As duas melhores formas são através de transferência, seja bancária, ou de créditos para o seu cartão pré-pago internacional.

    Para comprar euro na Europa com cartão pré-pago é preciso solicitá-lo antes de sair do Brasil. é preciso pagar uma taxa de emissão e fazer a primeira carga via transferência bancária ou boleto.

    Uma das vantagens é que o valor do câmbio carregado no cartão é igual ao do dia da transferência e não varia ao longo da viagem. Além disso, você tem a liberdade de comprar euro no Brasil ou na Europa, pois o carregamento pode ser feito pela internet.

    Quais são os custos envolvidos?

    Imposto sobre Operações Financeiras (IOF)

    O IOF é um tributo federal, que varia entre 0,38% e 6,38%. A taxa de 0,38% incide sobre o valor de todas as remessas internacionais para contas de terceiros.

    Já a taxa de 1,1% sobre o valor das compras de moeda em espécie, feitas nas casas de câmbio, por exemplo, ou transferência internacional para uma conta da mesma titularidade.

    Já os 6,38% são cobrados em cima do valor das transações efetuadas no exterior com cartões de débito, de crédito ou com cartões pré-pagos internacionais.

    Tarifa de comissão

    Cada instituição também estipula sua tarifa de comissão para fazer o câmbio da moeda. Ela não é obrigatória, de forma que varia de uma instituição para outra.

    Taxa de entrega

    Quem opta por receber o dinheiro em casa ainda está sujeito ao pagamento de uma taxa de entrega, que também varia de acordo com a instituição.

    + 10 melhores opções de cidades baratas da Europa para viajar em 2022

    Dicas para comprar euro no Brasil ou na Europa

    • Fique atento às notícias (e à cotação da moeda)

    Os acontecimentos políticos e econômicos refletem no valor do câmbio, por isso estar por dentro do que acontece no mundo pode te ajudar a evitar perda de dinheiro. Outro fator importante é a cotação da moeda, que pode variar de um dia para outro.

    • Procure instituições devidamente credenciadas

    Sempre opte pelas instituições credenciadas pelo Banco Central para operarem no mercado cambial. Isso vai proporcionar mais segurança às suas transações.

    • Pesquise com antecedência

    Pelo menos uns dois meses antes da viagem já começa a pesquisar a variação para a compra do euro. E não compre tudo de uma vez, intercale os dias para tentar pegar câmbios vantajosos.

    • Saiba quanto você vai precisar

    Antes de comprar o euro, ponha na ponta do lápis quanto você vai precisar em reais para fazer a troca sem gastar mais que o necessário.

    • Verifique limites de valores

    Por regra, cada pessoa física pode levar até R$10 mil, ou o equivalente em moeda estrangeira, em espécie, sem ter que declarar esse valor à Receita Federal. Se precisar de mais dinheiro, a declaração deverá ser feita.

    Gostou do conteúdo? Compartilhe com os amigos e assine nossa Newsletter, para não perder nenhuma novidade!

    Veja também no FinanceOne:

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Letícia de Jesus
    Letícia de Jesus
    Jornalista e redatora, com experiência em SEO e webwriting. Apaixonada pela escrita e extremamente curiosa, gosto de explorar diferentes assuntos.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasMercado CambialComprar euro no Brasil ou na Europa? Veja qual opção vale mais...

    Comprar euro no Brasil ou na Europa? Veja qual opção vale mais a pena

    0
    (0)

    Vai viajar para a Europa? Neste caso, qual é a melhor opção: comprar euro aqui no Brasil ou por lá? Essa é uma dúvida comum entre os turistas, mas FinanceOne vai esclarecer a questão neste artigo.

    Vale lembrar que o euro é a moeda oficial de 19, dos 27 países que compõem o velho continente.

    Entre eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos e Portugal.

    + Como abrir uma conta bancária na Europa? Confira!

    Mas afinal, é melhor comprar euro no Brasil ou na Europa?

    Logo de início é importante esclarecer que o melhor é comprar Euro aqui no Brasil mesmo e ao longo deste artigo você vai entender o porquê.

    A principal vantagem de comprar euro no Brasil é a maior facilidade em negociar taxas, em sua língua materna. Além disso, nem todos os países da Europa e nem todas as casas de câmbio trocam o real, dificultando o processo em outros países.

    De maneira geral, o mais provável é que a troca de moedas em países da Europa acabe sendo feita, apenas, em casas de câmbio de aeroportos, onde você vai acabar pagando mais caro.

    Já no Brasil, a troca pode ser feita em bancos, casas de câmbio e locais credenciados pelo Banco Central do Brasil para realizar esse tipo de operação. Ainda há a opção de adquirir um cartão pré-pago, ou utilizar o cartão de crédito internacional durante a viagem.

    A melhor forma de garantir um bom preço é pesquisando. Atualmente, há opções de buscadores de câmbio online, como a Câmbio Store ou BeeCâmbio. Outra dica é ficar de olho no ranking do VET, disponibilizado pelo Banco Central.

    Pela plataforma é possível verificar onde o euro está sendo vendido com o melhor preço. Assim, é possível negociar diretamente com as casas de câmbio que oferecem as melhores condições.

