Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Tesouro Direto reformula site: veja mudanças

Escrito por: Mateus Carvalho em 9 de outubro de 2019

O Tesouro Direto está com novidades! Já está no ar o novo site da plataforma. O lançamento, em parceria com a B3, ocorreu no dia 13 de setembro e conta com um design mais responsivo.

Além de ter o foco maior no investidor iniciante. O objetivo da mudança é tornar a navegação mais simples para os usuários, assim como tornar as informações mais acessíveis.

O site também traz mais funcionalidades e espaços novos. Como por exemplo, o simulador que compara os rendimentos dos títulos públicos com a poupança.

Quais são as Taxas do Tesouro Direto
O Tesouro Direto está com um novo site com diversas funcionalidades

Há ainda um espaço dedicado a conteúdos de educação financeira, com novos materiais e vídeos.

Outra atualização no portal está na apresentação dos títulos e no acesso a algumas seções, como a de dúvidas frequentes.

O passo a passo de como aplicar o dinheiro nesse tipo de investimento também ficou mais claro, assim como a interação com o simulador. 

Reforma tem como objetivo o posicionamento do investimento

A reforma do site é mais um pedaço da reformulação em posicionamento que o Tesouro Direto vem realizando desde 2015. Ele tem como finalidade se aproximar mais dos investidores que são iniciantes e pequenos. 

Isso porque esse público mesmo com os juros em queda, continua crescendo rapidamente entre os compradores de títulos públicos.

O gerente do investimento, Diego Link, explicou que o número de investidores em títulos públicos está batendo recorde.

“O novo site foi muito pensado para a pessoa que está começando no mundo dos investimentos e, está fazendo isso por meio do Tesouro Direto”, afirmou o gerente do Tesouro Direto.

Para se ter uma ideia, somente em 2019, o número de pessoas com algum dinheiro aplicado no Tesouro Direto passou de um milhão pela primeira vez.

E quase dobrou em relação ao ano passado. Saiu de 636 mil pessoas em julho do ano passado para 1.109 milhão em julho deste ano. Este é o balanço mais recente realizado pelo Tesouro.

De acordo com Paulo Marque, que também é gerente do Tesouro Direto, cresceu a participação de pessoas que estão começando a investir menos de R$1.000 ou R$5.000.

Além disso, o perfil desses investidores é constituído por adolescentes, mulheres e idosos, que estão ganhando espaço.

É importante ressaltar que a base de investidores com menos de R$1.000 aplicados representa 64,9% do total. E o valor médio aplicado por pessoa também cai ano a ano.

Um exemplo é que, em julho, essa média era de R$4.869. Enquanto na mesma época do ano passado foi de R$5.525.

Entenda o que há de novo no site do Tesouro Direto

A nova página do Tesouro Direto conta com diversas funcionalidades, sendo a principal delas a calculadora de simulação e a comparação de rendimentos.

É importante ressaltar que elas já existiam antes, mas ganharam novos recursos.

Além disso, ainda é possível projetar quanto o título dará de retorno até a data do vencimento.

Para quem gosta de fazer comparações, também tem como compará-lo com outras aplicações de renda fixa. Como por exemplo, a poupança e CDB.

Agora também dá para descobrir qual é o tipo de títulos mais indicado por tipo de objetivo. Como compra de casa própria ou estudos e até mesmo de aposentadoria.

E ficou mais fácil de encontrar e visualizar a evolução do preço e dos juros pagos por cada título ao longo do tempo. Isso porque eles são exibidos em gráficos interativos.

Além de serem parâmetros que mudam conforme ocorre a mudança nos juros do país.

Essas informações são úteis não só para quem está pensando em comprar, como também para aqueles que já têm um título e querem ou precisam vendê-lo antes do vencimento contratado.

Site também está com uma parte para educação financeira

A nova plataforma conta com uma seção de “como investir”, que é onde estão presentes os textos e vídeos que serão atualizados regularmente.

Tanto com dicas quanto com informações sobre como funcionam os títulos e as principais dúvidas ligadas ao investimento.

Todo esse conteúdo será complementado pelos perfis oficiais do Tesouro Direto tanto no Youtube quanto no Instagram.

Existem dúvidas que são bem comuns e constantemente são respondidas pelas redes sociais do Tesouro Direto.

Algumas delas são: “posso mudar de um título para o outro?”, “vale resgatar antes do vencimento?”,  “o que é um CDB e o que é o CDI?”.

Vale ressaltar que todas essas questões são bem comuns para quem está iniciando no investimento.

“Sempre haverá conteúdo novo nesses canais. A educação financeira é uma dos principais pilares do nosso novo projeto”, destacou Paulo Marques.

E ainda, de acordo com ele, a explosão de pequenos investidores no Tesouro Direto vem ocorrendo desde 2015.

Com isso, os esforços da instituição são para facilitar o acesso e a compreensão justamente para esse público.

Entre as mudanças que ocorreram nos últimos anos são a criação da primeira versão da calculadora que simula os rendimentos.

Além de simplificar os nomes dos títulos, que antes eram chamados por siglas.

Como por exemplo, o LFT que é o atual Tesouro Direto e o NTN-B Principal que é o atual IPCA+. Estas são algumas das mudanças.

E mais mudanças estão previstas para acontecerem, como o site transacional.

Nele ocorrem as operações diretas de compra e venda de títulos públicos federais pelas pessoas físicas. Mas, neste primeiro momento, ele não será alterado. 

As mudanças programadas do site transacional serão divulgadas oportunamente.

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Educação Financeira
dúvidas-dos-investidores
Quais são as Taxas do Tesouro Direto
Tesouro Direto Selic
tesouro direto ou dcb