Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Latam - Ofertas Imperdíveis

Os cargos que podem ter maiores aumentos salariais em 2019

Escrito por: Priscila Gomes em 15 de outubro de 2018

A instabilidade econômica fez com que os salários ficassem praticamente sem aumento nos últimos anos. A tendência é que no próximo diversos setores se tornem mais interessantes financeiramente para o profissional. Confira os cargos que podem ter maiores aumentos salariais em 2019, de acordo com pesquisa da Robert Half.

Aumentos salariais em 2019

A Robert Half é uma empresa de recrutamento especializada que tem por objetivo prover soluções na contratação e gestão dos trabalhadores.

O salário não é o item mais importante na hora de escolher um emprego. As empresas, na mesma intensidade que têm exigências em relação à contratação de um novo profissional, precisa reconhecê-lo.

Bons profissionais devem ser valorizados pelas empresas. E a valorização destes talentos está ligada necessariamente ao pagamento. A cada dia mais a atenção dos profissionais se dirige à possibilidade de crescimento na carreira, benefícios e qualidade de vida.

É importante compreender que as faixas de salário podem variar de acordo com o cargo, qualificação e habilidades do colaborador, além da localização da empresa.

Cargos que podem ter maiores aumentos salariais em 2019

O 11º Guia Salarial da Robert Half lista as áreas e cargos que mostram sinais de aquecimento, bem como os salários e principais cargos.

Recursos Humanos

Com aumento dos empregos, o colaborador irá atuar com recrutamento e formação de profissionais. As habilidades mais demandadas dos profissionais são senso de dono, estratégia e multitarefas.

Então, posições em treinamento e desenvolvimento, seleção, gerente de RH e coordenador de RH estarão em alta. Veja os maiores aumentos da área:

Coordenador de RH: R$7.500 a R$10 mil, com aumento de 6,1%

Gerente de RH – Treinamento e desenvolvimento: R$10.500 a R$16 mil, com reajuste de 6%

Gerente de RH – Administração de pessoal: R$13 mil a R$20 mil

Engenharia

Os destaques da área são para profissionais ligados ao planejamento e gestão de compras. As habilidades mais demandadas das funções são: inglês, flexibilidade, comunicação e outras.

Em relação aos salários, é previsto um aumento de até 2,9% para gerente de compras. Já para o cargo de gerente de planta, o reajuste tende a ser de 9,7%, alcançando até R$28 mil.

Finanças e Contabilidade

Após a crise econômica, o financeiro das empresas tem começado a se reerguer. Isso faz com que as vagas sejam reocupadas, ampliando as possibilidades de emprego.

As habilidades mais pedidas são visão estratégica, idiomas, dinamismo, boa comunicação e capacidade de influenciar.

Para analista contábil júnior o aumento estimado é de até 3,2%, já o analista de finanças corporativas tem chances de ganhar 5,6% a mais.

Vendas e Marketing

O profissional de marketing é estratégico para o crescimento do negócio. Entender o comportamento do consumidor já não é mais um gasto, mas um investimento necessário.

As funções mais visadas serão coordenador de Marketing Digital, analista de inteligência de mercado e outras.

Para o cargo de administração de vendas o aumento é de 4% (R$4.500 a R$5.900) e para coordenador de marketing digital é de 8,1% (6.800 a R$10.500).

Área Jurídica

As atividades em foco na área jurídica estão relacionadas ao serviço empresarial. As posições em destaque em empresas são: gerente jurídico, societário/contratos/M&A e tributário.

Já nos escritórios de advocacia, os principais cargos são de sociedade, contencioso cível, societário/contratos/M&A e tributário.

Com maior possibilidade de aumento salarial em 2018 está o cargo de advogado júnior – consultivo tributário, no qual o profissional poderá ganhar de R$4.800 a R$8 mil.

Mercado Financeiro

A inovação está totalmente ligada ao mercado financeiro. Startups do segmento fizeram sucesso em 2017, prometendo continuar os avanços.

Os maiores aumentos salariais em 2019 serão para as seguintes funções:

Analista – Trader: R$6 mil a R$11 mil, com aumento de 6,3%.

Analista – Compliance/auditoria/controles internos: R$6.600 a R$15.500, com aumento de 6,8%

Gestor de Renda Fixa: R$6 mil a R$34 mil, com reajuste de 5,3%

O perfil de profissional contratado é aquele com inovação nas veias, visão estratégica, boa comunicação e inglês.

Tecnologia

O setor de TI já foi considerado apenas como um suporte da empresa, mas hoje tem um importante papel para a estratégia de negócio da empresa.

Por conta de toda evolução digital, este mercado é um dos mais aquecidos no país, tanto que o aumento para desenvolvedor mobile pode ser de 11,8%. Os aumentos salariais em 2019 para essa função vão até R$13 mil.

O analista de segurança júnior tende a ter 9,8% de reajuste salarial, passando para R$3.500 a R$5.500.

Como pedir aumento para o chefe

Você acha que merece um aumento em 2019 e não sabe como pedir para seu chefe? Separamos quatro dicas para ter sucesso na negociação com o patrão.

Aumentos salariais em 2019

#Dica 1: avalie seu desempenho

Antes de pedir um reajuste no salário, é preciso que saiba quanto seu trabalho vale, quanto produz e se você está fazendo mais do que o esperado para o cargo. Vá para a reunião com algum valor em mente.

#Dica 2: organize seus argumentos

Use argumentos plausíveis como sua competência, comprometimento com a empresa e resultados. Mostre que o salário está defasado para o número de funções que exerce. Seja objetivo e claro.

#Dica 3: peça no momento certo

Considere a situação financeira da empresa. Se ela estiver passando por dificuldades ou mudanças profissionais, espere um momento mais oportuno. Também é indicado que seja avaliado o humor do seu chefe.

#Dica 4: prepare-se para negociar

O pedido pode ser aceito, negado ou negociado. Vá preparado para uma negociação. Seu patrão pode oferecer um cargo diferente, por exemplo.

O principal item na conversa sobre o aumento é bom senso. Não existe momento ideal para o pedido nem uma fórmula exata. Que tal utilizar o guia dos aumentos salariais em 2019 na negociação?

Caso o reajuste seja negado e você não se sentir mais confortável na empresa, é recomendado que procure um emprego que te dê satisfação e estímulo financeiro e profissional.

Priscila Gomes

Jornalista. Gosto de abraços, aniversários e do Natal. Atualmente produzo conteúdo para internet e faço assessoria sindical.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Opções para plano de saúde de cachorro
trabalho temporário no fim do ano
economia da china
procura por cursos de games no país
Lucro do FGTS