    Pessoa fazendo a mala
    O ideal é comprar o euro antes de viajar (Foto: Divulgação)

    Conheça as melhores opções para comprar euros no Brasil

    Transferência para conta na Europa

    A forma mais simples, segura e barata de enviar dinheiro para a Europa é por meio da transferência online. Atualmente, o processo pode ser feito pela internet, de forma prática. Mas, para isso, é preciso ter uma conta na Europa.

    Melhores plataformas para fazer a transferência de dinheiro para Europa online

    Remessa Online

    A Remessa Online garante custo fixo de 1,3% em todas as remessas internacionais em euro feitas pela plataforma. Para outra moedas, a taxa é diferente e progressiva.

    Além disso, o dinheiro cai na conta útil do destinatário em até um dia útil.

    Entre os diferenciais da empresa, está o atendimento em Português, a possibilidade de enviar dinheiro para qualquer lugar do mundo e limite de envio de até R$37,5 mil por dia ou até R$75 mil por ano.

    Wise

    A antiga TransferWise, possui taxas baixas, que podem ser até 8 vezes menores do que as dos bancos. Uma das vantagens dessa plataforma é a transparência. Isso porque você sabe exatamente quanto vai pagar por cada transação.

    A instituição ainda oferece uma conta multimoeda, cartão de débito e outros benefícios aos clientes.

    Western Union

    A Western Union atua em mais de 200 países no mundo. Seu diferencial é a agilidade. O dinheiro enviado pode chegar em poucos minutos ao destino, mas o beneficiário só pode receber em uma loja. As taxas variam de acordo com o país de envio.

    Bancos

    Também é possível comprar euro diretamente em alguns euros, como o Banco do Brasil, Itaú e Bradesco.

    Casas de câmbio

    É verdade que o câmbio do dia é o mesmo para todo o país, mas os valores podem variar de acordo com a casa de câmbio e o montante de troca. Assim, é importante pesquisar e comparar preços antes de comprar seu euro.

    + Saiba como sacar Dólar e Euro no Brasil

    Quando é melhor comprar euro na Europa?

    Geralmente, é melhor comprar as moedas locais diretamente no destino quando se trata das chamadas “moedas fracas”. Por exemplo, as kunas — a moeda croata —, pois podem não ser fáceis de encontrar por aqui.

    Mas, o ideal é levar euro para esses locais e lá fazer a troca. Na América do Sul, pode-se levar reais, por exemplo. Ou seja, sempre levar a moeda mais forte da região.

    Como comprar euro na Europa?

    As duas melhores formas são através de transferência, seja bancária, ou de créditos para o seu cartão pré-pago internacional.

    Para comprar euro na Europa com cartão pré-pago é preciso solicitá-lo antes de sair do Brasil. é preciso pagar uma taxa de emissão e fazer a primeira carga via transferência bancária ou boleto.

    Uma das vantagens é que o valor do câmbio carregado no cartão é igual ao do dia da transferência e não varia ao longo da viagem. Além disso, você tem a liberdade de comprar euro no Brasil ou na Europa, pois o carregamento pode ser feito pela internet.

    Quais são os custos envolvidos?

    Imposto sobre Operações Financeiras (IOF)

    O IOF é um tributo federal, que varia entre 0,38% e 6,38%. A taxa de 0,38% incide sobre o valor de todas as remessas internacionais para contas de terceiros.

    Já a taxa de 1,1% sobre o valor das compras de moeda em espécie, feitas nas casas de câmbio, por exemplo, ou transferência internacional para uma conta da mesma titularidade.

    Já os 6,38% são cobrados em cima do valor das transações efetuadas no exterior com cartões de débito, de crédito ou com cartões pré-pagos internacionais.

    Tarifa de comissão

    Cada instituição também estipula sua tarifa de comissão para fazer o câmbio da moeda. Ela não é obrigatória, de forma que varia de uma instituição para outra.

    Taxa de entrega

    Quem opta por receber o dinheiro em casa ainda está sujeito ao pagamento de uma taxa de entrega, que também varia de acordo com a instituição.

    + 10 melhores opções de cidades baratas da Europa para viajar em 2022

    Dicas para comprar euro no Brasil ou na Europa

    • Fique atento às notícias (e à cotação da moeda)

    Os acontecimentos políticos e econômicos refletem no valor do câmbio, por isso estar por dentro do que acontece no mundo pode te ajudar a evitar perda de dinheiro. Outro fator importante é a cotação da moeda, que pode variar de um dia para outro.

    • Procure instituições devidamente credenciadas

    Sempre opte pelas instituições credenciadas pelo Banco Central para operarem no mercado cambial. Isso vai proporcionar mais segurança às suas transações.

    • Pesquise com antecedência

    Pelo menos uns dois meses antes da viagem já começa a pesquisar a variação para a compra do euro. E não compre tudo de uma vez, intercale os dias para tentar pegar câmbios vantajosos.

    • Saiba quanto você vai precisar

    Antes de comprar o euro, ponha na ponta do lápis quanto você vai precisar em reais para fazer a troca sem gastar mais que o necessário.

    • Verifique limites de valores

    Por regra, cada pessoa física pode levar até R$10 mil, ou o equivalente em moeda estrangeira, em espécie, sem ter que declarar esse valor à Receita Federal. Se precisar de mais dinheiro, a declaração deverá ser feita.

    Gostou do conteúdo? Compartilhe com os amigos e assine nossa Newsletter, para não perder nenhuma novidade!

    Veja também no FinanceOne:

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?