Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Dicas e regras da Black Friday 2019

Escrito por: Mateus Carvalho em 29 de novembro de 2019

A Black Friday 2019 ocorre nesta sexta-feira, 29! Para aproveitar todas as ofertas é necessário ter organização e cuidado.

Isso porque nesse dia de altos descontos podem surgir alguns valores fraudados. Mas, como saber se você está sendo enganado ou não? A resposta é com pesquisa.

Além disso, é muito importante que você realize compras em sites confiáveis. Isso serve para todas as compras realizadas na internet.

Para quem não sabe, essa data foi adotada pelo varejo brasileiro em 2011. Com a promessa de descontos aos consumidores e grande lucro para os comerciantes.

Se você já está se preparando para a Black Friday 2019, precisa conhecer algumas dicas e regras para não sair prejudicado.

Além disso, sempre surgem dúvidas na hora de realizar a compra, que pode ser feita pela internet ou até mesmo em loja física.

E para te ajudar separamos alguns pontos que são fundamentais para você aproveitar. Confira:

. O que é a Black Friday
. Quais são as formas de pagamento?
. Regras da Black Friday para lojistas
. 4 dicas para comprar na Black Friday 2019

Black Friday
Black Friday 2019 saiba quais são os cuidados que se deve ter antes de comprar

O que é a Black Friday

Muito se fala em Black Friday, porém algumas pessoas ainda não conhecem o termo ou até mesmo não sabem o significado dele.

Ela nada mais é do que uma campanha de vendas que traz bons descontos em produtos de todas as categorias.

Entre esses produtos estão roupas, calçados, livros, notebooks, smartphones, TVs, eletrodomésticos, entre outros.

A grande vantagem da Black Friday é justamente aproveitar os altos descontos oferecidos. É importante ressaltar que o evento ocorre toda quarta sexta-feira de novembro.

Mas, agora você deve estar se perguntando de onde surgiu a ideia desse evento ser nessa data, sem um dia específico, certo? 

A origem exata ninguém sabe dizer ao certo, no entanto, se sabe que a expressão Black Friday ou Sexta-feira Negra nasceu no final do século XIX.

Nessa época, ocorreu de duas instituições financeiras quebrarem no mesmo dia. E coincidentemente em uma sexta-feira.

Outra teoria, que também é conhecida, é que o termo foi criado por policiais da Filadélfia na década de 60. Seria para se referir ao dia após o feriado do Dia de Ação de Graças, em que o trânsito se tornou um caos.

E daí teria surgido a oportunidade de venda para os lojistas que se aproveitavam da situação e realizavam diversas promoções. Atraindo quem passasse por lá.

Essa referência logo se expandiu e se tornou uma expressão local às ofertas, se transformando em uma grande tradição de compras.

Quais são as formas de pagamento?

Se você quer realizar as suas compras na Black Friday 2019, deve estar pensando como você irá pagar os produtos que irá adquirir.

É comum ter essa dúvida, já que não se sabe qual será a forma de pagamento que as lojas participantes irão aceitar.

Isso porque, de acordo com o site da Black Friday, a forma de pagamento depende única e exclusivamente da loja que você irá comprar o seu produto.

É importante destacar que são diversas lojas participantes e cada uma tem a sua própria forma de pagamento.

Algumas lojas ainda dão mais descontos para os consumidores que escolherem a forma de pagamento à vista ou em uma única parcela no cartão de crédito.

Por isso, antes de sair comprando, é bom pesquisar e ver qual a melhor oferta e forma de pagamento para você.

Regras da Black Friday para lojistas

Se você é lojista precisa estar atento a algumas regras do evento. Essas normas são fundamentais para garantir a credibilidade das lojas virtuais e a segurança dos consumidores. 

Para isso é necessário ter o Selo Black Friday Legal que é concedido pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net). Ele identifica as empresas que aderiram ao Código de Ética da iniciativa.

Ou seja, que se comprometeram com as boas práticas do e-commerce e foram aprovadas no processo de avaliação da entidade.

Ele verifica, entre outros pontos, se o site disponibiliza aos consumidores informações. Sendo algumas delas o CNPJ, Razão Social e endereço completo.

