InícioNotíciasComo ganhar dinheiro com o Airbnb? Confira como é possível!

Como ganhar dinheiro com o Airbnb? Confira como é possível!

5
(1)

Viajar, hoje em dia, ganhou facilidades que permitem a quase qualquer pessoa ter esse tipo de divertimento. Um exemplo desse universo mais acessível são as acomodações.

Você não precisa gastar mais com hotéis, se tem a opção de ficar em hostels e até mesmo na casa de outras pessoas. Compartilhar a moradia é justamente o princípio do Airbnb, que monetiza seus anfitriões por isso. Mas, como Airbnb ganha dinheiro?

A própria empresa ensina como ganhar dinheiro como um anfitrião. No site é possível simular quanto você ganharia como um host.

Essa estimativa, segundo a empresa explica, é com base em 50% de ocupação, preços de reservas de anúncios em uma localização parecida, temporada, tipo de acomodação e capacidade para hóspedes.

Ela alerta, entretanto, que o valor real do seu ganho como anfitrião é variável e depende do seu preço, tipo e localização da acomodação, taxa de ocupação real, temporada, procura e outros. Outro fator que pode alterar esse ganho final são as leis locais.

Mas, vamos falar em números. Segundo o site, há:

– 3 milhões de anúncios do Airbnb em todo o mundo;
– 65 mil cidades e mais de 191 países com acomodações anunciadas;
– Mais de 300 milhões hóspedes já viajaram com esse sistema;
– Os maiores mercados que possuem acomodações ativas são os destinos de Paris, Londres, Nova York, Rio de Janeiro, Los Angeles, Barcelona, Roma, Copenhagen, Sydney e Amsterdã.

Descubra quais são os destinos mais caros do mundo e como viajar barato. A seguir, saiba que fatores podem influenciar e como Airbnb ganha dinheiro. Confira também uma estimativa de rentabilidade nos principais destinos nacionais.

Como Airbnb ganha dinheiro?

Ganhar dinheiro alugando quartos no Airbnb é possível. O primeiro passo para isso é tornar-se um anfitrião, o host.

A empresa informa que o anfitrião possui controle sobre a disponibilidade, preços, regras e horários de check-in, por exemplo. Em contrapartida, ela oferece dicas de hospitalidade e suporte para seus hosts.

Para se tornar um anfitrião, você deve seguir o passo a passo do site ou aplicativo. Criar um anúncio em que descreve o espaço, quantidade de hóspedes que pode receber, incluir fotos… A ferramenta sugere também as tarifas, mas é possível determinar o seu próprio valor.

O pagamento da hospedagem é cobrado antes da chegada dos hóspedes. O anfitrião recebe 24 horas após o check-in, menos os 3% da taxa de serviço. O pagamento ao anfitrião pode ser via PayPal, depósito direto ou transferência internacional, entre outras formas.

É possível ganhar dinheiro com Airbnb

Mesmo você definindo quanto quer cobrar pelo seu espaço, é importante manter um valor competitivo. O sistema sugere o valor da sua acomodação, levando em conta localização e outros fatores.

As tarifas podem ser definidas como diária por noite, ou preços por semana ou mês. A ferramenta Preço Inteligente é que vai ajudar a obter o máximo da sua acomodação.

Como em toda viagem, em que é recomendado que você tenha um seguro de viagens, o Airbnb também tem os seus próprios. Há a Garantia ao Anfitrião, cobertura de até R$3.000.000 em caso de danos à propriedade.

Existe também o Seguro de Proteção ao Anfitrião, com cobertura de responsabilidade civil de até R$3.000.000, para cada anúncio.

Quanto ganha Airbnb?

Você pode ser um anfitrião com os mais variados tipos de acomodação. A empresa descreve três grandes modalidades. O lugar inteiro, onde os hóspedes alugam todo o espaço para eles, o que inclui quarto, cozinha e banheiro, por exemplo.

Há a opção de quartos privados, onde os hóspedes têm seu próprio quarto para dormir, mas podem ter de compartilhar outras áreas. A terceira opção é quartos compartilhados, onde os hóspedes dormem em um quarto ou em uma área comum, compartilhada com outras pessoas.

A seguir, confira uma estimativa de locais selecionados pelo FinanceOne, feita com base na ferramenta do Airbnb. Lembre-se que esse é um valor estimado e que o seu ganho real depende de uma série de fatores, como tipo de acomodação, localização, entre outros.

