Mais
    InícioUncategorizedReal desvalorizado: onde investir?

    Real desvalorizado: onde investir?

    3
    (2)

    O Real desvalorizou. Mas, isso prejudica suas finanças e investimentos? De acordo com um cálculo feito pela Austin Rating, o Dólar subiu, em comparação com o Real, 19% desde o início da pandemia. Além disso, outras 19 moedas apresentaram crescimento de 7%.

    Publicidade

    Comparando um período maior, desde 2018 a alta do Dólar sobre o real foi de 41,2%.

    Diante dessa imprevisibilidade em relação a diferença do Real com as moedas estrangeiras, a melhor alternativa é proteger a carteira de investimentos, apostando em moedas mais fortes que a brasileira. Alguns exemplos de investimentos, são:

    • Ações da bolsa;
    • Fundos cambiais;
    • Papel moeda;
    • Fundos Multimercado; e
    • Derivativos.
    mulher segurando várias notas de dinheiro
    Veja como investir melhor com o real desvalorizado (Foto: Divulgação)

    Em quais investimentos devo apostar?

    Diante da crise econômica e desvalorização do real, muitas pessoas se assustam e ficam sem saber o que fazer com seus investimentos. Mas, aplicar recursos financeiros em diversas opções do mercado é a melhor alternativa.

    Com planejamento e paciência é possível reservar parte do orçamento para uma aplicação financeira que combine com o seu perfil.

    Assim, quem deseja comprar um carro em alguns anos, uma casa ou ter um suporte monetário maior durante a aposentadoria, consegue atingir tais metas mais facilmente. Veja quais são as melhores opções disponíveis para se investir com a desvalorização do real:

    Publicidade

    Ações

    Quando pensamos em ações, logo vem à mente a imagem de pessoas ganhando fortunas em poucos dias após acertarem a compra dos títulos de renda variável. O que poucas pessoas sabem é que, para investir na bolsa, é necessário um conjunto de habilidades.

    Com variações diárias, as ações das empresas listadas na Bovespa podem gerar prejuízos altíssimos em apenas um ano. Por isso, antes de investir é preciso estudar o mercado para tomar as melhores decisões.

    + O que são growth stocks? Saiba como encontrar ações que podem crescer

     

    Dólar

    Conforme já mencionado, há anos a moeda americana tem passado por um período de forte valorização frente ao real.

    Uma opção interessante é investir na aquisição de ações de empresas exportadoras. Essas empresas possuem parcelas consideráveis de suas receitas atreladas à moeda americana e acabam sendo bastante influenciadas pela cotação desta moeda.

    Publicidade

    Quando a espécie americana se valoriza de forma mais intensa, as exportadoras acabam tendo um faturamento maior. Justamente por receberem de seus clientes estrangeiros nesta moeda.

    Na prática, com um faturamento mais elevado, as margens dessas empresas costumam se elevar também. Isso faz com que cresça seus lucros e resultados operacionais.

    Fundos Cambiais

    Os fundos cambiais tem 80% de suas aplicações investidas em moedas estrangeiras, como o dólar e o euro. Esse é um tipo de investimento de alta liquidez e pode ser uma boa opção se o momento for oportuno.

    Embora o câmbio seja feito em moedas estrangeiras, os investimentos são feitos em Real.

    Atualmente no Brasil, há 55 fundos cambiais que tem como benchmark a moeda norte-americana. Entretanto, há duas outras que não têm ligação direta com o dólar.

    Publicidade

    Uma delas é o fundo BB Euro FIC Cambial LP, do Banco do Brasil. E a outra o Vitreo Moedas Life FI Cambial, da gestora Vitreo. Em 2020, quando a moeda americana estava um pouco mais desvalorizada, estes fundos tiveram uma rentabilidade superior aos fundos de dólar.

    O fundo da Vitreo, por exemplo, investe em quatro moedas estrangeiras: a libra, o iene, o franco suíço e o euro. O portfólio é distribuído igualmente entre os ativos. Assim, cada um tem 25% da parcela.

    + Fundo cambial: entenda como funciona e como investir

    Vale a pena investir no Real?

    Investir no Real segue vantajoso para quem recebeu juros maiores que a desvalorização. Mas, essa não é uma estratégia de longo prazo, considerando que a tendência é a diminuição da diferença entre os juros das moedas estrangeiras.

    Para investir no Real com segurança, o ideal é estudar o mercado, para entender quando o momento estará favorável para isso.

    Uma das melhores opções para quem quer investir no real brasileiro é o Tesouro Direto é um tipo de investimento fácil e seguro. Basicamente, caracteriza-se pela aquisição de um título público e tem risco baixo.

    Ou seja, é uma forma de investir em real sem correr grandes perigos.

    Com apenas R$30 já dá para investir e existem vários planos para resgate do dinheiro, com juros. Ainda é possível escolher entre investimentos de curto, médio e longo prazo.

    Vale destacar que uma economia grande como a brasileira sempre apresentará boas oportunidades de investimento. Mesmo em momentos de desvalorização dos indicadores macroeconômicos é possível obter ganhos no mercado financeiro.

    Independentemente do seu perfil, uma carteira de investimentos diversificada ainda é a melhor forma para atingir os seus objetivos. Dessa forma, mesmo que uma de suas ações passe por um período turbulento, os lucros continuarão altos.

    Gostou deste conteúdo? Então confira mais dicas de finanças: 

    Colaboração: Letícia de Jesus

    Veja também no FinanceOne:

    O que achou disso?

    Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 2

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Redação
    Redação
    O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioUncategorizedReal desvalorizado: onde investir?

    Real desvalorizado: onde investir?

    3
    (2)

    O Real desvalorizou. Mas, isso prejudica suas finanças e investimentos? De acordo com um cálculo feito pela Austin Rating, o Dólar subiu, em comparação com o Real, 19% desde o início da pandemia. Além disso, outras 19 moedas apresentaram crescimento de 7%.

    Publicidade

    Comparando um período maior, desde 2018 a alta do Dólar sobre o real foi de 41,2%.

    Diante dessa imprevisibilidade em relação a diferença do Real com as moedas estrangeiras, a melhor alternativa é proteger a carteira de investimentos, apostando em moedas mais fortes que a brasileira. Alguns exemplos de investimentos, são:

    • Ações da bolsa;
    • Fundos cambiais;
    • Papel moeda;
    • Fundos Multimercado; e
    • Derivativos.
    mulher segurando várias notas de dinheiro
    Veja como investir melhor com o real desvalorizado (Foto: Divulgação)

    Em quais investimentos devo apostar?

    Diante da crise econômica e desvalorização do real, muitas pessoas se assustam e ficam sem saber o que fazer com seus investimentos. Mas, aplicar recursos financeiros em diversas opções do mercado é a melhor alternativa.

    Com planejamento e paciência é possível reservar parte do orçamento para uma aplicação financeira que combine com o seu perfil.

    Assim, quem deseja comprar um carro em alguns anos, uma casa ou ter um suporte monetário maior durante a aposentadoria, consegue atingir tais metas mais facilmente. Veja quais são as melhores opções disponíveis para se investir com a desvalorização do real:

    Publicidade

    Ações

    Quando pensamos em ações, logo vem à mente a imagem de pessoas ganhando fortunas em poucos dias após acertarem a compra dos títulos de renda variável. O que poucas pessoas sabem é que, para investir na bolsa, é necessário um conjunto de habilidades.

    Com variações diárias, as ações das empresas listadas na Bovespa podem gerar prejuízos altíssimos em apenas um ano. Por isso, antes de investir é preciso estudar o mercado para tomar as melhores decisões.

    + O que são growth stocks? Saiba como encontrar ações que podem crescer

     

    Dólar

    Conforme já mencionado, há anos a moeda americana tem passado por um período de forte valorização frente ao real.

    Uma opção interessante é investir na aquisição de ações de empresas exportadoras. Essas empresas possuem parcelas consideráveis de suas receitas atreladas à moeda americana e acabam sendo bastante influenciadas pela cotação desta moeda.

    Publicidade

    Quando a espécie americana se valoriza de forma mais intensa, as exportadoras acabam tendo um faturamento maior. Justamente por receberem de seus clientes estrangeiros nesta moeda.

    Na prática, com um faturamento mais elevado, as margens dessas empresas costumam se elevar também. Isso faz com que cresça seus lucros e resultados operacionais.

    Fundos Cambiais

    Os fundos cambiais tem 80% de suas aplicações investidas em moedas estrangeiras, como o dólar e o euro. Esse é um tipo de investimento de alta liquidez e pode ser uma boa opção se o momento for oportuno.

    Embora o câmbio seja feito em moedas estrangeiras, os investimentos são feitos em Real.

    Atualmente no Brasil, há 55 fundos cambiais que tem como benchmark a moeda norte-americana. Entretanto, há duas outras que não têm ligação direta com o dólar.

    Publicidade

    Uma delas é o fundo BB Euro FIC Cambial LP, do Banco do Brasil. E a outra o Vitreo Moedas Life FI Cambial, da gestora Vitreo. Em 2020, quando a moeda americana estava um pouco mais desvalorizada, estes fundos tiveram uma rentabilidade superior aos fundos de dólar.

    O fundo da Vitreo, por exemplo, investe em quatro moedas estrangeiras: a libra, o iene, o franco suíço e o euro. O portfólio é distribuído igualmente entre os ativos. Assim, cada um tem 25% da parcela.

    + Fundo cambial: entenda como funciona e como investir

    Vale a pena investir no Real?

    Investir no Real segue vantajoso para quem recebeu juros maiores que a desvalorização. Mas, essa não é uma estratégia de longo prazo, considerando que a tendência é a diminuição da diferença entre os juros das moedas estrangeiras.

    Para investir no Real com segurança, o ideal é estudar o mercado, para entender quando o momento estará favorável para isso.

    Uma das melhores opções para quem quer investir no real brasileiro é o Tesouro Direto é um tipo de investimento fácil e seguro. Basicamente, caracteriza-se pela aquisição de um título público e tem risco baixo.

    Ou seja, é uma forma de investir em real sem correr grandes perigos.

    Com apenas R$30 já dá para investir e existem vários planos para resgate do dinheiro, com juros. Ainda é possível escolher entre investimentos de curto, médio e longo prazo.

    Vale destacar que uma economia grande como a brasileira sempre apresentará boas oportunidades de investimento. Mesmo em momentos de desvalorização dos indicadores macroeconômicos é possível obter ganhos no mercado financeiro.

    Independentemente do seu perfil, uma carteira de investimentos diversificada ainda é a melhor forma para atingir os seus objetivos. Dessa forma, mesmo que uma de suas ações passe por um período turbulento, os lucros continuarão altos.

    Gostou deste conteúdo? Então confira mais dicas de finanças: 

    Colaboração: Letícia de Jesus

    Veja também no FinanceOne:

    O que achou disso?

    Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 2

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?