Figurinhas da Copa do Mundo são mais baratas no Brasil | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,4167
Bitcoin R$ 32.127,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 5,054
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Figurinhas da Copa do Mundo são mais baratas no Brasil

As figurinhas da Copa do Mundo aqui no Brasil são mais baratas! Achou que o pacote com cinco unidades por R$2 era caro? Não é! Um estudo divulgado pelo banco Santander mostra que os cards aqui são os mais baratos do mundo.

Sim, acredite! Enquanto no Brasil o pacote com cinco unidades custa US$0,59 (ou R$2, pela conversão atual aproximada), na Suíça ele sai por US$1,80, o mais caro do mundo. Na prática, as figurinhas no Brasil são vendidas por menos de um terço do valor cobrado aos suíços.

A pesquisa aponta ainda que, no geral, as figurinhas da Copa do Mundo são mais baratas nos países da América Latina e mais caras na Europa, especialmente no Leste Europeu.

A cada quatro anos temos duas certezas. A primeira delas é que pararemos o que estivermos fazendo para acompanhar a Copa do Mundo.

A outra é que boa parte dos aficionados pelo esporte bretão vão querer completar o álbum de figurinhas com as 32 seleções participantes. Este ano, no entanto, o preço pegou muita gente de surpresa.

Os países com figurinhas mais caras são Suíça, Hungria, Polônia, Romênia e Rússia, na ordem, do primeiro ao quinto. Na outra ponta, só sulamericanos: Brasil, Equador, Argentina, México e Chile.

Figurinhas da Copa do Mundo

Pagamos pouco pelas figurinhas da Copa do Mundo?

Isso não quer dizer que estamos pagando pouco pelas figurinhas da Copa do Mundo. Ao contrário. De uma Copa para a outra, o aumento foi acima da inflação: enquanto o índice oficial de preços subiu 33, 9% de 2014 a 2018, o valor para completar o álbum cresceu 113,13%.

Sim, a Panini aumentou a sua margem. Mas o que fez o Brasil ter a figurinha mais barata do mundo foi a valorização do dólar frente ao real. A moeda norte-americana voltou a bater R$3,50, maior valor desde junho de 2016.

Este ano, o real foi a oitava moeda mais desvalorizada do mundo, na frente apenas do peso argentino, rublo russo, lira turca, rial (Irã), kwanza (Angola) e a sidanesa (Sudão).

Um detalhe que é importante citar: ao mesmo tempo em que temos as figurinhas mais baratas do mundo, o poder de compra do brasileiro é bem inferior ao dos europeus e dos países da América do Norte.

De qualquer forma, está aí uma oportunidade de mercado. Se você comprar figurinhas aqui para vender na Suíça, terá um lucro de US$1,21 por pacote. Ou seja, um ganho de R$4,23 a cada cinco figurinhas.

Quanto custa completar o álbum?

Para completar o álbum, sem contar as figurinhas repetidas, o consumidor terá que desembolsar R$280,70, contra R$133,70 no último Mundial (que seriam R$171,21 atualmente, corrigindo o valor pela inflação dos últimos quatro anos).

Essa quantia corresponde a 30% do salário mínimo atual (R$937) e a 64% do valor médio de uma cesta básica na cidade de São Paulo (R$437,33 em fevereiro de 2018). Em 2014, o álbum completo representava 18% do salário mínimo vigente e 38% da cesta básica.

O preço do álbum, entretanto, oscilou muito menos. A versão comum, sem capa dura, custa R$7,90, contra R$5,90 na Copa do Mundo do Brasil. O aumento real, descontando a inflação, foi de apenas 4,5%.

Vale lembrar que o preço do pacote na última Copa do Mundo, em 2014, era de R$1. Levando em conta a inflação de 28% (IPCA – IBGE) no período entre março de 2014 e fevereiro de 2018, o preço corrigido deveria ser de R$1,28. O aumento real, portanto, foi de 56%.

Álbum digital

Figurinhas da Copa do Mundo

Para agradar a todos os públicos, os amantes do impresso e a turma do digital, a Panini lançou também um álbum online. Ele funciona assim: você baixa o app e precisa abri-lo frequentemente para conseguir completar o álbum através de resolução de desafios, trívias ou códigos promocionais.