Rio de Janeiro, RJ

– Lugar inteiro para 4 hóspedes = potencial mensal de R$1.685
– Lugar inteiro para 2 hóspedes = potencial mensal de R$2.073
– Quarto inteiro para 4 hóspedes = potencial mensal de R$1.364
– Quarto inteiro para 2 hóspedes = potencial mensal de R$1.160
– Quarto compartilhado para 4 hóspedes = potencial mensal de R$735
– Quarto compartilhado para 2 hóspedes = potencial mensal de R$884

São Paulo, SP

– Lugar inteiro para 4 hóspedes = potencial mensal de R$1.896
– Lugar inteiro para 2 hóspedes = potencial mensal de R$1.537
– Quarto inteiro para 4 hóspedes = potencial mensal de R$1.076
– Quarto inteiro para 2 hóspedes = potencial mensal de R$913
– Quarto compartilhado para 4 hóspedes = potencial mensal de R$694
– Quarto compartilhado para 2 hóspedes = potencial mensal de R$795

Florianópolis, SC

– Lugar inteiro para 4 hóspedes = potencial mensal de R$2.542
– Lugar inteiro para 2 hóspedes = potencial mensal de R$1.932
– Quarto inteiro para 4 hóspedes = potencial mensal de R$1.560
– Quarto inteiro para 2 hóspedes = potencial mensal de R$1.241
– Quarto compartilhado para 4 hóspedes = potencial mensal de R$937
– Quarto compartilhado para 2 hóspedes = potencial mensal de R$983

Belo Horizonte, MG

– Lugar inteiro para 4 hóspedes = potencial mensal de R$1.282
– Lugar inteiro para 2 hóspedes = potencial mensal de R$1.033
– Quarto inteiro para 4 hóspedes = potencial mensal de R$1.109
– Quarto inteiro para 2 hóspedes = potencial mensal de R$935
– Quarto compartilhado para 4 hóspedes = potencial mensal de R$690
– Quarto compartilhado para 2 hóspedes = potencial mensal de R$785

Fortaleza, CE

– Lugar inteiro para 4 hóspedes = potencial mensal de R$2.150
– Lugar inteiro para 2 hóspedes = potencial mensal de R$1.705
– Quarto inteiro para 4 hóspedes = potencial mensal de R$1.232
– Quarto inteiro para 2 hóspedes = potencial mensal de R$1.022
– Quarto compartilhado para 4 hóspedes = potencial mensal de R$784
– Quarto compartilhado para 2 hóspedes = potencial mensal de R$878

Saiba como cadastrar o seu imóvel no Airbnb

Está querendo cadastrar o seu imóvel no Airbnb e não sabe como é o processo? O FinanceOne preparou um passo a passo para você. É importante lembrar que o cadastro é gratuito e pode ser feito em poucos minutos.

1º passo: acesse o site do Airbnb e clique em “seja um anfitrião”;

2º passo: preencha as informações solicitadas, como por exemplo, o endereço e a quantidade de hóspedes;

3º passo: agora você já pode criar e publicar o seu anúncio. Ele pode demorar até seis horas para que apareça no resultado de buscas, por isso tenha calma.

Dicas para criar um perfil completo no Airbnb

Agora que você já sabe como cadastrar e criar o seu perfil no Airbnb está na hora de mantê-lo com as informações essenciais. Dessa forma, os potenciais hóspedes podem te conhecer melhor.

Além disso, quanto mais completo for o seu perfil, maiores serão as chances de você conseguir manter o seu imóvel reservado com frequência. Confira abaixo as dicas!

Tenha um perfil atraente

Para começar o seu perfil no Airbnb precisa ser atraente, por isso seja simpático e conte tudo sobre você. Fale sobre os seus hobbies e local onde mora, por exemplo.

Lembre-se que o site é uma comunidade e, por isso, um ambiente agradável e com cara de rede social para que você alugue seu imóvel. Outra dica é você ter uma foto de perfil para que as pessoas saibam quem é você.

Esteja atento ao calendário e preço

Defina com precisão as datas e os preços disponíveis do aluguel do seu imóvel para que os hóspedes possam se organizar. Até porque ninguém quer alugar uma casa que não esteja disponível.

Mostre também a diferença entre temporadas, descontos e ofertas, caso tenha.

Coloque os dias mínimos

Uma vantagem do Airbnb é que o anfitrião pode definir a quantidade de dias mínimos a serem ofertados para o aluguel. Com isso, é possível organizar melhor o calendário do próprio site.

Defina os valores

Na hora que você for definir os preços do aluguel do imóvel no Airbnb, leve em consideração tudo o que será utilizado pelo hóspede Como, por exemplo, luz, água, internet, TV a cabo, gás, entre outros.

No próprio site existe um campo no qual é possível incluir o valor de limpeza, caso o hóspede deseje.

Você tem dúvidas de como se organizar financeiramente para viajar? Então confira cinco dicas que o FinanceOne separou. 

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui