Quanto custa entrar para o Metaverso? Veja valores

0
3874
nuvem de NFT
4.2
(11)

A tecnologia do metaverso tem ganhado cada vez mais destaque no mercado e, consequentemente, atraindo muitos investidores. E com a possibilidade de lucrar, muitas pessoas querem saber quanto custa entrar no metaverso.

Anúncios

Para quem caiu de paraquedas neste artigo e não está muito por dentro do que é o metaverso, calma que a gente vai te explicar. 

Essa tecnologia une os conceitos de realidade virtual, realidade aumentada e a internet em um único lugar. O metaverso nada mais é do que a extensão da realidade para o mundo virtual.

Anúncios

Existem diversas maneiras e valores para entrar nesse mundo virtual. Para isso, você precisa encontrar a melhor opção para comprar e entrar no metaverso.

Vale ressaltar, ainda, que os valores são altos, então é bom preparar o bolso caso queira de fato entrar e começar a investir nessa área.

Quanto custa entrar no metaverso?

Essa é a pergunta que muitos investidores estão se fazendo. A resposta é que o valor varia segundo o tipo de investimento que você deseja realizar. 

Anúncios

Isso porque é possível investir em influenciadores digitais, comprar terrenos virtuais ou até mesmo entrar por sites e aplicativos de forma gratuita.

+ Conheça 5 marcas de luxo que investem em NFTs e metaverso

Para te ajudar a encontrar a melhor opção de investimento, preparamos uma lista com cada um deles e os seus respectivos valores. Confira! 

Compra de terrenos

Os terrenos virtuais estão sofrendo um grande aumento nos preços por conta da procura por esse tipo de investimento. Nas plataformas, um terreno mais barato fica em torno de R$60 mil.

É importante ressaltar que o valor citado acima é referente aos dois metaversos mais populares no momento em todo o mundo: o Decentraland e o The Sandbox.

Mulher usa óculos de realidade virtual no metaverso
O valor para investir no metaverso pode variar

Outra informação que você precisa saber é que esses terrenos são conhecidos nas plataformas pelo termo “land”. E eles costumam ser vendidos entre 3,46 e 3,7 ETH, o que seria na conversão um valor aproximado de US$11,1 mil e US$11,85 mil, respectivamente.

Influenciadores digitais

Outra forma de entrar para o Metaverso é como influenciador digital. Mas, como isso é possível? Basta criar uma conta no Instagram? Entenda agora!

Como essa ideia de mundo virtual tem o objetivo, também, de imitar a realidade, é possível criar um avatar no Metaverso. Com ele, você dá vida a um boneco virtual que passa a ser uma extensão real.

+ Meta Bar: o bar inspirado no metaverso que aceita cripto

Um exemplo bem recente é o do influenciador Lucas Rangel, que anunciou recentemente a sua entrada para o Metaverso com o seu avatar chamado “Luks”. Ele terá a sua própria vida nas redes sociais. Rangel disse em entrevista ao jornalista Leo Dias que o objetivo é se adequar ao novo momento do mercado digital e de investimentos.

“A ideia surgiu da necessidade de se adaptar aos novos tempos, não só digitais, como virtuais. Meu objetivo é expandir nesse mercado novo e pouco explorado no Brasil ainda, liderando essa nova onda de Influenciadores Virtuais”, respondeu o influenciador.

Para quem ficou interessado em ter um avatar parecido, saiba que o investimento é bem alto. Rangel gastou aproximadamente 240 mil reais para criar o seu boneco Luks.

Pela web e aplicativos

Também é possível ter acesso ao Metaverso de diversas formas pela web e aplicativos, em programas que já usam este tipo de tecnologia ou até mesmo games. Mas, engana-se quem pensa que não vai ser preciso nenhum investimento.

Embora alguns programas até sejam gratuitos, você vai precisar de recursos e equipamentos específicos para conseguir ter a experiência 100% de uma realidade virtual.

+ Brasil dentro do metaverso? Cidade virtual é inspirada na cultura brasileira

Por exemplo, óculos RV e controles. Atualmente, um dos mais usados é o oculus quest 2, considerado um dispositivo de realidade virtual leve e adaptável ao tamanho da cabeça do usuário. Atualmente, é possível encontrá-lo por aproximadamente R$3 mil.

Com ele, o usuário consegue acessar páginas da web, trabalhar e até mesmo aproveitar as experiências de vários mundos virtuais do Metaverso.

Ou seja, qualquer investimento a ser feito para entrar para o Metaverso será considerado alto. Por isso, é preciso se preparar e ter um planejamento para viver essa experiência. 

Criptomoedas do metaverso: saiba se vale a pena investir

Empresas como Facebook, Microsoft e jogos mundialmente conhecidos como o Fortnite já utilizam o conceito do metaverso como base para seus projetos e objetivos. Mas será que a vale a pena investir em criptomoedas do metaverso?

Os destaques deste segmento do mercado cripto têm sido o token MANA, do metaverso Decentraland, e SAND, do The Sandbox.

Contudo, esses ativos despencam durante inverno cripto. Enquanto o Bitcoin e outras grandes criptomoedas mantiveram um movimento lateral, criptomoedas ambiente caíram quase o dobro durante o mesmo período.

Com base neste cenário, especialistas afirmam que esse não é o melhor momento para se vender as criptomoedas, mas segurá-las e comprar mais. Confira aqui se vale a pena investir em criptomoedas do metaverso!

Gostou do conteúdo? Quer continuar por dentro sobre do metaverso? Então continue navegando no nosso site e veja agora mesmo:

*Colaboração: Camila Miranda

O que achou disso?

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 11

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui