Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

As vantagens do intercâmbio na Oceania

Escrito por: Priscila Gomes em 16 de outubro de 2018

De todas as decisões que envolvem o intercâmbio, a mais importante é escolher o destino. Fazer intercâmbio na Oceania, especificamente na Nova Zelândia e Austrália, pode ser ideal para que sua experiência seja inesquecível.

Os benefícios dos destinos são diversos, seja em relação ao clima ou às oportunidades de trabalho e estudo. Que tal conhecer as principais vantagens do intercâmbio na Oceania? A gente conta para você!

Intercambio na Oceania

Vantagens do intercâmbio na Oceania

Fazer um intercâmbio no exterior é uma experiência que oferece ao estudante o contato com a cultura, idioma, hábitos e diferentes profissionais.

Apesar de haver 14 países localizados no continente, que é o menor do mundo, os locais mais procurados são a Austrália e a Nova Zelândia, ambos desenvolvidos. No primeiro, o idioma falado é o inglês e no segundo são as línguas Inglesa e Maori.

Programa de intercâmbio

Quando comparados a países europeus, pode-se notar que a quantidades de nativos por escola é bem maior. Além disso, por ser o idioma local dos dois países, aprender e praticar a língua é mais comum.

Os dois países dão oportunidade de participação em programas de estudo e trabalho. Ou seja, as pessoas podem trabalhar em alguma empresa estrangeira enquanto estão matriculadas em algum curso.

Para conseguir esta permissão de trabalho, é preciso estar com matrícula em dia em um curso de inglês ou profissionalizante por mais de 14 semanas. É permitido trabalhar 20 horas semanais no período de aula e 40 durante as férias.

Muitos se interessam pela possibilidade de fazer um intercâmbio no exterior e ainda conseguir acumular a experiência profissional. Este modelo auxilia no progresso e faz com que o intercambista se aventure em novas áreas.

Este tipo de visto pode ser renovado, mas não pode repetir o mesmo curso. O sistema adotado nos países é o de progressão. Por isso, quem pretende ficar por mais tempo no país pode se matricular da seguinte maneira: primeiro num curso de idioma, profissionalizante e, posteriormente, numa graduação ou pós.

Dessa forma, será mais fácil o ingresso na área de atuação desejada tendo grande diferencial no currículo. Ter este tipo de experiência profissional conta não apenas na carreira, mas também no crescimento pessoal.

Tipos de intercâmbio na Oceania:

  • Colegial;
  • Inglês para negócios;
  • Idiomas;
  • Graduação;
  • Pós-graduação;
  • Trabalho.

Austrália ou Nova Zelândia: qual escolher?

Além das diferentes possibilidades de emprego, o estilo de vida dos países também chama atenção de quem deseja viver aventuras durante a estadia no continente.

– Austrália

O clima na Austrália varia entre quente, úmido e seco. Entre os motivos naturais para escolher este destino do intercâmbio na Oceania estão o Lago Hillier, conhecer Sydney e a vida selvagem com cangurus e coalas.

Outro ponto interessante do país é conseguir andar livremente sem se preocupar com a violência porque as ruas são iluminadas e seguras. A facilidade do transporte também é uma das vantagens do país.

O serviço público funciona com qualidade, inclusive os ônibus. A culinária também chama a atenção dos brasileiros.

Comidas como barbecue, fish and chips e meat pies são algumas das delicias obrigatórias para quem passa pelo país.

– Nova Zelândia

Na Nova Zelândia o que mais chama é a qualidade de vida. A criminalidade no país é quase zero, sendo que a cidade de Auckland foi eleita a terceira melhor cidade para se viver em 2017.

Por ser pequeno, as viagens por ele são tranquilas. É possível conhecer todas as paisagens naturais incríveis em poucos dias. Diversos filmes foram gravados em suas paisagens, incluindo o “As crônicas de Nárnia”.

O país também é conhecido pelas aventuras radicais. Os mais procurados são o paraquedismo, snowboard, voo livre e outros. O clima na Nova Zelândia conta com temperaturas altas no norte e frias no sul (por isso a possibilidade de diferentes esportes).

Dicas para fazer intercâmbio na Oceania

Para fazer intercâmbio na Oceania é preciso que uma agência de confiança seja contratada. Este é um dos pontos mais relevantes do planejamento da viagem. A agência irá colaborar com suporte em todo processo de organização, desde a escolha do curso até as questões burocráticas.

Confira mais dicas que podem ajudar nos planos da viagem:

  • Escolha o pacote certo: é preciso definir o tempo e qual curso pretende fazer. Além da escola, cidade, tipo de visto e acomodação. Este planejamento direcionará os próximos passos da viagem.
  • Passaporte: caso ainda não possua, é o momento certo de tirar. Caso já tenha, confira a validade do documento. O ideal é ele estar com validade até seis meses depois do retorno ao Brasil.
  • Visto: para ficar mais de 12 semanas no país é necessário comprovar escola e matrícula em algum curso. Além disso, é cobrada uma taxa de visto, seja o de turismo ou de estudo. Se atente aos documentos necessários como RG, Declaração do Imposto de Renda, passaporte e a comprovação da renda.

Priscila Gomes

Jornalista. Gosto de abraços, aniversários e do Natal. Atualmente produzo conteúdo para internet e faço assessoria sindical.

Um comentário sobre “As vantagens do intercâmbio na Oceania

  1. Na verdade não existe limite durante as férias do curso. 40H é o limite por fortnight (14 Dias), o que resulta no popular 20H por semana.

    E o clima da Austrália não é só quente. Estou em Melbourne, quando cheguei aqui peguei -2ºC e ainda riram de mim dizendo que eu cheguei no finalzinho do inverno, que eu preciso me preparar para o ano que vem.

    Mas, realmente, a segurança aqui é um caso excepcional! Não que todas as ruas sejam bem iluminadas, mas já peguei um trem pra voltar pra casa a 1 da manhã depois de uma festa da empresa e voltei andando pra casa numa rua escura falando com meus pais na câmera do telefone e sem preocupação nenhuma.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

férias de julho
cartões de crédito para acumular milhas
Quanto custa um mochilão pelo Brasil
viagem de Natal e Ano Novo
Nubank lança cartão de débito - Cartão de débito Nubank