Além disso, você pode participar de competições em tempo real – uma espécie de Cartola FC da Copa do Mundo. Você escala o seu próprio time de 11 jogadores para participar das competições e o desempenho real dos jogadores afeta seus pontos no game.

Para acessar o álbum online, baixe o aplicativo:

Android
iOS

Apps para controlar as figurinhas repetidas

Você chega na roda de troca, o bolo de figurinhas passa na sua mão e você fica de bobeira até encontrar aquela que precisa? Com essas dicas, isso não vai mais ser problema.

Listamos alguns aplicativos que são uma mão na roda nessas horas. Todos oferecem basicamente os mesmos serviços:

– Adicionar álbuns;

– Contabilizar as figurinhas que você já tem;

– Listar as figurinhas repetidas;

– Medir seu progresso, ou seja, quanto falta para completar o álbum;

– Compartilhar suas informações com amigos.

Android
Controle de Figurinha
Minhas figurinhas

iOS
Figurinhas
Coleciona – Gerencie seu álbum

6 dicas para gastar menos

São necessárias 682 figurinhas para completar o álbum da Copa do Mundo. Bastante coisa, certo? Confira algumas dicas para gastar menos dinheiro com o álbum e, mesmo assim, não deixar de completá-lo.

Figurinhas da Copa do Mundo

Comprar apenas a ‘quantidade mínima’

Em um cenário surreal de extrema sorte, uma pessoa precisaria comprar 137 envelopes com 5 figurinhas cada para completar. Isso sem tirar nenhuma repetida!

Isso, excluído o valor do próprio álbum, daria R$ 274, já que cada pacote custa R$2. Mas sabemos que essa possibilidade realmente não existe.

Tente não exceder muito o número de 137 pacotinhos comprados. Afinal, comprando essa quantidade, você vai ter muitas repetidas e poderá escolher uma boa maneira de usá-las em seu favor.

Trocar figurinhas

Uma dessas maneiras é a manjada troca.  Existem pontos de troca que costumam juntar muitos apaixonados por álbuns. A ideia aqui é simples: em vez de gastar mais dinheiro, troque primeiro todas as suas repetidas por imagens adesivas que você ainda não tenha.

Comprar em bancas diferentes

Apesar de não haver comprovação, há essa lenda entre os colecionadores. Porém, parece fazer sentido. Compensa mais comprar pacotinhos em várias bancas diferentes.

Escolher vendedores afastados entre si na cidade pode ajudar. Além de pegar menos repetidas, apesar das regras de distribuição não serem conhecidas publicamente.

Encomendar

Se você seguiu o roteiro e, mesmo assim, não conseguiu achar o que precisa, existe a opção de comprar cromos.

Figurinhas da Copa do Mundo

Comprar figurinhas avulsas

A compra se torna eficaz principalmente quando a coleção está chegando ao fim. É melhorfinanceiramente procurar por um cromo avulso nas mãos de outro colecionador. Sai mais barato do que comprar centenas de pacotinhos.

Vender figurinhas

Essa é outra tática vantajosa para economizar. Muitos colecionadores não têm tempo ou paciência de trocar figurinhas.

Se você completou o álbum e ficou com figurinhas sobrando, para que guardar se você pode levantar uns trocados?

Sem falar que, quando você tem uma brilhante X ou um jogador Y que alguém procura desesperadamente, essa pessoa não medirá esforços em pagar valores equivalentes a vários pacotinhos para adquirir o cromo faltante.







Mais lidos

FGTS inativo: quem tem direito e como sacar
Todo trabalhador brasileiro com contrato formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho, a ...
Férias de julho no Brasil: para onde ir?
O meio do ano está chegando e é hora de decidir onde passar as férias em família. Mesmo com algu...
Como limpar seu nome no SPC e Serasa
Seu nome está no SPC e Serasa? Muitos brasileiros estão nessa situação. Em fevereiro, 61,7 milh...
Escolas de negócios: Brasil tem 3 das melhores do mundo
Três das melhores escolas de negócios do mundo em 2018 estão no Brasil. São elas: a Fundação ...
Como vender plano de saúde e ganhar dinheiro
Ganhar uma renda extra é o que muitos brasileiros têm buscado para superar a crise que o país vem...
Treasuries americanos: os títulos “mais seguros do mundo”
Muito conhecido no Brasil, o Tesouro Direto - Programa do Tesouro Nacional desenvolvido com a BM&...




Publicidade