Início Notícias Viagem Intercâmbio no Canadá: o que você precisa saber

Intercâmbio no Canadá: o que você precisa saber

0
(0)

O intercâmbio no Canadá é o destino preferido dos brasileiros para estudar idiomas fora do país. Isso é o que apontou a Belta – Associação das Agências de Intercâmbio – em uma pesquisa divulgada em abril deste ano. O destino lidera o ranking, composto ainda por Estados Unidos, Reino Unido, Austrália e Irlanda, nesta ordem.

Segundo a Belta, o Canadá ocupa a primeira posição há mais de 10 anos como país preferido dos brasileiros para fazer intercâmbio. Se agora o dólar está em alta, assim como o euro e a libra, o país é uma alternativa já que o dólar canadense é mais em conta. Além disso, é um dos países com a melhor qualidade de vida do mundo.

Em outro estudo, realizado em 2017, a Belta fez uma Pesquisa de Mercado sobre o intercâmbio buscado pelos brasileiros. A associação constatou que o principal produto vendido pelas agências entrevistadas é o curso de idiomas.

Esse produto vem seguido pelo curso de idioma com trabalho temporário; curso de férias (verão/inverno) para jovens (teen); seguro saúde para viagem; ensino médio (high school).

O Canadá destacou-se entre os entrevistados. O país ficou entre os entre primeiros colocados em 89% das vezes em que foi citado pelas agências. Além disso, foi o primeiro destino para 53% dos respondentes, e o segundo para 13%. No total, 40 países foram citados na pesquisa.

Entre os motivos que mais influenciaram a decisão pelo país, os estudantes entrevistados apontaram qualidade de vida do país, localização e poder realizar uma viagem inesquecível. Entre os tipos mais desejados pelos estudantes está o curso de idioma com trabalho temporário, seguido por apenas curso de idioma e pós-graduação strictu sensu.

Na análise da Belta, 68,9% optaram por períodos de um a três meses de duração do programa de intercâmbio, na média geral, não só o Canadá. O investimento médio de alguém que busca um intercâmbio, em qualquer país, foi também de $8.902 dólares, de uma maneira geral.

principais cidades para intercâmbio no Canadá
Toronto, lar da CN Tower, é uma das principais cidades para intercâmbio no Canadá (Imagem: Pixabay)

Como funciona o intercâmbio no Canadá?

Segundo a Languages Canada, organização que representa os dois idiomas no país e reúne programas de ensino dos setores público e privado, o Brasil é o país que mais envia estudantes ao país. Depois vem Japão, China, Coreia e México.

O Canadá tem dois idiomas oficiais: inglês e francês. Então o destino é uma opção para quem quer aprender qualquer um dos dois. Seja a língua inglesa em Vancouver ou Toronto, por exemplo, ou a francesa em Montreal, as maiores cidades do país.

Além do passaporte válido, para visitar o Canadá você precisa de um visto. Portanto, a viagem precisa ser planejada com antecedência. O intercâmbio no Canadá tem programas de estudo para nível médio, os cursos de idioma em inglês e francês, cursos técnicos e programas de graduação, pós e especialização.

No ensino especializado os alunos podem optar por aprender em francês ou inglês, dependendo da região em que fiquem. Dependendo também do programa escolhido, é possível trabalhar no Canadá. Intercambistas sem um visto de estudante não podem. O trabalho pode ser no campus da instituição ou alguma empresa prestando serviços ao campus. O estudante também pode trabalhar com pesquisa ou assistente de professor.

Além disso, estudantes em tempo integral também podem ter permissão de trabalhar fora do campus, desde que tenha permissão, para atuar em até 20 horas por semana ou tempo integral nas férias. Fique atento, pois diversas condições não permitem esse trabalho.

O intercâmbio no Canadá pode ocorrer em uma das dez províncias ou territórios: Alberta, British Columbia, Manitoba, New Brunswick, Newfoundland and Labrador, Northwest Territories, Nova Scotia, Nunavut, Ontario, Prince Edward Island, Quebec, Saskatchewan e Yukon.

A província de Quebec, onde fica localizada Montreal, é onde os estudantes vão em busca do idioma do francês. Do lado oeste do país, ficam as famosas Rocky Mountains que atrai pelas belezas naturais.

Alberta é uma das dez províncias no Canadá
Alberta é uma das dez províncias no Canadá, reúne diversas belezas e é opção para intercâmbio (Imagem: Pixabay)

Quanto custa um intercâmbio no Canadá?

Para estudar no segundo maior país do mundo, que perde apenas para a Rússia em tamanho de território, você precisa considerar as taxas da instituição de ensino, acomodação e custos para viver no local. Outros gastos são as passagens aéreas, visto, seguro saúde, entre outros.

Na acomodação, por exemplo, pode ser em um campus, casa de família ou um apartamento, como funciona na maioria dos programas de intercâmbio. É importante considerar nos gastos também o turismo, afinal são muitos lugares que o estudante poderá conhecer durante sua estadia no país.

Os preços variam, portanto você deve ter em mente seu objetivo. Se é apenas estudar um idioma por um mês, ou fazer uma pós-graduação. Se o ensino será bilíngue ou apenas em inglês ou francês. Em qual cidade você pretende e a instituição. Tudo isso influencia no preço do intercâmbio.

Qual a melhor cidade para fazer intercâmbio no Canadá?

A melhor cidade para fazer intercâmbio no Canadá vai depender dos seus objetivos. Em Montreal, na província de Québec, vão os estudantes que querem aprender francês. Toronto e Vancouver são cidades grandes, movimentadas e também as mais buscadas por quem quer aprender inglês.

O importante é pesquisar a reputação da escola e da agência de intercâmbio, caso você opte por utilizar uma. A documentação também deve ser verificada com bastante atenção, lembrando que o estudante brasileiro vai precisar de um visto. E, claro, observar os costumes do local e outros detalhes do período que você vai viver lá, para evitar perrengues.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Redação
O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

5 erros mais comuns ao usar cartão de crédito

Você já se complicou alguma vez utilizando o cartão de crédito? Ficou com preocupação com a fatura do próximo mês? Se a...

6 opções para trabalhar como freelancer aos finais de semana

Está em busca de aumentar a sua renda ou a da sua família nas horas vagas? Uma alternativa é ser freelancer aos...

Descubra 5 ferramentas semelhantes ao PIX

Pagamento via QR Code, transferências rápidas e que podem ser feitas 24 horas por dia, sete dias na semana: o Pix é...

Como calcular quanto você precisa de renda extra

Em tempos de crise econômica, conseguir uma renda extra se torna o objetivo de muitos profissionais. No entanto, algumas pessoas não conseguem...

Como reclamar uma cobrança bancária indevida

Uma das maiores reclamações de consumidores com relação às instituições financeiras é a cobrança bancária indevida. Esse ainda é um problema recorrente, mas que...

4 vantagens do Open Banking para clientes e empresas

Antes de descobrir quais as vantagens do Open Banking para clientes e empresas, você precisa saber o que é essa nova realidade...