Para participar do programa e receber o selo, a loja precisa ser associada a entidade ou ao Movimento e-MPE.

Este último é um projeto da camara-e.net, criado em 2014, com o objetivo de apoiar as micros e pequenas empresas virtuais. 

Black Friday chegando: como não cair em ciladas
As lojas que participam da Black Friday dão desconto de mais de 50%

Oferecendo a elas treinamento, informação e outros benefícios. Dessa forma, elas podem crescer e fortalecer o comércio eletrônico como um todo.

Vale ressaltar que os requisitos variam de ano para ano. Por isso, é importante sempre verificar se ocorreu alguma mudança. 

Confira os principais requisitos para receber o Selo Black Friday Legal:

-> Participar de uma das três capacitações gratuitas para MPEs, micro ou pequenas empresas, promovidas pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, presencial ou online.

-> Responder à pesquisa sobre MPEs na inscrição para o Selo Black Friday Legal.

-> Ser aprovada na avaliação da Câmara. O processo verifica a situação cadastral da empresa na Receita Federal, como CNPJ Razão Social e formas de contato eletrônico.

-> Não estar na lista de “sites a serem evitados”, publicada pelo Procon.

-> Assinar digitalmente o Código de Ética do Black Friday Legal no site do programa.

4 dicas para comprar na Black Friday 2019

Antes de sair comprando na Black Friday 2019, é importante tomar alguns cuidados para não cair em ciladas e ter dor de cabeça depois.

Isso porque é comum ter fraudes nessa época do ano. E como você pode evitar isso?

Veja abaixo 4 dicas que irão te ajudar a comprar na Black Friday com mais segurança.

1) Veja se o site de compras é seguro

É importante que antes de fornecer os seus dados pessoais e o do cartão de crédito, você tenha certeza de que o site de compras é seguro.

Mas, como saber se é ou não confiável? Esta confiabilidade é confirmada por um cadeado ao lado do endereço no navegador ou pelo nome da página.

Observe também se o site tem o selo Black Friday Legal, isso porque ele garante descontos reais. E é a prova de que a loja realmente existe.

Já que para conseguir o selo, os lojistas passam por uma inspeção realizada pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico.

2) Compare os preços das lojas

É comum que os consumidores tenham dúvidas se os produtos realmente sofreram descontos. Por isso, antes de confirmar a compra pesquise se o preço caiu. Você pode procurar por sites de comparação de valores. 

O buscador garante apresentar as ofertas reais, evitando que os consumidores não sejam enganados.

Antes de começar a Black Friday, por exemplo, analise os valores para saber se o produto está, realmente, em promoção.

3) Saiba quais são os sites não recomendados 

Estar ciente de quais sites não são recomendados pelos consumidores é fundamental para evitar futuras dores de cabeça.

E você pode consultar essa lista no site do Procon, considerado uma boa ferramenta para observar os sites que podem ser uma cilada.

Outro portal que pode ser um aliado para não cair em fraudes é o Reclame Aqui. Este é um site de reclamações contra empresas de atendimento, venda, compra, produtos e serviços. 

Por isso, escolha sempre lojas que tenham boas recomendações. Dessa forma, você terá mais garantias de receber o produto no prazo e em boas condições.

4) Evite realizar compras por computadores compartilhados

Se você costuma usar computadores em bibliotecas, cafés ou em outros estabelecimentos, evite usá-los para realizar compras online.

Ou até mesmo acessar o internet banking. Caso queira realizar alguma compra, portanto, opte por cartões pré-pago.

FIQUE LIGADO! O FinanceOne está com um especial sobre a Black Friday 2019. Veja os artigos que já foram publicados:

-> Como não cair em golpes na Black Friday;
-> Black Friday deve ter maior adesão em lojas físicas em 2019;
-> Falta um mês para a Black Friday. Saiba como se preparar!
-> Assembleia do Maranhão aprova lei da Black Friday
-> ‘Black fraude’: como evitar prejuízos nesse período?

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

7 dicas para economizar dinheiro no dia a dia
vender-imóvel-financiado-pelo-Minha-Casa-Minha-Vida
férias de fim de ano
Dicas para economizar no supermercado
Seu cartão de crédito vale a pena? Saiba avaliar